Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Vida Saudável

Busca pela beleza

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 04/08/18 - 03h00

Nossa sociedade sempre foi regida por inúmeros padrões e costumes, entre eles, o da beleza. Com isso setores da indústria e do comércio ligados à estética crescem de forma exponencial, aumentando a influência no comportamento das pessoas. 

Esta busca incessante pela beleza ideal está demonstrando sua face mais perversa, com o aumento de problemas de saúde. Casos de sequelas físicas e até de óbitos estão sendo presenciados. Então, o que devo fazer quando quero um determinado procedimento estético sem incorrer em riscos desnecessários?

A busca por lábios carnudos, seios empinados, bumbum durinho e medidas de modelo são exemplos de alguns destes procedimentos. Basta ligar a tevê, acessar as mídias sociais e observar os outdoors para perceber que a propaganda da beleza tem no sexo feminino seu principal alvo. No século XIX, a mulher usava espartilhos de ferro que dificultavam a sua respiração só para obter a “beleza da época”. Hoje, não muito distante disso, as pessoas continuam submetendo-se a práticas que colocam em risco a sua saúde, a exemplo de dietas extremas, procedimentos milagrosos e cirurgias estéticas realizadas por profissionais não qualificados. 

Do lado oposto, há quem procure meios saudáveis para atingir algum objetivo relacionado ao corpo: academias, esportes, atividades físicas ao ar livre, entre outros. Em muitos casos, a motivação desses é apenas sentir-se bem consigo mesmo ou até melhorar a saúde, mostrando, desse modo, que nem todos estão escravizados pela obsessão do corpo perfeito. Entretanto, a influência do mercado da estética continua regendo a vida de milhares de pessoas, que vão ao extremo para obter uma invejável aparência. É o caso daquelas que recorrem a procedimentos estéticos para se assemelhar a pessoas famosas e até para se parecer com “bonecos perfeitos”, como foi o caso do brasileiro Celso, que recebeu o título de “Ken Humano” – o rapaz morreu em 2015, em decorrência de um câncer. E, mais recentemente, em caso muito divulgado na imprensa, uma mulher que foi realizar um procedimento estético – em local inadequado – também faleceu. 

Diante disso, faz-se necessária uma conscientização social acerca dos problemas de saúde ocasionados pela busca do físico ideal. Essa se faz possível através de instituições como a mídia juntamente com o governo, por meio de campanhas publicitárias e programas educacionais de alerta aos riscos de alguns procedimentos estéticos, incentivo à prática de atividades físicas e a manutenção de hábitos mais saudáveis. 

A pessoa interessada em realizar determinado procedimento estético deve, primeiramente, acessar o portal do Conselho Regional de Medicina (CRMMG) e lá procurar pelo nome do médico e em qual especialidade ele está registrado ou procurar pelo profissional nos sites da Sociedade Brasileira de Dermatologia ou de Cirurgia Plástica. 

Esse é o primeiro passo! Não se deixe levar por propagandas feitas em mídias sociais. É importante salientar que médico não pode fazer propaganda. Quando você se deparar com algo milagroso, desconfie. 

Gostar de você é uma coisa, mas narcisismo em demasia pode virar doença. Pense nisso e faça uma boa semana. 

 

O que achou deste artigo?
Fechar

Vida Saudável

Busca pela beleza
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter