Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Opinião

Levir: "Ano não é vexatório; rivais que torcida odeia estão à frente"

Treinador, que assumiu o time há três jogos, vê pontos positivos na temporada e cita Cruzeiro e Palmeiras como adversários que se deram bem na comparação com o Galo

levir culpi neguete
Técnico Levir Culpi está em sua quinta passagem como comandante do Galo | Foto: Bruno Cantini / Atlético
Publicado em 09/11/18 - 16h24
Thiago Nogueira
@supernoticiafm

O Atlético não vence há cinco partidas, Levir Culpi perdeu os três jogos em que comandou o time mas, de certa forma, a temporada tem pontos positivos na avaliação do treinador alvinegro. Para ele, há uma influência quando se compara o trabalho do Galo com rivais, como o Cruzeiro e o Palmeiras.

“O Atlético fez um bom ano já, já fez bons resultados, não é vexatório o ano. O que acontece é que os adversários diretos que a torcida odeia estão na nossa frente, o Cruzeiro (não está à frente na classificação, mas foi campeão da Copa do Brasil), o Palmeiras (atual líder), e isso pesa muito na analise dos resultados. Temos seis jogos pela frente, vamos dar a vida nesses jogos”, destacou Levir Culpi.

O Galo, de fato, chegou a ser líder do Campeonato Brasileiro, mostrou um bom futebol antes da parada para a Copa do Mundo com o técnico Thiago Larghi, mas perdeu fôlego no segundo semestre depois da saída de alguns jogadores, como Róger Guedes, negociado com o futebol chinês, e Gustavo Blanco, que se machucou.

O time é o sexto na tabela e viu os principais concorrentes se aproximarem na tentativa de conseguir uma vaga na Copa Libertadores do próximo ano. O alvinegro não conquistou nenhum título na temporada, já que perdeu o Mineiro para o rival Cruzeiro e saiu precocemente da Copa Sul-Americana, ainda na primeira fase.

A situação se agravou nas últimas semanas por causa do período de jejum, a demissão de Thiago Larghi e a saída do diretor de futebol, Alexandre Gallo, além de problemas dentro de campo, como a queda de rendimento do ataque, que chegou a ser o melhor do Brasileiro.

“Qual foi o time brasileiro que não passou por esses problemas? Vamos escolher juntos. Palmeiras... e mais um, Palmeiras. Os outros todos, Flamengo, já balançou, já teve problema. Escapou um time (Palmeiras) e assim mesmo veio o Felipão. São problemas que afetam os clubes, não tem como sair, de uma maneira ou de outra, sofrem com essas situações”, disse Levir, questionado sobre o assunto em entrevista coletiva nesta sexta-feira, na Cidade do Galo.

Compartilhar:
Enviar por e-mail
Imprimir
avatar
Li e aceito os termos de utilização
Cadastre-se para poder comentar
Fechar

Opinião

Levir: "Ano não é vexatório; rivais que torcida odeia estão à frente"
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório