Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Alerta ligado

América já vê Z-4 de perto

Sequência negativa deixa o Coelho a apenas quatro pontos do Atlético-PR, time que abre o Z-4

Enderson Moreira
Técnico Enderson Moreira espera que o time reencontre o caminho das vitórias contra a Chapecoense | Foto: Leo Fontes/O Tempo - 7.6.18
Publicado em 12/06/18 - 08h00
Antônio Anderson

Com duas derrotas seguidas pelo Campeonato Brasileiro, resultados que fizeram o clube cair para o 13º lugar na tabela de classificação, o América já se vê ameaçado pela temida zona de rebaixamento da competição. Com 13 pontos conquistados em 33 disputados, o Coelho terminou a 11ª rodada com quatro a mais que o Atlético-PR, equipe que abre o Z-4.

O América perdeu quatro dos últimos cinco jogos que fez pelo Brasileirão. Neste período, o time comandado pelo técnico Enderson Moreira venceu o Atlético-PR e foi derrotado por São Paulo, Corinthians, Atlético e Grêmio. Um dos grandes problemas do Coelho para tentar embalar de vez na competição tem sido conseguir pontuar atuando fora do Independência.

Como visitante, o América fez cinco jogos e conquistou apenas um dos 15 pontos disputados. O Coelho empatou com o Ceará e perdeu para Flamengo, Vasco, Corinthians e Grêmio. Bem diferente do aproveitamento do alviverde como mandante. Na Arena Independência foram seis jogos, com quatro vitórias, sobre Sport, Vitória, Botafogo e Atlético-PR, e duas derrotas, para São Paulo e Atlético.

A queda de rendimento do América aconteceu no momento em que o Campeonato Brasileiro começou a ter rodadas disputadas no meio e no final de semana. Até a sexta rodada, na vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, no Independência, o América havia conquistado dez dos 13 pontos que tem na competição. Atualmente, seis pontos separam o Coelho do Grêmio, clube que fecha o G-4.

Bom aproveitamento. Apesar da sequência ruim, a atual campanha é a melhor do time na Série A desde que a competição passou a ser disputada no sistema de pontos corridos, em 2003. Nas duas participações anteriores, o Coelho fez sete pontos em 2011 (com uma vitória, quatro empates e seis derrotas), e oito pontos em 2016 (com duas vitórias, dois empates e sete derrotas).

 

Enderson precisará mexer na escalação contra a Chape

O técnico Enderson Moreira será, mais uma vez, obrigado a mexer na escalação do América para definir a equipe titular que vai enfrentar a Chapecoense nesta quarta (13), às 16h, na Arena Independência, em partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Contra a equipe catarinense, o América não vai poder contar com os laterais Giovanni e Aderlan, que levaram o terceiro cartão amarelo no jogo contra o Grêmio. Norberto, que cumpriu suspensão automática diante da equipe gaúcha, voltará à lateral direita.

Na lateral esquerda, Enderson Moreira tem como opção improvisar o meia Gerson Magrão. Poupados na partida contra o Grêmio, o volante Leandro Donizete e o atacante Judivan voltam a ficar à disposição do treinador para esta partida. 

Os jogadores do América voltam a treinar na manhã desta terça-feira (12), no CT Lanna Drumond. Após a atividade, eles já iniciam a concentração. Após a partida com a Chapecoense, os atletas do Coelho vão ter dez dias de folga.

Compartilhar:
Enviar por e-mail
Imprimir
avatar
Li e aceito os termos de utilização
Cadastre-se para poder comentar
Fechar

Alerta ligado

América já vê Z-4 de perto
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório