Veja onde

Governo libera R$ 520 milhões para obras do Minha Casa Minha Vida em BH

Serão construídos 16 conjuntos residenciais na cidade, um total de 3 mil unidades residenciais

Por O TEMPO
Publicado em 23 de novembro de 2023 | 16:54
 
 
 

O governo federal divulgou a lista de 16 conjuntos residenciais que serão construídos em Belo Horizonte através do programa Minha Casa Minha Vida. A capital mineira vai receber um total de R$ 520 milhões para a construção de 3.060 unidades habitacionais. A prefeitura de Belo Horizonte fez a listagem inicial dos projetos de interesse e o Ministério das Cidades publicou, nesta quinta-feira (23), a lista das propostas selecionadas.

“Belo Horizonte há muito tempo não recebia recursos para um programa dessa magnitude. Estamos muito felizes e agradecidos ao presidente Lula e ao governo federal por mais esse apoio. Agora vamos iniciar o mais rápido possível a construção de casas nas diversas regiões de Belo Horizonte, onde nós já temos o terreno preparado”, diz o prefeito da capital, Fuad Noman (PSD). 

As obras foram solicitadas pelo prefeito Fuad Noman durante visita a oito ministérios do governo Lula, no início de outubro, em Brasília, para debater recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) que seriam destinados para a cidade. Além das obras formalizadas nesta quinta-feira, o chefe do Executivo de Belo Horizonte ainda pediu a liberação dos recursos para obras de habitação e urbanização no antigo terreno do aeroporto Carlos Prates, na região noroeste da capital.

O projeto aprovado pelo Ministério das Cidades prevê a construção dos imóveis em terrenos de propriedade do município, que serão transferidos ao Fundo de Arrendamento Residencial.

Os 16 conjuntos residenciais, com capacidades entre 80 e 300 apartamentos cada, serão distribuídos nas regiões da Pampulha, Barreiro, Venda Nova e região Leste.  

Nos próximos dias, a Prefeitura publicará o chamamento público para empreiteiras e construtoras interessadas em realizar as obras, estimadas em R$ 170 mil para cada unidade. A PBH admite realizar financiamento caso seja necessário aporte financeiro para viabilizar o projeto.

Minas Gerais

Outras 39 cidades de Minas também tiveram projetos incluídos na lista, incluindo cidades polo, como Montes Claros, Juiz de Fora e Uberlândia, e cidades da região Metropolitana, como Contagem, Nova Lima, Sabará, Ribeirão das Neves e Santa Luzia. No total, 111 projetos do Minha Casa Minha Vida foram destinados para Minas Gerais.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!