Compartilhar:
Enviar por e-mail
Imprimir
Rádio Super
avatar
Li e aceito os termos de utilização
Cadastre-se para poder comentar
Fechar

Pop

Álbum de dalai-lama lançado há uma semana chega ao topo da parada 'Billboard'
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
carregando
Log View

Menina nem te conto

Ativista LGBT denuncia Netinho e Carlos Alberto 'Mendigo' por crime de homofobia

Ativista LGBT denuncia Netinho e Carlos Alberto 'Mendigo' por crime de homofobia

O ativista LGBTI+ Agripino Magalhães, juntamente ao advogado Angelo Carbone e sua equipe, denunciou nesta segunda-feira (10) ao Ministério Público de São Paulo o cantor Netinho da Bahia e o humorista Carlos Aberto da Silva (conhecido como Carlinhos "Mendigo", do Pânico na TV) por "crimes homofóbicos".

A denúncia contra Netinho é em relação à publicação no Instagram e Facebook, em que o cantor diz que "se esse pessoal LGBT não vivesse de acordo com o fiofó, pensando com o fiofó, o Brasil ia ser maravilhoso" (sic).

Já Mendigo é denunciado por publicar uma montagem em que usa foto atual de Thammy Miranda e seu filho, ao lado de foto do ator antes da mudança de sexo, em tom de ironia. Diz, ainda: "Prefiro ser órfão do que ser adotado por uma mulher operada que se passa por homem para ter o privilégio de adotar uma criança".

Segundo documento da denúncia, "nota-se com clareza mediana que (...) seus discursos são de ódio e infringiram a lei penal". Os acusantes pedem que as redes sociais dos citados sejam bloqueadas e impedidas de retornarem até decisão judicial.

"São pessoas conhecidas, formadoras de opinião, verbalizam dessa forma porque Neymar também praticou situação semelhante e ficou impune", diz o documento.

"Temos no Brasil uma infinidade de agressões verbais e físicas, e até morte, diante de situações iniciadas por declarações como essas", continua. "Essa minoria tem que aceitar esse menosprezo, esse discurso de ódio, porque os elementos que a praticam estão impunes rindo das pessoas e dos nossos Tribunais".

Rafa Kalimann finaliza divórcio, mas mantém sobrenome de Rodolfo

Rafa Kalimann finaliza divórcio, mas mantém sobrenome de Rodolfo

A influenciadora e ex-BBB Rafa Kalimann, 27, anunciou em suas redes sociais na noite desta segunda-feira (10) que finalmente concluiu o processo de divórcio com o sertanejo Rodolfo, 31, que faz dupla com Israel. Ela, no entanto, afirmou que decidiu manter o sobrenome do ex.

Segundo Rafa, a ideia de manter o nome Matthaus, do cantor, acontece por que ela pretende mudar seu sobrenome de família em breve, adicionando o Kalimann, que ela usa artisticamente. Assim, se ela mudasse agora, teria que alterar os documentos duas vezes. "Eu vou tirar (o nome de Rodolfo), mas agora fiquei com preguiça", brincou.

Rafa e Rodolfo se casaram em 2016 e já não viviam juntos desde 2018, embora não tivessem oficializado a separação. Após assinarem o divórcio, os dois, que vivem no mesmo condomínio em Goiânia, se reuniram na casa dela e pediram aos fãs que continuem torcendo para pela felicidade de ambos.

A influenciadora, que foi contratada recentemente pela Globo, onde deve dar início a carreira de atriz, ainda brincou sobre seu look elegante para a ocasião: "Não é todo dia que a gente se divorcia, então pensei 'vou no cartório arrumada e botei um terninho chique, elegantíssimo', mas o menino foi do jeito que acordou."

Rafa contou na semana passada que está vivendo um romance com Daniel Caon, que participou da Casa de Vidro do último "BBB". Em entrevista ao colunista Hugo Gloss, ela ponderou que gostaria de viver a relação da forma mais natural possível, como ocorreria se o casal fosse anônimo.

"Estamos apenas nos conhecendo, nos permitindo. Não queríamos rotular 'estamos juntos' porque como todas as outras pessoas estamos passando pelo processo de conhecer e ver se vai dar certo, com calma, de forma espontânea e, principalmente, real e sincera", disse.

Marina Ruy Barbosa opina sobre polêmica com os cabelos ruivos de astro do k-pop

Marina Ruy Barbosa opina sobre polêmica com os cabelos ruivos de astro do k-pop

A atriz Marina Ruy Barbosa, de 25 anos, resolveu encerrar as discussões de fãs do BTS, um dos mais populares grupo de k-pop, em torno dos novos cabelos do cantor Seokjin, de 27. “Seokjin está ruivo. Ponto e acabou”, comentou nas redes sociais a artista, que logo brincou por ter entrado em um “rolê completamente aleatório”.

Os fãs da boy band coreana vinham debatendo a atual cor de cabelo do cantor após as fotos divulgadas para o lançamento do single “Dynamite”. Castanho ou ruivo, questionavam eles. Na noite de segunda-feira (10), no entanto, foi o comentário da atriz que viralizou.

Fãs do grupo comemoraram e questionaram se Marina é fã da banda. “Ela se tornou mais que perfeita por gostar deles”, comentou outra seguidora. “Uma ruiva reconhece outro ruivo. Ponto e acabou”, brincou mais uma. “Se a Marina Ruy Barbosa acha isso, quem sou eu pra discordar?”, afirmou mais uma.

Apesar de o grupo de k-pop ter começado a divulgação das fotos promocionais da música “Dymanite”, a previsão de lançamento é para o dia 21 de agosto. A nova faixa será em inglês e deve seguir uma batida dançante, ao estilo de “Mic Drop” e “Waste It on Me”.

Glória Perez posta vídeo da filha, que completaria 50 anos

Glória Perez posta vídeo da filha, que completaria 50 anos

A atriz Daniella Perez, assassinada por um colega de elenco, enquanto fazia a novela "De Corpo e Alma (Globo, 1992-1993), completaria 50 anos nesta terça-feira (11). A mãe dela, a escritora Gloria Perez, 71, usou suas redes sociais para comentar a data: "11 de agosto. Cada aniversário faz a conta de um tempo que ela não viveu".

"É um parto às avessas. Um dia que dói", completou a escritora, que publicou um vídeo de Daniella dançando com um gato, o mesmo que ela já havia postado antes. Vários famosos deram seu apoio: "Você não está sozinha, força", comentou Carla Diaz. "Sempre ao seu lado", afirmou o também escritor Walcyr Carrasco.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

11 de agosto. Cada aniversário faz a conta de um tempo que ela não viveu. É um parto às avessas. Um dia que doi..

Uma publicação compartilhada por Gloria Perez (@gloriafperez) em

Daniella fazia sua terceira novela quando foi morta pelo ator Guilherme de Pádua, seu par romântico na trama, e a então mulher dele, Paula Thomaz. Os dois armaram uma emboscada para a atriz e a mataram com tesouradas, em 28 de dezembro de 1992, quando Daniella tinha 22 anos.

O assassinato

O crime chocou o Brasil, e Guilherme de Pádua e Paula Thomaz foram condenados por homicídio qualificado depois de cinco anos. O casal deveria cumprir a pena de 19 anos de prisão - que foi reduzida e extinta antes do previsto. Em 2006, em entrevista à "Folha de S.Paulo", Guilherme disse que, mesmo livre há sete anos, se sentia preso.

"Continuo preso. Fui uma espécie de exemplo de justiça superexposto pela mídia, em um país repleto de impunidade. A verdade é que fiz bobagens, mas sou inofensivo, e por isso as pessoas não têm medo de me agredir na rua. Já chegaram a me cuspir no rosto, em um shopping", disse Pádua.

Em 2017, Guilherme de Pádua se tornou pastor da igreja evangélica em Belo Horizonte. O ex-ator se converteu à religião em 2002, um ano depois de sair da prisão em que cumpria a pena pelo assassinato de Daniella.

No ano passado, Gloria Perez e Zé de Abreu trocaram farpas na internet após o ator dizer que Guilherme de Pádua e a autora estariam "apoiando o mesmo espectro político". Ao ver o tuíte, ela retrucou: "Você é muito canalha! Não vou revidar lembrando sua tragédia pessoal. É block e mais nada!".

Mulher Melancia apresenta filho com jogador e conta porque escondeu gravidez

Mulher Melancia apresenta filho com jogador e conta porque escondeu gravidez

Andressa Soares, a Mulher Melancia, surpreendeu seus seguidores ao revelar o nascimento de seu primeiro filho, Arthur, fruto do seu relacionamento com Michel Macedo, jogador do Corinthians. Ela não havia anunciado a gravidez aos fãs.

Até que colocou uma foto da família completa desejando um Feliz Dia dos Pais ao amado. Diante da surpresa dos seus seguidores, Andressa, que recebeu várias mensagens questionando se havia adotado a criança, explicou porque decidiu não expor a gestação. 

A cantora e dançarina contou que no ano passado teve uma gestação interrompida pouco depois dos três meses de gravidez. Após a perda, ela decidiu se recolher para para lidar com o luto. A segunda gravidez, apenas dois meses após o aborto, foi uma surpresa para o casal, que decidiu esperar mais um pouco para anunciar.

"Mas foi aquele medo por tudo que já tinha acontecido, vamos esperar os três meses (para anunciar), mas aí veio o coronavírus e fiquei com mais medo ainda", confessou Andressa. "Passei a gestação inteira morrendo de medo, de cautela, desespero de acontecer alguma coisa. A gente fica querendo proteger o tempo inteiro a gravidez. Depois dos três meses esperei mais ainda esperando passar o coronavírus e o coronavírus está aí até hoje”, afirmou.

Nesta segunda-feira (10), ela resolveu fazer uma série de vídeos em que conta aos seguidores porque manteve em segredo a gravidez do primeiro filho.

Confira:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por 🎀Andressa Soares🎀 (@mulhermelanciaoficial) em

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por 🎀Andressa Soares🎀 (@mulhermelanciaoficial) em

Camila Pitanga e a filha são diagnosticadas com malária: 'Dias de muito sufoco'

Camila Pitanga e a filha são diagnosticadas com malária: 'Dias de muito sufoco'

A atriz Camila Pitanga, 43, e a filha Antônia, 12, testaram positivo para malária. Em um longo relato em seu Instagram, ela narrou o drama vivido: "foram 10 dias de muito sufoco. Entre picos de febre alta, calafrios e total incerteza".

Camila e Antônia haviam se submetido ao teste de Covid-19, por conta dos sintomas, mas o exame deu negativo. Foi então que uma amiga sugeriu que procurasse um infectologista, pelo fato de a atriz estar em isolamento social numa zona de Mata Atlântica no litoral de SP. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Foram 10 dias de muito sufoco. Entre picos de febre alta, calafrios e total incerteza. Havia a sombra da possibilidade de estar com covid-19. Somente no domingo recebi o resultado negativo do meu PCR. Mas no lugar de me aliviar, permanecia a agonia pois eu não fazia ideia do que eu poderia ter. Estava à deriva. Pois bem, uma amiga minha suspeitou que esses picos de febre associados ao fato de estar em isolamento social numa zona de Mata Atlântica no litoral de SP, podia ser malária. Fui indicada a conversar com dois infectologistas. Os dois extremamente generosos em falar comigo num domingo já de noite. Dr Luiz Fernando Aranha e o Dr André Machado. Agradeço ao último pelas orientações que me levaram ao Hospital das Clínicas da USP. Uma vez que a supeita era malária, doença muito rara, não há melhor lugar para você ser tratado do que a rede SUS, local de referência e excelência para doenças endêmicas. No HC, fui prontamente atendida por uma mulherada. Sim, uma equipe 100% de mulheres fantásticas do laboratório da Sucen. Faço questão de dar seus nomes: Drª Ana Marli Sartori, Drª Silvia Maria di Santi, Drª Dida costa, Drª Simone Gregorio, Drª Renata oliveira e tão importantes quanto, as agentes de saúde Cida Kikuchi e Gildete Santos. Todas foram extremamente profissionais, eficientes e gentis. Bom, os resultados dos exames sairam dando positivo para malária. Eu e minha filha. Uma doença que ainda existe, é curável, mas precisa de cuidados. O tratamento é gratuito. Faço cá meus votos de gratidão a todas e todos agentes de saúde, que além de estarem na trincheira nessa luta contra a covid-19, estão aí atendendo inúmeras outras demandas com seu profissionalismo em meio a condições e incertezas muito grandes. É de suma importância valorizar a existência desse sistema de saúde que cuida de tanta gente, principalmente dos que não tem condições de pagar um plano de saúde. Estamos num país onde uma doença matou mais de 100 mil pessoas em poucos meses. Esse número poderia ser o triplo ou mais se não fosse o SUS. A catástrofe seria ainda maior. Muito obrigada e parabéns a todas e todos os profissionais de saúde desse país!!!

Uma publicação compartilhada por Camila Pitanga (@caiapitanga) em

"Bom, os resultados dos exames saíram dando positivo para malária. Eu e minha filha. Uma doença que ainda existe, é curável, mas precisa de cuidados", afirmou a atriz, que fez questão de fazer elogios aos profissionais do SUS que atenderam a ela e à filha.

Leia o relato na íntegra: 

"Foram 10 dias de muito sufoco. Entre picos de febre alta, calafrios e total incerteza. Havia a sombra da possibilidade de estar com Covid-19. Somente no domingo recebi o resultado negativo do meu PCR. Mas no lugar de me aliviar, permanecia a agonia pois eu não fazia ideia do que eu poderia ter. Estava à deriva. Pois bem, uma amiga minha suspeitou que esses picos de febre associados ao fato de estar em isolamento social numa zona de Mata Atlântica no litoral de SP, podia ser malária.

Fui indicada a conversar com dois infectologistas. Os dois extremamente generosos em falar comigo num domingo já de noite. Dr Luiz Fernando Aranha e o Dr André Machado. Agradeço ao último pelas orientações que me levaram ao Hospital das Clínicas da USP. Uma vez que a suspeita era malária, doença muito rara, não há melhor lugar para você ser tratado do que a rede SUS, local de referência e excelência para doenças endêmicas.

No HC, fui prontamente atendida por uma mulherada. Sim, uma equipe 100% de mulheres fantásticas do laboratório da Sucen. Faço questão de dar seus nomes: Drª Ana Marli Sartori, Drª Silvia Maria di Santi, Drª Dida costa, Drª Simone Gregorio, Drª Renata oliveira e tão importantes quanto, as agentes de saúde Cida Kikuchi e Gildete Santos. Todas foram extremamente profissionais, eficientes e gentis.

Bom, os resultados dos exames saíram dando positivo para malária. Eu e minha filha. Uma doença que ainda existe, é curável, mas precisa de cuidados. O tratamento é gratuito.

Faço cá meus votos de gratidão a todas e todos agentes de saúde, que além de estarem na trincheira nessa luta contra a covid-19, estão aí atendendo inúmeras outras demandas com seu profissionalismo em meio a condições e incertezas muito grandes. É de suma importância valorizar a existência desse sistema de saúde que cuida de tanta gente, principalmente dos que não tem condições de pagar um plano de saúde. Estamos num país onde uma doença matou mais de 100 mil pessoas em poucos meses. Esse número poderia ser o triplo ou mais se não fosse o SUS. A catástrofe seria ainda maior. Muito obrigada e parabéns a todas e todos os profissionais de saúde desse país."

Pabllo Vittar alfineta Marília Mendonça: 'Tem gente que acha engraçado'

Pabllo Vittar alfineta Marília Mendonça: 'Tem gente que acha engraçado'

Parece que o pedido de desculpas de Marília Mendonça não foram suficientes para algumas pessoas. Entre elas a cantora Pabllo Vittar, que mandou uma indireta para a cantora sertaneja pelas redes sociais.

"O ano é 2020 e ainda tem gente que acha engraçado fazer piada transfóbica!", escreveu Vittar, em seu perfil no Twitter nesta segunda-feira (10). Alguns seguidores concordaram com a postura da drag queen, e compararam a situação de Mendonça com uma de Anitta.

"Pois é, Anitta até hoje é massacrada por um comentário transfóbico que o Nego do Borel fez, mas a Marília Mendonça pede desculpa e fica tudo certo, a militância seletiva de vocês me assusta num tanto", disse um dos internautas. Outros disseram para que Vittar ponderasse já que Mendonça havia pedido desculpas.

A cantora Marília Mendonça, 25, teve de ir às redes sociais na manhã desta segunda-feira (10) para pedir desculpas por um comentário rotulado como transfóbico por parte dos seguidores. Em sua live no último sábado (8), ela fez fez um comentário sobre um colega músico que havia ido a uma boate LGBTI e "beijado a mulher mais bonita da vida dele", dando a entender que poderia se tratar de uma transexual.

Pedido de desculpas

Em uma série de tuítes publicados na noite desta segunda (10), Marília Mendonça pediu novamente desculpas e disse que se retratará via live após uma fala transfóbica que ela proferiu em sua live. Ela já havia pedido desculpas na manhã desta segunda, mas voltou a falar sobre o assunto à noite.

"Passei o dia todo refletindo. E depois de refletir tanto, refaço o meu pedido de desculpas. Aproveitei pra aprender mais sobre o assunto. Sobre como ajudar. Tem muita gente do coração bom e explicativo (ainda bem) que mesmo sofrendo com piadas como a minha me ajudam a evoluir", escreveu ela.

Ela continuou dizendo que continuará aprendendo todos os dias, e repassando para seus fãs o que aprender. "Me retratarei na próxima live, com a mesma visibilidade que teve a piada sem graça. Conto com vocês, pra me ajudarem a evoluir e me desconstruir todos os dias", disse.

"Muito obrigada a todas as mensagens de carinho, mas isso não apaga meu erro. Somos humanos, mas não é por isso que não devemos buscar sermos melhores a cada dia. O debate é necessário. O linchamento de nada serve. Obrigada a quem teve paciência de explicar", finalizou.

Anteriormente, ela havia dito que entende estar errada e precisar melhorar. "Mil perdões. De todo o coração. Aprenderei com meus erros. Não me justificarei", disse.

Kelly Clarkson substitui Simon Cowell em reality: 'Mais sábia, legal e bonita'

Kelly Clarkson substitui Simon Cowell em reality: 'Mais sábia, legal e bonita'

Kelly Clarkson, 38, anunciou nesta segunda-feira (10) que substituirá Simon Cowell, 60, na mesa de jurados do reality show America's Got Talent.  Cowell sofreu um acidente no último sábado (8) em sua casa em Malibu, na Califórnia, ao cair de sua bicicleta. O jurado fraturou a coluna e precisou passar por uma cirurgia.

"Meu amigo, Simon Cowell, está melhor agora mas esteve em um acidente e não vai poder participar das transmissões ao vivo dos programas de terça e quarta-feira de 'AGT'. Mas não se preocupem, America, alguém muito mais sábia, legal e bonita vai ocupar seu lugar!", escreveu a cantora em seu perfil no Twitter.

De acordo com declaração de um porta-voz de Cowell à revista americana People, ele estava testando uma nova bicicleta elétrica no pátio de sua propriedade californiana, junto com a família, no momento do acidente.

"Ele machucou a coluna e foi levado ao hospital. Ele está bem, em observação e está nas melhores mãos possíveis", disse o porta-voz à publicação.

Durante a pandemia de coronavírus, o empresário dos ramos musical e televisivo tem passado o tempo ao lado da namorada Lauren Silverman, do filho de 6 anos do casal, Eric, e de Adam, adolescente fruto de um relacionamento passado de Silverman.

Marília Mendonça se retratará sobre transfobia: ‘Passei o dia todo refletindo’

Marília Mendonça se retratará sobre transfobia: ‘Passei o dia todo refletindo’

Em uma série de tuítes publicados na noite dessa segunda-feira (10), Marília Mendonça, de 25 anos, disse que se retratará via live após uma fala transfóbica que ela proferiu em uma transmissão ao vivo no último sábado (8).

Na ocasião, a cantora fez um comentário sobre um colega músico que havia ido a uma boate LGBTI e “beijado a mulher mais bonita da vida dele”, dando a entender que poderia se tratar de uma transexual. Ela já havia pedido desculpas na manhã desta segunda, mas voltou a falar sobre o assunto à noite.

“Passei o dia todo refletindo. E depois de refletir tanto, refaço o meu pedido de desculpas. Aproveitei pra aprender mais sobre o assunto. Sobre como ajudar. Tem muita gente do coração bom e explicativo (ainda bem), que mesmo sofrendo com piadas como a minha me ajudam a evoluir”, escreveu ela.

Ela continuou dizendo que continuará aprendendo todos os dias e repassando para seus fãs o que aprender. “Me retratarei na próxima live, com a mesma visibilidade que teve a piada sem graça. Conto com vocês, pra me ajudarem a evoluir e me desconstruir todos os dias”, disse.

“Muito obrigada a todas as mensagens de carinho, mas isso não apaga meu erro. Somos humanos, mas não é por isso que não devemos buscar ser melhores a cada dia. O debate é necessário. O linchamento de nada serve. Obrigada a quem teve paciência de explicar”, finalizou.

Anteriormente, ela havia dito que entende estar errada e precisar melhorar. “Mil perdões. De todo o coração. Aprenderei com meus erros. Não me justificarei”, disse.

'Órfãos da Terra' concorre como melhor série dramática em premiação sul-coreana

'Órfãos da Terra' concorre como melhor série dramática em premiação sul-coreana

A novela "Órfãos da Terra" (Globo, 2019) é uma das finalistas da 15ª edição do Seoul Internacional Drama Awards, premiação da Coreia do Sul que elege as melhores produções televisivas internacionais. Escrita por Thelma Guedes e Duca Rachid, o folhetim foi indicado na categoria Serial Drama e disputa o prêmio com produções da Colômbia, China, Filipinas e Turquia.

No final de 2019, a trama foi vencedora na categoria de melhor telenovela no Rose D'Or Awards, prêmio suíço que ocorre desde 1961, desbancando produções de Portugal, Reino Unido e Bélgica. A lista de indicados deste ano inclui 28 séries dramáticas divididas em quatro categorias: filme para TV, minissérie, drama em série e curta.

Sem presença de público, a cerimônia será realizada no dia 10 de setembro, na sede da emissora sul-coreana MBC. De acordo com os organizadores, o evento será transmitido ao vivo na plataforma online da emissora.

A novela teve uma parceria técnica com o ACNUR (Agência da ONU para Refugiados) para a montagem do campo de refugiados cenográfico, com a disponibilização de uniformes e tendas reais de operações humanitárias, que foram substituídas pela Globo por novas unidades habitacionais.

Com direção de Gustavo Fernández, "Órfãos da Terra" contou a história do casal Jamil (Renato Góes) e Laila (Julia Dalavia), dois refugiados sírios que reconstruíram sua vida no Brasil. Na trama, Laila está prometida em casamento ao sheik Aziz (Herson Capri), e foge com seus pais para São Paulo. O sheik envia seu afilhado Jamil para o Brasil para buscá-la, mas ele acaba se apaixonando pela jovem.

De acordo com a Globo, "Órgãos da Terra" já foi licenciada para mais de 50 países - entre eles México, Uruguai e Bolívia, onde está no ar. Essa é a terceira vez que a Globo é indicada ao Seoul International Drama Awards. Em 2007, a novela "Sinhá Moça" ficou entre as finalistas do Grand Prize, e, em 2011, "Passione" foi indicada na categoria Serial Drama e recebeu o Silver Bird Prize, na categoria Serial Drama.

'O Avesso da Pele' trata de racismo e da busca pelo pai sem ser panfletário

'O Avesso da Pele' trata de racismo e da busca pelo pai sem ser panfletário

Pedro narra sua história enquanto relembra a trajetória dos pais, Martha e Henrique. E os dissabores são comuns a boa parte da população brasileira. "Um dia, já tinha sido algemado como um bandido. Isso aos catorze anos, quando você estava num ponto esperando o ônibus, em Copacabana, para ir encontrar seu padrasto. E ser confundido com bandido vai fazer parte da sua trajetória. E você vai custar a compreender por que essas coisas acontecem", relata o filho, relembrando um fato ocorrido com o pai.

Pedro, Martha e Henrique são negros e estão no foco de "O Avesso da Pele", terceiro romance de Jeferson Tenório, carioca radicado em Porto Alegre. Não se trata de um libelo, ainda que a força de sua mensagem seja poderosa. "Para mim, o livro frustra o sistema racista, pois não discute a pele e sua cor, mas conduz o leitor a uma narrativa que passa pela camada epidérmica até chegar ao avesso, a questões mais subjetivas", diz Tenório, em conversa telefônica.

De fato, trata-se daquela bem sucedida estratégia literária, em que o escritor maneja a escrita de tal forma que transforma o leitor em seu cúmplice. E melhor: sem necessitar de truques linguísticos. A trajetória daquela família é detalhada sem sentimentalismo, com uma precisão quase cirúrgica.

Tenório conta que primeiro precisou estar preparado psicologicamente pois, como cidadão negro, passou por algumas situações descritas no livro. "Passei por um tempo fazendo terapia a fim de ter as situações bem elaboradas para então colocar no papel. Com o tempo, aprendi que a frieza impede de se fazer burrada", diz, em indisfarçável tom amargo.

O processo foi reforçado por uma extensa leitura, especialmente da obra de James Baldwin, notadamente "Terra Estranha", poderoso romance de 1962 que, entre outros assuntos, trata de relações inter-raciais. Henrique, pai do narrador de "O Avesso da Pele", namorou uma garota branca e, se ela encarava a relação de forma segura, sua família ostentava uma falsa liberalidade, desmascarada por comentários preconceituosos, disfarçados de brincadeiras. Como saldo, Henrique coleciona temas caros como raça e identidade.

"Tudo o que acontece não é mera circunstância da vida", observa Tenório. "O negro pobre, a fim de saber como enfrentar logo o racismo, não tem tempo para viver a infância, não passa pela fase da ingenuidade. Pessoas negras entendem a violência e isso me fez pensar sobre qual foi o momento em que me dei conta de que o que acontecia ao meu redor era por causa da cor da minha pele."

Foi com tal arcabouço que Tenório enfrentou a escrita do romance, marcada pela resiliência dos personagens - especialmente diante da violência policial, descrição, aliás, que consome várias páginas do livro. "E era para ser maior, mas acabei cortando. Eu quis incomodar o leitor, que precisava sentir algum incômodo."

O efeito é bem sucedido, mas não é apenas pelo espanto diante dos acontecimentos que a leitura mexe com o leitor - Tenório é hábil também na construção da linguagem, apresentando um narrador em primeira pessoa que assume também a função da segunda pessoa. "Busquei, com isso, tanto convocar o leitor a participar da história como apresentar um falso narrador em segunda pessoa, pois é Pedro quem realmente narra."

O filho, de fato, é o eixo condutor da trama e sua busca pelo entendimento de quem foi o pai remete a uma outra paixão literária do escritor: "Hamlet", de Shakespeare. A epígrafe do livro, aliás, foi retirada da peça (uma frase de Bernardo: "Quem está aí?") é uma pista sobre a incessante busca de Pedro. "Eu sempre quis contar a história do pai fantasma, do pai ausente", comenta Tenório. "Aqui, diferente do texto shakespeariano, não há vingança, mas, ao reconstituir os passos do pai, Pedro descobre as contradições, as mágoas."

As referências literárias prosseguem em um dos mais belos (ainda que triste) momentos do livro: quando Henrique, que é professor, finalmente conquista a atenção da classe ao explicar "Crime e Castigo", de Dostoievski. "A literatura faz alguma diferença e essa obra ajuda a modificar algo que está falido", comenta Tenório. "É curioso como escritores negros norte-americanos recorrem muito a Dostoievski, sem explicação. Talvez porque ele fez diferença na construção da literatura."

"O Avesso da Pele" é uma das grandes apostas nacionais da Companhia das Letras para este ano - os direitos já foram vendidos para Itália e Portugal, além da adaptação cinematográfica para a RT Features.

TRECHO

"Às vezes você fazia um pensamento e morava nele. Afastava-se... Construía uma casa assim. Longínqua. Dentro de si. Era esse o seu modo de lidar com as coisas. Hoje, prefiro pensar que você partiu para regressar a mim. Eu não queria apenas a sua ausência como legado. Eu queria um tipo de presença, ainda que dolorida e triste. E apesar de tudo, nesta casa, neste apartamento, você será sempre um corpo que não vai parar de morrer. Será sempre o pai que se recusa a partir. Na verdade, você nunca soube ir embora. Até o fim você acreditou que os livros poderiam fazer algo pelas pessoas."

Kelly Osbourne, filha de Ozzy, revela no Instagram que perdeu 38 quilos

Kelly Osbourne, filha de Ozzy, revela no Instagram que perdeu 38 quilos

A filha de Ozzy Osbourne, ex-vocalista da banda Black Sabbath, e da empresária Sharon Osbourne postou algumas selfies no Instagram mostrando sua forma física após fazer reeducação alimentar e exercícios físicos. Kelly Osbourne contou que perdeu 38 kg nos últimos meses.

A informação foi dada por ela ao responder um comentário da mãe da apresentadora Jeannie Mai. "Oh, meu Deus, você perdeu muito peso", escreveu o perfil intitulado Mamma Mai. Kelly respondeu: "É verdade, Mamma Mai. Eu perdi 38 kg desde a última vez que te vi, você acredita?"

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Today I’m feeling #Gucci 💜❤️

Uma publicação compartilhada por Kelly Osbourne (@kellyosbourne) em


A filha de Ozzy também fez stories mostrando uma calça jeans e com os dizeres: "Sim, estou me gabando (sobre o novo manequim). Eu trabalhei duro e me sinto bem", escreveu na imagem. 

Apesar de ter estar aparentemente muito mais magra, Kelly não deu detalhes sobre o que fez para alcançar esse resultado, a despeito dos pedidos dos seguidores.

Anitta diz a jornal britânico que troca de namorado como troca de roupas

Anitta diz a jornal britânico que troca de namorado como troca de roupas

Ao jornal britânico "The Guardian", a cantora Anitta, 27, falou abertamente sobre as suas constantes trocas de namorados e affairs. "Eu não me importo. Minha família sabe sobre minha vida bissexual. Eu troco de namorado tanto quanto troco de roupa. Quanto mais as pessoas me julgam, mais eu quero dizer: 'Ei pessoal, eu faço isso e aquilo! Você quer saber mais? Eu também faço isso'", disse.

Ela também contou que justamente por causa da bissexualidade não vê problema em apimentar a relação. "Se eu tenho um namorado e ele quer fazer um trio ou trocar de casal, me sinto segura e não me sinto mal em fazer isso se todos estiverem felizes", comenta.

Anitta fugiu da pandemia de coronavírus que assola o Brasil e foi para a Itália, país que já foi o epicentro da doença, mas que agora volta lentamente à normalidade graças à diminuição de casos.

Lá, ela esteve em um show na região Gallipoli, a convite de Fred de Palma, rapper italiano com quem assina a música "Paloma". Eles apresentaram a faixa, lançada no mês passado, juntos.

"Foi muito especial ver de perto o sucesso de 'Paloma' e cantar ao vivo ao lado do Fred, vendo aquela galera toda cantando", diz Anitta sobre a noite. O single está em quinto lugar entre as mais ouvidas do Spotify na Itália.

'Amor de Mãe' e 'Salve-se' retomam gravações com cuidados especiais na Globo

'Amor de Mãe' e 'Salve-se' retomam gravações com cuidados especiais na Globo

A Globo retoma nesta segunda-feira (10) as gravações das novelas "Amor de Mãe" e "Salve-se Quem Puder". Elas foram paralisadas por causa da pandemia do novo coronavírus.

De acordo com a emissora, todos os cuidados serão tomados. "Criamos um rígido protocolo de segurança que abrange todas as etapas de produção. As recomendações vão de cuidados na pré-produção à atuação nos sets de gravação, incluindo logísticas de transporte, alimentação e regras para fornecedores, entre outras, tendo sempre como prioridade a segurança e a saúde dos nossos profissionais", diz o canal em nota.

A ideia é que ambas só voltem à TV no ano que vem. Já há inclusive reprises substitutas para ambas. Enquanto a novela das nove será substituída pela reprise de "A Força do Querer", a das sete será substituída por "Haja Coração".

A Record também seguiria todos os protocolos de segurança para a retomada nesta segunda (10) da novela "Amor Sem Igual". Não haverá beijos nem toques entre os atores.

"O protocolo de segurança seguirá normas sérias de controle de acesso aos estúdios do Complexo Casablanca, no Rio de Janeiro. O número de pessoas nas equipes técnicas será reduzido, com no máximo 30 profissionais nos sets de gravação, incluindo integrantes da consultoria médica que verificarão o cumprimento das normas. Todos os profissionais que voltarão às gravações passarão diariamente por uma checagem de temperatura e precisarão usar os equipamentos de segurança", diz a emissora.

Rodrigo Faro destrona Xuxa e apresentará o 'Canta Comigo Teen'

Rodrigo Faro destrona Xuxa e apresentará o 'Canta Comigo Teen'

O apresentador Rodrigo Faro foi o escolhido para comandar a primeira temporada do “Canta Comigo Teen”, reality show musical com estreia prevista para outubro. Ele "destronou" Xuxa Meneghel, que havia sido cogitada para apresentar o programa que é uma espécie de versão do “The Voice Kids” da RecordTV, porém, inserido como um quadro dentro do programa “Hora do Faro”, que vai ao ar aos domingos.  

Apesar de ainda não haver uma data de estreia - só se sabe que será em outubro -, a emissora e a Endemol Shine Brasil já iniciaram o processo seletivo para encontrar crianças e adolescentes entre 9 e 16 anos para a competição. Para se inscrever basta enviar um e-mail para casting@cantacomigo.com.br. As gravações têm início em setembro. 

A atração havia sido adiada para 2021 por conta da pandemia do novo coronavírus, mas a emissora decidiu produzi-la novamente para este ano com um protocolo severo de segurança. Sendo assim, os jurados não se reunirão nos bastidores para conversar sobre os desempenhos dos participantes, como aconteceu no “Canta Comigo” adulto, que teve suas duas temporadas apresentadas por Gugu Liberato (1959-2019).  Além disso, o programa não terá plateia.

Zé Felipe cai em pegadinha após namorada revelar que ele será pai

Zé Felipe cai em pegadinha após namorada revelar que ele será pai

Em pleno Dia dos Pais, o sertanejo Zé Felipe, 22, ficou sabendo que seria pai. Porém, tudo não passou de uma trolagem, uma pegadinha da namorada, Virgínia Fonseca. Em vídeo publicado no YouTube, ela mostra a brincadeira.

Um dia antes, Zé Felipe havia usado seu perfil no Instagram para ironizar e desmentir o boato de que Virginia teria recebido R$ 500 mil de seu pai, Leonardo, para engravidar o filho do cantor. "O dinheiro ainda não caiu na conta amor", ironizou Virginia. "Amor, o valor vai ter que baixar, não tá rolando show e dinheiro na conta", disse Zé Felipe.

Sobre a trollagem do Dia dos Pais, Virginia se divertiu. "Ele demora um pouco para perceber as coisas. Então, fazer trolagem com ele é muito fácil. Mas ele é uma pessoa muito tranquila. Não corre o risco de passar mal", disse ela.

No momento em que o encontrou, contou a novidade. Ela arrumou um teste fake de farmácia e pintou com caneta vermelha para mostrar que teria dado positivo.

Ao dizer que estava grávida, ouviu a reação do cantor. "Que bom, amor. É homem ou mulher? É verdade mesmo? Está bom demais. Será o primeiro de muitos. Agora vou ter que ter responsabilidade. Estou assustado, mas estou feliz", respondeu ele. Mas ela resolveu contar logo que era brincadeira. "Não vai ficar bravo comigo? É trolagem", contou ela. "A ficha estava começando a cair", disse ele.

No dia do seu aniversário, Antonio Banderas anuncia estar com a Covid-19

No dia do seu aniversário, Antonio Banderas anuncia estar com a Covid-19

O ator espanhol Antonio Banderas anunciou nesta segunda-feira (10), dia em que completa 60 anos, que está em quarentena depois de testar positivo para o novo coronavírus, mas afirmou que está "relativamente bem" e apenas um pouco "cansado". "Hoje, 10 de Agosto, me vejo obrigado a celebrar meu aniversário de 60 anos seguindo a quarentena ao testar positivo para a doença Covid-19", escreveu o artista em suas redes sociais, sem informar se está na Espanha.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Un saludo a todos. Quiero hacer público que hoy, 10 de Agosto, me veo obligado a celebrar mi 60 cumpleaños siguiendo cuarentena al haber dado positivo de la enfermedad COVID-19, causada por el coronavirus. Me gustaría añadir que me encuentro relativamente bien, solo un poco más cansado de lo habitual y confiado en recuperarme lo antes posible siguiendo las indicaciones médicas que espero me permitan superar el proceso infeccioso que sufro y que a tantas personas está afectando alrededor del planeta. Aprovecharé este aislamiento para leer, escribir, descansar y seguir haciendo planes para comenzar a darle significado a mis recién estrenados 60 años a los cuales llego cargado de ganas y de ilusión. Un fuerte abrazo a todos. Antonio Banderas.

Uma publicação compartilhada por Antonio Banderas (@antoniobanderasoficial) em

"Estou relativamente bem, apenas um pouco mais cansado que o habitual e confiante de que me recuperarei o mais rápido possível seguindo as recomendações médicas que, espero, me permitam superar o processo infeccioso que sofro e que está afetando tantas pessoas ao redor do planeta", completou o ator. No texto, Banderas afirma que aproveitará o isolamento para "ler, escrever, descansar e seguir fazendo planos para começar a dar significado aos recém inaugurados 60 anos".

Banderas não compareceu no domingo a um evento de gala beneficente do qual seria o apresentador, em Marbella, cidade a 60 km de Málaga. Vencedor de vários prêmios na carreira, Banderas recebeu este ano sua primeira indicação ao Oscar por seu papel no oitavo filme em que trabalhou com o diretor Pedro Almodóvar, "Dor e Glória" - a atuação rendeu o prêmio de melhor ator no Festival de Cannes em 2019.    

'Maior dor de um pai', diz José de Abreu sobre 18 anos da morte do filho

'Maior dor de um pai', diz José de Abreu sobre 18 anos da morte do filho

O ator José de Abreu, 74, lamentou pelas redes sociais os 18 anos da morte de seu filho primogênito, Rodrigo. O jovem morreu aos 21 anos ao cair da janela do prédio onde moravam, no Rio.

"A maior dor de um pai é perder um filho. É a vida invertida. Este e o Rodrigo, meu primogênito, que cumpriu seu karma rapido demais. Lá se vão 18 anos. Um dia nos veremos de novo, filho", disse ele na legenda da foto do rapaz.

O ator é pai de Theo, Ana, Bernardo e Cristiano. José de Abreu, que mora na Nova Zelândia, anunciou em junho que deixaria de fazer parte do elenco fixo da Globo após 40 anos. Ele fez a revelação em live realizada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas redes sociais.

O último trabalho do ator na emissora foi em 2019, quando interpretou o empresário milionário Otávio, da novela "A Dona do Pedaço". Abreu disse que pode continuar atuando em novelas e séries da Globo, mas contratado por obra certa. 

Maria Ribeiro se recusa a assinar papeis do divórcio de Caio Blat

Maria Ribeiro se recusa a assinar papeis do divórcio de Caio Blat

Os atores Caio Blat e Maria Ribeiro estão em um processo de separação na Justiça que já dura dois anos. Eles, que viveram juntos por mais de uma década e estão separados, brigam pela divisão dos bens do ex-casal, dentre eles, uma casa em Itanhangá, zona oeste do Rio de Janeiro, avaliada em R$ 6 milhões.

Segundo informações do jornal “Extra”, Maria só assinará os papéis quando receber a parte dos bens aos quais tem direito. O clima entre os atores, que têm um filho, Bento, de 10 anos, não estaria dos dos melhores. Caio estaria pressionando para que o problema seja resolvido, pois quer o divórcio para poder se casar com a também atriz Luisa Arraes, com quem está junto desde 2017.

João Gustavo e Murilo querem se reinventar com 'Cancela Esse Cara"

João Gustavo e Murilo querem se reinventar com 'Cancela Esse Cara

A dupla sertaneja natural de Campo Grande (MS), João Gustavo e Murilo, tem como pretensão alcançar o sucesso estrondoso de "Lençol Dobrado", que dominou as paradas musicais em 2019, com seu mais novo hit, lançado na sexta passada (7), "Cancela Esse Cara".

Os sertanejos realizaram o "Projeto 10 Horas", com dez lives consecutivas no canal oficial da dupla no YouTube, para divulgar o hit. Eles tiveram que se reinventar para o lançamento da música que, segundo eles, foi amor à primeira vista. "Quando ouvimos a música foi unânime. Acreditamos muito que ela dará uma nova cara para nós. Queremos mostrar um lado mais maduro", afirma Murilo.

A divulgação, que normalmente seria feita no "pé na estrada" para passar nas rádios, segundo João Gustavo, teve que ser diferente por causa da pandemia. "Hoje, a gente não tem essa possibilidade, então tivemos que inventar algo para chamar atenção."

 

Diferentemente de outras duplas sertanejas, eles afirmam que decidiram esperar para entrar no universo das lives. "Não quisemos fazer logo de início. Esperamos dois, três meses e só então, cedemos. Sempre tivemos uma equipe mega profissional, todo mundo é muito consciente da situação", conta Murilo ao ser perguntado sobre as megaproduções sertanejas durante a pandemia.

Batizada de "A Live Mais Feliz da Rua", a dupla conta que eles conseguiram arrecadar 14 toneladas de alimentos com a live, que durou cerca de quatro horas e, segundo eles, "foi uma forma de se aproximar dos fãs novamente". "É fazer com que a galera fique em casa com entretenimento", diz João Gustavo.

Os sertanejos procuram não ligar para as críticas, especialmente as que envolvem as superproduções de lives. "Hoje em dia na internet você não pode pisar fora do quadradinho que as pessoas já vão falar. Sabemos que estamos dentro dos parâmetros e com consciência e cautela para trabalhar", conta Murilo.

Saudoso, João Gustavo diz que tem sonhado com a volta aos palcos. "Nessa quarentena já sonhei umas 500 vezes, sem brincadeira [risos]. Show que era para 100 mil pessoas e deu errado. Sonhei que já errei a letra... cada dia é um sonho diferente", revela, com bastante bom humor.

A dupla sertaneja afirma que embora o "entretenimento esteja congelado", eles não pararam de produzir durante a quarentena. "Pelo menos temos a possibilidade de continuar criando conteúdo. Já estamos preparando o novo disco. Queríamos um DVD, ter aquele calor do público, mas não será possível", conta Murilo.

Mesmo sem previsão para o retorno dos shows, os músicos dizem que continuam com vários planos -ainda misteriosos- para quando tudo passar e voltar ao normal.

Sucesso de 'Lençol Dobrado'

Apadrinhados pela dupla Maiara e Maraísa, João Gustavo e Murilo começaram a carreira um pouco diferente das demais duplas sertanejas. Ao se conhecerem em 2015, os cantores do Mato Grosso do Sul foram convidados para passar um tempo em Goiânia, cidade conhecida como capital do sertanejo, e investiram nas composições.

"Nossa história é um pouco diferente de todo mundo. A gente não se conheceu e já foi cantar em bar de noite, como normalmente as duplas fazem. Só depois que decidimos cantar, em 2016, quando gravamos o nosso primeiro DVD", diz João Gustavo.

Por pressão dos pais, Murilo afirma que estava prestes a desistir da carreira quando conheceu João Gustavo, no Facebook. O cantor explica que o companheiro já havia tido experiências frustrantes na música até ser introduzido por ele no universo da composição. "Recebemos propostas de artistas e compositores, e começamos a trabalhar juntos. Sabíamos que por esse caminho as portas se abririam mais rápidas."

Nascidos e criados em Campo Grande (MS), a amizade entre João Gustavo e Murilo aconteceu pela música e pelo sonho dos palcos, que nunca foi abandonado. Somente em 2018, quando eles procuraram pelo produtor Dudu Borges, que o sucesso bateu à porta.

Na época, os dois queriam concretizar a identidade sonora musical da dupla, que mistura o sertanejo raiz de João Gustavo com o estilo mais moderno, influenciado pelo pop-rock, de Murilo. Ao escutarem "Lençol Dobrado" pela primeira vez, eles tiveram a sensação de ter encontrado o que procuravam, e com um pouco de insegurança.

"Quando escutamos a música, nós pensamos: 'Isso aqui é muito diferente'. Dava até medo de mostrar, não sabíamos o que as pessoas iriam achar", diz João Gustavo. "Ela passava essa mensagem: ou vai dar muito certo ou muito errado. Poderíamos fazer uma produção meio-termo para agradar à galera, mas sair da zona de conforto foi muito bom e foi o que chamou atenção", completa Murilo.

O single "Lençol Dobrado" desbancou Marília Mendonça, e foi a música mais escutada nas plataformas de streaming Spotify e Deezer, em 2019. O medo de serem conhecidos como "donos de um único sucesso" foi inevitável. "Isso é sempre um problema. A gente até brinca que às vezes é meio ruim estourar um hit muito forte, mas na nossa cabeça, sabemos que acertar de novo não é todo dia", explica Murilo.

"Acaba que se cria uma expectativa, uma responsabilidade, por causa do hit ter sido muito forte. Mas não caímos nessa pressão, pois não adianta ficar pilhado", completa João Gustavo, que também se diz honrado de estar no mesmo patamar de artistas como Marília Mendonça, entre outros.

Perguntados se se preocupam com a concorrência, João Gustavo afirma que a dupla é bem tranquila em relação a isso e só querem dar o seu melhor para o público. "Está uma loucura essa corrida pelo primeiro lugar. Mas somos bem tranquilos, inclusive, ficamos felizes de estar ao lado de artistas que somos fãs."