Combate ao racismo

Torcedor que chamou Vini Jr. de macaco é banido dos estádios por um ano

Torcedor de 20 anos que proferiu ofensas racistas ao atacante Vini Jr na Espanha está banido dos estádios por um ano

Por Agências
Publicado em 28 de fevereiro de 2023 | 14:18
 
 
 
normal

O torcedor do Mallorca que chamou Vinícius Júnior de macaco no jogo do dia 5 de fevereiro recebeu uma multa de 4 mil euros (cerca de R$ 22 mil na cotação atual) e está proibido de entrar nos estádios por 12 meses.

A informação consta de uma breve nota da Comissão Estatal contra a Violência, o Racismo, a Xenofobia e a Intolerância no Esporte da Espanha divulgada nesta terça-feira (28).

A Polícia da Espanha havia inicialmente proposto uma punição de 3.000 euros e seis meses sem entrar nos estádios, mas o período foi dobrado pela Comissão Estatal e a multa ampliada em 1.000 euros.

O torcedor tem 20 anos e voltou a ser flagrado proferindo insultos racistas a um jogador do Villarreal 13 dias depois. Ele sofrerá uma segunda sanção, segundo o jornal espanhol As.

EXPULSO DO CLUBE

O Mallorca comunicou no início do mês que expulsou o torcedor que insultou de maneira racista o brasileiro Vini Jr. e que, dias depois, também ofendeu Samu Chukwueze, do Villarreal.

Vini foi chamado de "macaco" no confronto em Palma de Mallorca, no dia 5 de fevereiro.

O canal "DAZN" flagrou o torcedor gritando para o atacante: "Vinicius, macaco! É um p*** macaco". (Folhapress)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!