Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Sabores do Mundo

Gastronomia e vinhos...

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Foto
Nova Petrópolis possui restaurantes especializados em culinária alemã
PUBLICADO EM 14/05/16 - 03h00

Muita gente visita vinícolas no exterior. Para quem ainda não conhece, a Serra Gaúcha fica logo ali, o gasto é em real, as vinícolas têm estrutura de primeira, a paisagem natural é perfeita, e muitos restaurantes são referência com destaques para as cozinhas alemã, italiana e gaúcha, que oferecem desde capele in brodo, salsichões e schintzels a um autêntico churrasco.

Essa trilogia de influências na gastronomia é perceptível na chamada Pequena Itália, que serve galeto com polenta frita, massas e risotos, na região alemã, que preserva das festas tradicionais ao café colonial, e na região gaúcha, que, por não ter recebido imigrantes europeus, cultua o trio bombacha-mate-churrasco.

Foram os italianos do Vêneto, a região que produz o Valpolicella, o Amarone e o Prosecco, que trouxeram a produção de vinhos à região. Falando-se ainda hoje o dialeto talian, do Vêneto, os italianos foram os responsáveis pelo começo da produção de vinhos no Brasil no século XIX.

Como numa viagem a regiões produtoras de vinho pelo mundo, uma visita ao circuito de vinícolas da Serra Gaúcha traz excelentes experiências de degustações orientadas de espumantes e vinhos, além de almoços e jantares harmonizados.

O espumante brasileiro é reputado como um dos melhores do mundo, e são muitas as boas vinícolas que fazem de excelentes a ótimas versões, como Adolfo Lona, Lídio Carraro e Valmarino.

Entre as vinícolas, os destaques ainda ficam com Miolo – por seu tamanho e sua infraestrutura –, Almaúnica, Pizzato, Cave Geise – é recomendado o passeio Geise Experience – e Valmarino.
</CW><CW-13>Entre os restaurantes, as melhores opções são Le Sens, no Modevie Boutique Hotel (modevie.com.br), em Gramado; Cantina 28 (https://pt-br.facebook.com/Cantina28), em Canela; e RER DiVino Empório e Champanharia (www.rerdivino.com.br), em Garibaldi, que oferece degustação de espumantes harmonizados.

Entre as cozinhas italiana e alemã, as opções são muitas, como as receitas tradicionais da Mamma Gema Trattoria (www.mammagema.com.br), em Bento Gonçalves, ou dos restaurantes Nova Petrópolis, Unser Haus (www.unserhaus.com.br) e Colina Verde (www.restaurantecolinaverde.com), que oferece um “banquete colonial completo”, com direito a sauerkraut, schintzel e kassler.

A chamada Estrada do Sabor também reúne vários estabelecimentos, onde é possível acompanhar a produção de embutidos, vinhos, pães, queijos e sucos. Vale a pena conferir o roteiro.

 

Receita

GALETO ASSADO COM
POLENTA CREMOSA

Preparo do galeto: Tempere dois galetos com sal e pimenta-do-reino. Coloque-os em um tabuleiro, salpique por cima a casca ralada de uma laranja, duas colheres (sopa) de folhas de estragão picadas e uma colher (sopa) de tomilho fresco e distribua 150 g de bacon em tiras sobre eles. Regue com o suco da laranja e 200 ml de vinho branco seco e asse em forno pré-aquecido a 200ºC por uma hora e 15 minutos. No final, vire os galetos para terminar com o peito virado para baixo nos 5 minutos finais de cocção. Sirva com 100 g de polenta cozida em meio litro de leite e finalizada com 2 colheres (sopa) de manteiga e 80 g de queijo grana padano ralado.

O que achou deste artigo?
Fechar

Coluna

Gastronomia e vinhos...
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter