Recuperar Senha
Fechar
Entrar

"Fomos melhores"

Mano lamenta pontos a menos que não estarão na bagagem de volta a BH

Treinador do Cruzeiro lembrou que Paraná não deu chute a gol e aproveitou para reclamar, novamente, da arbitragem

mano menezes
Treinador lembrou que seu time não aproveitou bem chance de ampliar o placar | Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro
Publicado em 13/06/18 - 22h19
Daniel Ottoni
@superfc

Para Mano Menezes, o sentimento do Cruzeiro, após empate contra o Paraná, na noite desta quarta-feira, fora de casa, é de que dois pontos ficaram pelo caminho. Mesmo fora de casa, o time cruzeirense controlou melhor as opções mas pecou na hora de construir as jogadas. 

"Deixamos escapar três pontos. Tivemos boas oportunidades, principalmente depois de abrir o placar. Jogamos contra uma equipe que não deu um chute a gol e saímos chateados. Após um mês de maio extraordinário, agora vemos perdas e dificuldades. Temos que saber administrar depois da Copa para voltar com força e todos à disposição. Temos que ter produção de um time da parte de cima da tabela", comenta. 

O treinador voltou a reclamar da arbitragem, que marcou de forma errônea dois impedimentos contra o Cruzeiro. "Fora de casa é sempre mais complicado. É mais fácil dar o impedimento para o time da casa do que marcar corretamente. O primeiro foi muito claro. O campo aqui é mais pesado, mais fofo e torna o jogo lento. Quando se quer acelerar, não consegue. Não podemos exigir um futebol qualificado de jogadores que estão acostumados com outro nível de jogo", pontua. 

 

Compartilhar:
Enviar por e-mail
Imprimir
avatar
Li e aceito os termos de utilização
Cadastre-se para poder comentar
Fechar

"Fomos melhores"

Mano lamenta pontos a menos que não estarão na bagagem de volta a BH
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório