Recuperar Senha
Fechar
Entrar

MÚSICA

Aumenta que é rock’n’roll

Frejat é uma das atrações do Festival da Vida que acontece em Sete Lagoas

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
frejat
Na vibe. Frejat repassa hits de sua carreira no Festival da Vida, em Sete Lagoas
PUBLICADO EM 09/06/18 - 03h00

Norteado por questões como a sustentabilidade, o Festival da Vida acontece neste fim de semana, em Sete Lagoas, cidade da região metropolitana de Belo Horizonte. Com programação gratuita, a quinta edição do evento anuncia atrações para vários perfis até a próxima quarta-feira (15), assim como oficinas de jardinagem, compostagem e criação de móveis. 

O destaque da programação musical recai para a “Noite do Pop Rock”, que acontece neste sábado (9), com show do carioca Frejat. Há quase um ano, o guitarrista, cantor e compositor resolveu apostar suas fichas na carreira solo, com o espetáculo “Tudo Se Transforma”, que estreou no Rock In Rio 2017. É justamente a bordo desse repertório que o ex-Barão Vermelho aporta no Festival da Vida, que, vale lembrar, tem entrada gratuita. A abertura foi delegada à banda local Wonder Drive, que aposta na releitura de clássicos do rock.

“Tudo Se Transforma”, projeto atual de Frejat, foi pensado “para o público cantar junto”, como o próprio artista define. O repertório, portanto, coloca em repasse canções fundamentais da carreira do Barão Vermelho, como “Todo Amor que Houver Nessa Vida”, “Pro Dia Nascer Feliz”, “Maior Abandonado” e, claro, músicas do próprio Frejat, como “Amor Pra Recomeçar” e “Segredos”. 

No palco, o músico também lembra canções do saudoso parceiro Cazuza, como “Exagerado”, que foi incorporada ao setlist. E ainda coloca sua voz a serviço de “Ideologia” (1988), canção icônica do pop rock nacional que traz versos que ainda reverberam o contexto político do país. 

Mas também há espaço para novidades. Recentemente, o músico entrou em estúdio para produzir o single “Tudo Ainda”, gravado sem bateria e sem baixo, baseado no arranjo e na regência de cordas do maestro Jaques Morelenbaum. Para ele, a opção por um certo distanciamento do pop rock, nesse caso, “não foi motivada por um desejo de mudança, e sim de buscar qual seria a melhor forma de apresentar cada canção”. “É diferente das coisas que já fiz. Não é um novo caminho que pretendo trilhar, mas certamente abre portas para outras coisas que pretendo fazer no futuro”, reconhece.

Dedicado a vários projetos como produtor e compositor, inclusive para o cinema, Frejat destaca a agenda cheia: “Neste momento, estou produzindo o disco do Serginho Trombone, que, aliás, está muito bom. Vai ser um trabalho importante para ele, pra mim e, acredito, para todos que se interessam por música brasileira instrumental dançante”. 

No cinema, ele e Leoni assinam a direção musical de “Intimidade Entre Estranhos”, de José Alvarenga, previsto ainda para este ano. O filme “pega emprestado” o nome do último CD solo de Frejat, lançado em 2008. “Compusemos várias canções originais e também serão usadas outras da nossa parceria”, afirma o artista. Tem mais. “Também vou fazer, junto a Luiz Antonio Melo, a direção musical do filme ‘Aumenta que Isso Aí é Rock’n’Roll’, com a história da Rádio Fluminense”, brinda.

Festival da Vida

Show de Frejat.

Parque Náutico da Boa Vista, Sete Lagoas. Sábado (9), 20h. Entrada franca. 

Domingo, dia 10 
“Ruas brincantes” e aula de zumba 
10h Coral Troca de Talentos 
11h Orquestra de Viola Caipira Ritmos e Tradição

Informações sobre as oficinas: (31) 99175-0078.

 

(*) Sob supervisão de Patrícia Cassese

O que achou deste artigo?
Fechar

MÚSICA

Aumenta que é rock’n’roll
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter