Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Definição

Atlético já tem o "dia D" para comemorar permanência ou lamentar saída de Guedes

Empresário do atleta se reúne quinta-feira com diretoria atleticana para bater o martelo sobre o futuro do atacante

Róger Guedes
Gallo disse em entrevista que atacante Róger Guedes vem superando as expectativas da diretoria em seu futebol | Foto: Bruno Cantini/Atlético
Publicado em 12/06/18 - 19h46
Bruno Trindade
@SuperFC

O Atlético já tem o dia D para comemorar a permanência de Róger Guedes ou lamentar a saída do artilheiro do Brasileirão. O empresário do atleta, Paulo Pitombeira, que estava no exterior, chega ao Brasil nesta quarta-feira e se reúne com a diretoria alvinegra na quinta-feira, quando será batido o martelo sobre o destino do atleta.

O diretor de futebol do alvinegro, Alexandre Gallo, disse que existe a possibilidade de o atleta ficar, assim como há a possibilidade dele seguir outros rumos. A proposta do Al-Wehda, time do técnico Fabio Carille, da Arábia Saudita, seria bem alta: US$ 6,5 milhões de dólares (R$ 24,2 milhões na cotação atual). Como tem prioridade na compra, o avante fica caso o Galo cubra esse valor. Só que esse não é o único problema. Especula-se que o salário oferecido pelos árabes seria, pelo menos, três vezes maior do que ele recebe no Brasil e, portanto, o alvinegro teria que trabalhar com um reajuste salarial para o atleta.

“Nós estamos aguardando essa situação (do Róger Guedes) para resolver depois do último jogo (contra o Ceará). Ele (agente) vai voltar ao Brasil para que a gente possa se encontrar e resolver. Hoje não tem uma solução. Existe a possibilidade de ele ficar. Existem várias possibilidades. Ele tem uma proposta grande e a gente vai tentar resolver essa situação”, disse Gallo, nesta terça-feira, na Cidade do Galo, após a apresentação do atacante colombiano Yimmi Chará.

A aposta do Atlético para manter Guedes está relacionada ao desejo pessoal do atleta. O atacante sonha em jogar no futebol europeu. Como vive o melhor momento de sua carreira, a permanência até o fim de 2018 e, consequentemente, a manutenção das boas atuações, dariam mais visibilidade e poderiam abrir as portas da Europa ou de uma praça de maior destaque do que o futebol árabe.

“Ele (Guedes) é um cara querido, que deu a volta por cima em um momento importante da competição. É o artilheiro do Brasileirão, e isso chama muita atenção. Foi uma contratação que a gente queria muito, brigamos com o Fluminense e o Inter. Está superando as nossas expectativas, tem jogado muito bem. Viver esse bom momento não é fácil e tem que cuidar”, afirma Alexandre Gallo.

Se nas entrevistas o próprio Róger Guedes deixa o seu futuro em aberto, nas redes sociais ele deixou uma mensagem enigmática, que pode significar um adeus. "Obrigado, Massa Atleticana", postou em sua conta oficial no Instagram.

A presença do atacante seria importante para o Galo seguir na briga pelo título e encerrar o jejum de 47 anos sem conquistar o Campeonato Brasileiro.

Compartilhar:
Enviar por e-mail
Imprimir
avatar
Li e aceito os termos de utilização
Cadastre-se para poder comentar
Fechar

Definição

Atlético já tem o "dia D" para comemorar permanência ou lamentar saída de Guedes
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório