Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Sabores do Mundo

Você já foi a Ouro Preto?

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Foto
Café Cultural tem música ao vivo na tradicional praça Tiradentes, em Ouro Preto
PUBLICADO EM 04/04/15 - 03h00

Todo mundo vai a Tiradentes, mas, infelizmente, pouca gente visita Ouro Preto. A apenas uma hora de Belo Horizonte, Ouro Preto poderia ser um destino constante dos belo-horizontinos aos fins de semana. A cidade tem beleza ímpar e, como todos sabemos, foi o coração de Minas Gerais.
Da cidade saiu um dos mais importantes feriados nacionais, o próximo 21 de abril, que trouxe a sua associação valores republicanos, com a busca da liberdade, presentes na bandeira do Estado.

Mas a história de Ouro Preto abrange também contextos importantes da época do Império, na qual, embora recém-fundada, foi uma cidade culta do século XVIII, com ambiente literário e uma casa de ópera (o mais antigo teatro em funcionamento nas Américas), num Brasil ainda pouco civilizado.

A cidade não se desenvolveu como polo turístico no estilo de Tiradentes, realizando festivais como os de gastronomia e cinema, não entrou na moda para festas de casamentos (embora seja perto), mas a nobreza de Ouro Preto está intacta à disposição de quem quiser redescobri-la.

As íngremes ladeiras da cidade fazem parte do programa. É a topografia que faz Minas Gerais ser o que é. Sobrados, casarões, museus e igrejas se complementam com os restaurantes e bares locais que não buscam nem a originalidade, nem ser “cool”.

Museu Casa Guinard, museus do Aleijadinho, da Inconfidência, do Oratório, as igrejas Nossa Senhora do Rosário, do Carmo, do Pilar e de São Francisco de Assis são programas sempre imperdíveis. Para comer e se divertir vale a pena conferir os Bené da Flauta, Café Cultural – com música ao vivo na praça Tiradentes –, o Bar Barroco, o Café Oito Gastropub, a Ouro Nero Tratoria e O Passo.

Dorival Caymi no seu “Você já foi a Bahia, nega, não? Então vá!” expressa o orgulho do baiano com a sua cultura. É incrível que muito belo-horizontino não conheça Ouro Preto. Parafraseando Caymi, “então vá!”

O que achou deste artigo?
Fechar

Gastronomia

Você já foi a Ouro Preto?
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter