Ao vivo
Programação Musical
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

João Vitor Cirilo

Cruzeiro: seriedade do momento independe do clássico

PUBLICADO EM 10/07/19 - 03h00

As ações da Polícia Civil de Minas Gerais, que abriu a terça-feira cumprindo mandados de busca e apreensão no Cruzeiro, na casa de dirigentes do clube e até na sede da torcida organizada, geraram reflexões importantes quanto ao momento pelo qual tem passado uma das entidades esportivas mais tradicionais no país. 

As notícias voltaram a esquentar dois dias antes da disputa de um dos clássicos mais importantes da história, válido pela ida das quartas de final da Copa do Brasil, e marcado para esta quinta-feira (11). 

Pelo termômetro das redes sociais e as participações dos ouvintes nos programas que apresento pela Rádio Super 91.7 FM, parece-me que a grande maioria dos cruzeirenses percebeu a seriedade do momento e a importância do que tem acontecido no clube.

Porém, alguns ainda insistem no lamentável — porém, comum — discurso de que existiriam motivações esportivas no fato desta operação em especial ser realizada agora. Aliás, em nota oficial, o Cruzeiro lamentou "que este fato esteja acontecendo exatamente às vésperas de uma decisão importante na Copa do Brasil". Como se as autoridades, envolvidas na esfera criminal, devessem se importar com o cenário esportivo para determinar suas ações.

A mim, na verdade, pouco interessa se as investigações e a operação estão perto ou longe de um grande evento esportivo, de uma decisão. O que interessa são os resultados que elas vão obter e a seriedade que tais denúncias representam, além da urgência para entender se elas procedem ou não. Trata-se de uma investigação legítima e pelo bem do Cruzeiro. 

É impossível conceber que uma entidade deste tamanho esteja envolvida em denúncias tão graves como essas. Que os envolvidos se justifiquem e, caso inocentes, comprovem, assim como sejam punidos caso sejam culpados na história. 
Estar em meio a esses problemas não interfere apenas no confronto contra o Atlético, mas na saúde da instituição no futuro. É assim que a coisa deve ser encarada, com uma visão mais ampla de todo o cenário, justamente o contrário deste discurso que muitos ainda insistem em adotar.

Em campo. Confesso ter dificuldade para eleger algum claro favorito para o pontapé inicial nesta disputa das quartas. O Cruzeiro encerrou a primeira parte da temporada, até a pausa para a Copa América, apresentando um dos piores desempenhos entre as equipes da Série A, enquanto o Atlético ocupou durante todo o tempo posição entre os melhores times do torneio. A pausa para a intertemporada pode ajudar a equilibrar esse cenário, além do fato de se tratar justamente do primeiro jogo após um longo período. 

Expectativa para dois excelentes confrontos, os quais convido o leitor a acompanhar pela Rádio Super 91.7 FM, no comando de Osvaldo Reis Pequetito e Hércules Santos. Vamos nessa!

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar