Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Canela flerta com o ecoturismo

Relevo de montanhas, cânions, rios e cachoeiras favorece a prática de esporte; cascata do Caracol é principal atrativo

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Turista avista a cascata do Caracol; relevo da região favorece esportes de aventura
Relevo de montanhas, cânions, rios e cachoeiras favorece a prática de esporte; cascata do Caracol é principal atrativo
PUBLICADO EM 30/04/10 - 14h33

Gramado é a estrela da Serra Gaúcha, ao lado da vizinha Canela, com quem desenvolve há anos saudável parceria. A diferença é que Canela explora um outro segmento, o ecoturismo. A cidade também abriga o segundo ponto turístico natural mais visitado do país depois das cataratas do Iguaçú, a cascata do Caracol.

Com 289 mil visitantes só no ano passado, a cascata situa-se no Parque Nacional do Caracol, tem 131 m de altura e pode ser acessada na base por uma escadaria de 927 degraus. De um observatório a 40 m de altura, o visitante tem vista panorâmica de todo o parque e visão privilegiada da cascata.

No observatório, a empresária Janete Rossi levava a filhas Isabela, 4, e Maria Beatriz, 5, e o sobrinho Enzo, 9, para conhecer o atrativo. "Viajamos para Gramado duas vezes por ano. Mas essa é a primeira vez que visitamos o Caracol. Adoramos o clima da região", afirma.

Ela também ainda não conhece outras três atrações da cidade: o Alpen Park, perfeito para a prática de rafting, o Parque da Ferradura, com 400 m de profundidade, que permite a prática da escalada, e Três Forquilhas, onde é possível praticar cascading e rapel em cachoeiras.


Ecoturismo
Canela caminha há anos nas trilhas do ecoturismo. A cidade, com pouco mais de 40 mil habitantes, reúne em um só local diferentes cenários para a prática de várias atividades, que vão desde o canyoning, passando pelo rafting, rapel, trekking, tirolesa, cicloturismo, cavalgada e arvorismo.

O que achou deste artigo?
Fechar

Canela flerta com o ecoturismo
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter