Coletiva

Ações da Coca-Cola caem U$ 4 bilhões após gesto de Cristiano Ronaldo: assista

Empresa saltou de US$ 242 bilhões para US$ 238 bilhões

Por Da redação
Publicado em 15 de junho de 2021 | 16:09
 
 
 

Um simples gesto do português Cristiano Ronaldo nessa segunda-feira (14) durante uma entrevista coletiva ajudou uma das maiores empresas do mundo a ter uma desvalorização considerável. As ações da Coca-Cola caíram aproximadamente U$ 4 bilhões em minutos.

Antes de iniciar a sua fala, ele pegou duas garrafinhas da marca e colocou elas de lado, longe do alcance das câmeras. Depois, ele pegou uma de água, como se criticasse quem toma refrigerante. Assista:

Segundo o jornal espanhol “Marca”, assim que o mercado financeiro abriu, uma ação da Coca-Cola custava aproximadamente U$ 56,10. Ao término da entrevista de Ronaldo, cada papel da multinacional norte-americana foi para U$ 55,22.

A empresa saltou de US$ 242 bilhões para US$ 238 bilhões.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!