Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Vida Saudável

Tolerância

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 09/06/18 - 03h00

Tolerância é um termo que vem do latim tolerare, que significa suportar ou aceitar. A tolerância é o ato de agir com condescendência e ter aceitação perante algo que não deseja ou que não se pode impedir. Em termos conceituais, a tolerância é o ato ou efeito de tolerar. É atitude que consiste em permitir aos outros a liberdade de exprimirem suas opiniões; é aceitação, disposição ou tendência para perdoar erros ou falhas; enfim, é ser indulgente. Na coluna de hoje, vamos ver que ser tolerante, em última instância, faz bem para saúde física e, principalmente, mental.

A tolerância é uma atitude fundamental para quem vive em sociedade. Uma pessoa tolerante normalmente aceita opiniões ou comportamentos diferentes daqueles estabelecidos pelo seu meio social. Ser tolerante implica na aceitação de que todo indivíduo tem a livre escolha das suas convicções, bem como enxergar que o outro tem o direito de desfrutar da mesma liberdade. Ser tolerante não significa ser bobo. Tolerância não é sinônimo de tolice. O tolerante não faz tempestade em copo d’água. É dócil ao contato interpessoal.

Atualmente, temos assistido a uma intensificação de intolerância social. As pessoas confundem dar opinião com impor uma opinião, anulando-se todos os pontos de vista diferentes. Com o avanço galopante da tecnologia e a expansão das redes sociais, tornou-se fácil e instantâneo dar a opinião sobre um determinado assunto. É o cara da esquerda que fala mal do sujeito da direita e vice-versa. É aqui que se intensificam cada vez mais os pontos de vista, dando um tom maior às intolerâncias, sejam elas quais forem. 

Mas como podemos ser mais tolerantes? Podemos exercitar a indulgência no dia a dia? Existem algumas formas de promover a tolerância, porém, a melhor forma de treinar consiste em pensar antes de responder. Não ser impulsivo é a palavra-chave. Exercitar a tolerância nos permite ver as situações por outro ângulo. É importante desenvolver a capacidade de nos colocarmos no lugar do outro, procurando compreender e aceitar as diferenças em relação ao próximo. Pensando em nossos filhos, temos na educação o meio mais eficaz para promover a tolerância, pois nos permite adquirir, durante o crescimento, as competências para a gestão de conflitos. Respeitar o espaço do outro, aceitar a diferença de ideias de cada um e utilizar a inteligência emocional são formas de aplicar a tolerância no nosso dia-a-dia.

Ser tolerante traz inúmeras vantagens, a curto, médio e longo prazo. Quem é tolerante é menos tenso, tem menos estresse, é menos ansioso e possui uma qualidade de vida melhor. Os tolerantes são mais felizes, pois não exigem que os outros pensem como ele. A aceitação e a compreensão dos erros alheios nos tornam pessoas mais dóceis e de fácil convivência. 

Aceite que todos somos diferentes e compreenda que estamos continuamente aprendendo. O líder indiano e pacifista Mahatma Gandhi disse: “A lei de ouro do comportamento é a tolerância mútua, já que nunca pensaremos todos da mesma maneira, já que nunca veremos senão uma parte da verdade e sob ângulos diversos”.

Faça uma boa semana.

 

O que achou deste artigo?
Fechar

Vida Saudável

Tolerância
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

Comentários (3)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter