Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Sabores do Mundo

Gramado, chocolate e Canela

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
foto
Bem típico de Gramado, o café colonial é uma experiência gastrô imperdível
PUBLICADO EM 11/06/16 - 03h00

Estamos ainda chegando ao meio do ano, mas o Natal em Gramado já começa agora com o início das reservas para o Natal Luz, grande festa que tem início em outubro e se estende até o começo de 2017. Além dos mais de 500 shows e atividades culturais, a gastronomia da cidade vive um de seus momentos de pico com o enorme fluxo de turistas que vão ao festival.

Gramado tem uma boa infraestrutura para a gastronomia, com opções que vão das cozinhas alemã e suíça, destaques na região pela cultura dos imigrantes, às cozinhas asiática e tradicional gaúcha. A Suíça, por exemplo, está representada pelos diversos restaurantes que servem fondues na cidade, como o Le Chalet de La Fondue (www.lechalet.com.br) e o Belle du Valais (www.belleduvalais.com.br), de preço mais elevado, e o Maximilia (http://www.maximiliafondue.com.br), com preços mais em conta.

Em geral, Gramado é uma cidade cara, mas as porções dos restaurantes são fartas, sendo que as que se destinam a duas pessoas servem, normalmente, três. E os restaurantes ainda oferecem aos clientes a comodidade do transporte de volta ao hotel, facilitando a degustação de vinhos, um dos pilares da gastronomia, com a ótima produção local.

Gastrô alemã

A cozinha alemã tem destaque no Fritz Haus (www.fritzhaus.com.br), enquanto o tradicional galeto gaúcho é carro-chefe na Casa di Paolo (www.dipaolo.com.br), que tem também uma gelateria. A cozinha italiana é primorosa na Cantina Pastaciutta (www.pastaciutta.com.br); a pan-asiática no “fusion” de japonesa, chinesa e tailandesa no “San Tao”(santao.com.br); e as famosas carnes gaúchas no El Fuego (elfuego.com.br) e no Il Piacere (piacere.com.br).

Mais em conta

Para quem quiser gastar menos, os bistrôs Brillat (bistrogramado.com.br), Josephina Café (josephinacafe.com.br), instalado numa casinha simpática, com uma cozinha não regional, e o café colonial do Bela Vista (belavista.tur.br) são boas indicações. Baratos e bons são as opções da lanchonete Skillo Lanches (skillolanches.com.br), sempre com movimento.

Outro programa badalado são as visitas às fábricas de chocolate da região serrana, destacando a Caracol (caracolchocolates.com.br), com direito a seu restaurante, e a Casa da Velha Bruxa (casadavelhabruxa.com.br), que, como nos contos de fadas, oferece saborosas opções de chocolates, doces, waflles e sorvetes.

 

RECEITA

Sopa de batata doce com presunto crocante

Numa panela faça um refogado com 1 colher (sopa) de azeite, 1 colher (sopa) de manteiga, a parte branca de 1 alho-poró, picada, 1 cebola picada e 3 dentes de alho picados por cerca de cinco minutos em fogo médio. Coloque 1 kg de batata doce descascada e cortada em cubos e cubra com 1 litro de água. Cozinhe por cerca de 30 minutos ou até a batata estar macia. Leve as 6 fatias de presunto cru ao forno pré-aquecido a 200°C em um tabuleiro por dois minutos. Bata no liquidificador o conteúdo da panela. Tempere com sal e pimenta-do-reino e aqueça novamente com 1 xícara de creme de leite fresco. Sirva a sopa em pratos individuais com fatias do presunto cru por cima.

O que achou deste artigo?
Fechar

Gastronomia

Gramado, chocolate e Canela
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter