Renata Abritta
Ao vivo
Super Conectado
Renata Abritta
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Lohanna Lima

Hora de começar a pensar no Brasileiro

Nova Taça Brasileirão
Troféu substitui a antiga taça, que era utilizada desde 1993 | Foto: DIVULGAÇÃO CBF
PUBLICADO EM 04/04/19 - 03h00

Com o Campeonato Brasileiro batendo à porta, alguns clubes ainda seguem se reforçando em busca de maior competitividade daqui até o fim da temporada 2019. Apesar das dificuldades financeiras que muitos times enfrentam, esta é saída para aqueles que possuem grandes pretensões no ano, uma vez que o calendário começa a apertar ainda mais a partir de agora, e ter bons jogadores para rodar o time será fundamental para quem quer buscar grandes feitos. Um bom exemplo disso – apesar de viver uma realidade financeira completamente diferente da maioria – é o Palmeiras. No ano passado, Felipão conseguiu montar dois times diferentes e igualmente competitivos para a disputa do Campeonato Brasileiro e de dois outros torneios mata-mata – Libertadores e Copa do Brasil –, dos quais a equipe saiu campeã do primeiro e semifinalista dos outros dois.

Sabemos, no entanto, que pouquíssimos clubes vão conseguir montar uma boa equipe principal e ainda contar com bons jogadores na reserva a ponto de conseguir se dividir bem entre as competições a partir de agora. Inclusive, essa é um das preocupações em relação à disputa do Campeonato Brasileiro, que nos últimos anos vem sendo muito criticado pelo baixo nível técnico.

Em vários momentos fica realmente desestimulante assistir a alguns times nesta que é a principal competição nacional e que tem, sim, ficado em segundo plano entre as grandes equipes, que se desdobram para chegarem o mais longe possível na Libertadores e na Copa do Brasil e enfrentam o choque de calendário e jogam “para o gasto” no Brasileirão.

Ainda assim, vejo de forma interessante a movimentação de algumas diretorias nos últimos dias em busca de jogadores que estavam fora do país e que, para o nível do futebol brasileiro, são atletas que podem desequilibrar – casos do polivalente Tchê Tchê, que atua tanto pelo meio como pela lateral, e do atacante Alexandre Pato, anunciados pelo São Paulo. Outra boa ida ao mercado foi feita pelo Cruzeiro, que, na última terça, anunciou a chegada do atacante Pedro Rocha, vindo por empréstimo do Spartak Moscou.

Acredito que Palmeiras, Cruzeiro e Flamengo sejam hoje os times com mais condições de rodar melhor suas equipes sem perder drasticamente a qualidade em todas as competições, com menção ao Grêmio e ao São Paulo, que vejo um pouco mais atrás nesse aspecto. Faço, também, uma menção honrosa ao Athletico-PR, que tem um time titular com bons valores e muito bem treinado pelo técnico Tiago Nunes, mas que pode perder o fôlego na hora de girar o elenco e se dividir entre as competições. No mais, fica a expectativa por mais uma edição do Campeonato Brasileiro, que é, sem dúvida, uma das minhas competições favoritas.

Aproveito o espaço para dizer até logo ao leitor. A coluna retorna no dia 23/05, após período de férias.

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar