Compartilhar:
Enviar por e-mail
Imprimir
Rádio Super
avatar
Li e aceito os termos de utilização
Cadastre-se para poder comentar
Fechar

Destino

Pai de santo previu sucesso de Reynaldo Gianecchini na TV: 'Esqueça essa vida'
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
carregando
Log View

Menina nem te conto

Taís Araújo interpretará Marielle Franco em especial da Globo

Taís Araújo interpretará Marielle Franco em especial da Globo

A atriz Taís Araújo interpretará a vereadora carioca Marielle Franco, assassinada a tiros em 2018, em um especial que será feito pela Globo. A informação foi confirmada ao "Estadão" pela assessoria da atriz. 

Segundo o jornal "Extra", o programa terá o nome de "Falas Negras" e deve ir ao ar no Dia da Consciência Negra, em 20 de novembro, com direção de Lázaro Ramos e idealizado por Manuela Dias, autora de Amor de Mãe.

A atração deve contar com histórias de personagens conhecidos que lutaram contra o racismo e a segregação racial. 

Ainda de acordo com a publicação, outros nomes devem ser retratados de forma semelhante: Fabricio Boliveira (Olaudah Equiano), Guilherme Silva (Martin Luther King), Ivy Souza (Nina Simone), Babu Santana (Muhammad Ali) e Naruna Costa (Angela Davis).

Andressa Suita cobra R$ 580 mil por ação de marketing que mudará seu visual

Andressa Suita cobra R$ 580 mil por ação de marketing que mudará seu visual

A modelo Andressa Suita anda faturando alto com as notícias da sua separação do sertanejo Gusttavo Lima. A modelo tem aproveitado o momento em que ambos estão em voga na mídia para engordar sua conta bancária, já que tem sido ainda mais requisitada para fazer publicidade em seu Instagram - ela já possui cerca de 250 contratos ativos e ganha uma média de R$ 800 mil mensais.

Andressa chegou a receber R$ 150 mil de uma rede de magazines por cada live do ex-marido em que desfilava com um modelo da marca. Agora, segundo o jornal “Extra”, ela está se oferecendo, através de sua assessoria, por nada mais nada menos que R$ 580 mil para participar de uma ação de marketing que envolva seu visual.

De acordo com o diário carioca, ela estaria disposta a fazer uma mudança radical nos cabelos pela bagatela acima citada. Mas ainda não encontrou uma empresa que tope. Uma das marcas, que já foi responsável por transformar nomes como Ivete Sangalo e Sabrina Sato, declinou da oferta.

O próprio casamento com Gusttavo Lima foi benéfico para as contas da modelo, já que ela pôde poupar, já que todas as contas eram pagas por ele. Nesse tempo, ela adquiriu uma chácara em Goiânia avaliada em R$ 4 milhões. O imóvel, com área de lazer particular, campo de futebol e cercada por uma floresta, fica no Condomínio das Palmeiras, na capital de Goiás.

 

Sofia Coppola revela como o conflito geracional permeia 'On The Rocks'

Sofia Coppola revela como o conflito geracional permeia 'On The Rocks'

Os filmes de Sofia Coppola sempre têm pelo menos uma dose de humor. Mas, depois do melodrama psicológico com elementos góticos "O Estranho Que Nós Amamos" (2017), pelo qual ganhou o prêmio de direção em Cannes, ela queria fazer algo mais leve, que fosse contraponto ao estado das coisas no mundo.

"Eu realmente estava a fim de assistir a algo divertido, pouco desafiador e nada estressante", disse ela em entrevista exclusiva ao "Estadão". Assim nasceu On the Rocks, que entra no ar nesta sexta (23), no Apple TV+. O longa foi inspirado nas comédias sofisticadas, várias delas românticas, que ela costumava assistir desde criança, mas raras hoje em dia. "Queria algo para elevar o espírito, mas que também tratasse de coisas que estamos pensando agora."

"On the Rocks" marca sua reunião com Bill Murray, com quem trabalha pela terceira vez, e Rashida Jones, que também esteve no especial da Netflix "A Very Murray Christmas". "Foi muito bom trabalhar novamente com Bill porque agora eu o conheço bem, somos amigos", disse a cineasta. "Não me sinto tão intimidada quanto em 'Encontros e Desencontros', quando eu estava começando. É sempre empolgante estar com ele."

Jones é a nova-iorquina Laura, que anda desconfiada de uma traição do marido Dean (Marlon Wayans). Não demora muito para ela ser convencida por seu pai, Felix (Murray), a virar espiã para descobrir a verdade. A bordo de um carro conversível, como convém a um playboy, os dois percorrem as ruas de Nova York, com a cidade servindo como personagem mais do que cenário. "Para mim, sempre é emocionante, vindo do aeroporto, ver o skyline de Nova York novamente", disse Sofia, que mora lá há vários anos.

Assista ao trailer:

A aventura serve não apenas como uma sacudida na vida modorrenta da escritora Laura, que está insegura em relação à maternidade, ao casamento e à carreira, mas também como uma aproximação dela com seu pai, que tem visões um pouco antiquadas do mundo, em especial no que tange às mulheres. Felix é de outra geração, como o próprio pai de Sofia, o cineasta Francis Ford Coppola, nascido em 1939, e o pai de Rashida Jones, o maestro Quincy Jones, de 1933.

A atriz disse que gostou do filme justamente por abordar esse assunto tão atual, o conflito entre o modo de pensar de alguém mais jovem com aqueles de outra época, uma tarefa ainda mais complicada se existe amor envolvido. "Há um limite para alguém de uma certa geração se transformar", disse Rashida Jones.

"E agora a cultura está mudando tão rapidamente que é muito difícil de acompanhar. Então, existem pontos em que dá para ter conversas sinceras e outros que não. Laura tem dificuldade de se expressar e dizer ao seu pai o que pensa de suas teorias e filosofias. E aí ela explode, o que também não é bom. Mas claro que é preciso dizer quando não se concorda com algo essencial para sua identidade."

Para Marlon Wayans, não dá para ter bronca dos seus pais e tios por terem sido criados de maneira diferente. "Eu os aceito como são, mas, ao mesmo tempo, vou tentar ensinar a eles o máximo que puder."

No filme, Felix diz a Laura que ela deveria começar a pensar como homem. "De vez em quando, ouço conselhos do ponto de vista masculino, mas sempre fui em frente com o que me interessa, de acordo com meu próprio ponto de vista", contou Sofia. Rashida Jones afirmou admirar a cineasta por defender o que pensa. "Ela sabe quem é enquanto diretora. E esteve à frente do seu tempo. Porque agora acho que as pessoas estão mais interessadas em vozes diversas - não acredito que ainda estejamos usando essa linguagem quando se trata do equilíbrio entre mulheres e homens e outros aspectos em Hollywood. Mas sempre achei intrigantes as pessoas que continuam sendo quem são e sabem qual é sua voz, num mundo que constantemente tenta nos dizer como um líder deve se comportar. E, na verdade, você apenas precisa ser verdadeiro consigo mesmo. Sofia é."

O quanto Sofia Coppola, que também escreveu o roteiro, inspirou-se na sua relação com o pai é algo que ela, discreta como é, jamais revelaria por completo. Mas Francis Ford também cantava para ela, como Felix, por exemplo. E é um homem de personalidade intensa. A diretora, que se define como a filhinha do papai, continua trocando informações com Francis Ford. "Meu pai permanece super entusiasmado com o cinema. Ele assiste a filmes o tempo inteiro. É sempre divertido conversar com ele e saber o que anda pensando sobre isso", disse Sofia.

Francis Ford não dirige desde 2016, e seus últimos trabalhos foram longas independentes e modestos, bem distantes das grandes produções como "O Poderoso Chefão" e "Apocalipse Now". Mas ele pretende lançar em breve uma nova versão do polêmico "O Poderoso Chefão 3", que tem Sofia como atriz.

Para os Coppola, cinema e família sempre andaram juntos. A mãe de Sofia, Eleanor, também é cineasta, assim como a sobrinha Gia. Seu irmão Roman é roteirista e produtor. Os primos, Nicolas Cage e Jason Schwartzman, são atores, bem como a tia Talia Shire.

No começo da pandemia, quando as coisas começaram a ficar dramáticas em Nova York, o maior epicentro nos Estados Unidos, ela correu para a propriedade do pai, no norte da Califórnia. Lá, Francis Ford chegou a abrigar 22 parentes e promovia sessões de cinema, com títulos escolhidos exclusivamente por ele.

Agora, enquanto o mundo ainda lida com a covid-19, Sofia sonha que "On the Rocks" ofereça algum alento. "Espero que as pessoas possam assistir no conforto de seu lar e que apreciem. O filme é sobre família e uma cidade que amamos, especialmente agora, que não podemos viajar. Minha esperança é de que as pessoas gostem."

Bill Murray e seus papéis sensíveis
Sofia Coppola é uma artista controvertida - sua primeira aparição no cinema foi muito criticada: ela viveu uma garotinha chata na terceira parte de O Poderoso Chefão, dirigido pelo pai, Francis Ford. Depois, já como cineasta, realizou belos filmes como As Virgens Suicidas e Encontros e Desencontros, quando trabalhou pela primeira vez com Bill Murray, astro de On The Rocks.

O filme é estrelado por Murray, que alterna, com rara delicadeza, melancolia e ironia, comprovando que, nos últimos anos, ele deixou de se dedicar apenas às comédias rasgadas (como Os Caça-Fantasmas). Ele interpreta um ator que vai ao Japão gravar um comercial de TV. Lá, participa de uma série de entrevistas em programas que, para os ocidentais, soam um tanto estranhos.

Ao mesmo tempo, em meio a uma solidão em um mundo completamente diferente do seu, ele conhece uma garota (Scarlett Johansson), que também amargura uma solidão obrigatória, uma vez que foi "abandonada" pelo namorado, mais preocupado em realizar seu trabalho. Em um mundo beirando a uniformização, a amizade dos dois comprova que há um resto de diferença. No filme, Sofia faz um trabalho de reflexão sobre a discutível sobrevivência da originalidade em um mundo de sabor padronizado.

Sofia e Murray voltariam a trabalhar juntos em A Very Murray Christmas, especial de Natal que realizaram especialmente para a Netflix, em 2015. O rosto que melhor traduzia uma bem dosada mistura de malícia e melancolia logo se tornou uma mina de ouro para diretores mais sensíveis. Com isso, Murray começou a atrair outros diretores - Jim Jarmusch, por exemplo, escreveu o roteiro de Flores Partidas pensando no ator. Ali, ele vive um solteirão que recebe carta anônima, informando que tem um filho de 19 anos Ele parte em uma viagem para descobrir qual ex-namorada lhe escreveu.

 

 

Cebolinha, da 'Turma da Mônica', completa 60 anos neste sábado

O personagem Cebolinha, uma das mais carismáticas criações de Maurício de Sousa na Turma da Mônica, completa 60 neste sábado (24). Surgido em 1960 como um coadjuvante nas tirinhas de Bidu e Franjinha, o filho de Seu Cebola e Dona Cebola se notabilizou por pronunciar de forma errada - ou "elada" - as palavras com a letra R, ganhando popularidade entre os leitores.

Assim como boa parte dos personagens da Turma da Mônica, Cebolinha foi inspirado em uma criança real, no caso um amigo de infância de Marcio de Sousa, irmão do desenhista. Mas foi o pai de Maurício, Antonio, que teria dado o apelido ao menino, que fazia parte da turminha que brincava pelas ruas Mogi das Cruzes (SP) e que trocava o R pelo L e aplicou essa característica ao personagem.

Com 7 anos, Cebolinha ficou marcado pelo seu visual de cinco fios de cabelo espetados, mas nem sempre foi assim. No início, ele tinha um cabelo mais volumoso e foi "perdendo" fios ao longo dos anos até ficar com a imagem pela qual nos lembramos dele hoje. Já a característica camisa verde, tem aspiração futebolística: Maurício de Sousa confirmou a preferência do Cebolinha pelo Palmeiras. Ao longo das seis décadas de existência, porém, Cebolinha passou por diversas transformações

No início, com um traço mais rústico, assim como todos os personagens de Sousa, Cebolinha foi ganhando expressões mais definidas e cores. Nos anos 1970, os personagens de Maurício de Sousa tiveram uma fase "bochechuda", em que as maçãs do rosto eram mais pronunciadas, mas essa característica foi se aplacando até eles terem as feições mais arredondadas.



À medida que a Turma da Mônica ganhava releituras, também o Cebolinha amadureceu. Na saga que emula o traço dos mangás Turma da Mônica Jovem, ele é o par romântico da protagonista Mônica, com quem sempre brigou na infância. Há também sua versão simplificada e minimalista na série Mônica Toy, com a menor quantidade de detalhes possível.

Cebolinha também já foi representado por atores em algumas ocasiões, como no filme "Turma da Mônica - Laços", em que o ator Kevin Vechiatto deu vida ao personagem, e no musical da Turma da Mônica, em 2015.



Para celebrar a data, a websérie de curtas animados Mônica Toy produziu um vídeo com várias esquetes de alguns segundos protagonizadas por Cebolinha. Além disso, o perfil da Turma da Mônica no Instagram criou um filtro "tlava-língua", para que os fãs possam deixar suas próprias homenagens ao personagem.

Priscilla Alcântara se inspira em Christina Aguilera e solta a voz em animação

Priscilla Alcântara se inspira em Christina Aguilera e solta a voz em animação

Conhecida por apresentar "Bom Dia & Cia" (SBT), entre 2005 e 2013, a cantora Priscilla Alcântara, 24, é a voz por trás da música-tema "Vou Voar" que permeia os sonhos da jovem que deseja chegar à Lua na nova animação da Netflix, "A Caminho da Lua", que estreia nesta sexta-feira (23) na plataforma.

Esta é a primeira vez em que a cantora empresta sua voz para um filme. Segundo ela, foi um privilégio e um sonho. "Experiência única. Sempre quis fazer parte da trilha sonora de uma animação. Eu me inspirei em Christina Aguilera, mas admiro vários artistas que já fizeram isso", diz Alcântara, em entrevista ao F5, via Zoom, sobre a cantora norte-americana que cantou na animação "Mulan" (2020), disponível na plataforma Disney + desde setembro.

Por se tratar de uma faixa orquestrada, Priscilla Alcântara diz que realizou um sonho. A cantora teve de se desafiar. "O segredo nesses casos é mais uma interpretação, além de cantar decentemente. Eu precisei captar a emoção da Fei Fei [personagem central do longa]. Adoro musicais, mas foi um desafio. Como sou cantora pop não tenho essa construção", revela a artista que já conta com uma indicação ao Grammy Latino na carreira. A canção já está disponível em todas as plataformas digitais.

Fora da TV desde 2013, essa foi uma espécie de retorno de Alcântara a um projeto voltado ao infantojuvenil. Ela conta que já fazia tempo que queria produzir algo para público. "Muito bacana, estava com saudades. Trabalhei anos e anos com público infantil. Poder colaborar em um projeto assim me fez manter a afinidade. É um público que te dá feedback honesto."

Embora sinta falta do contato, Priscilla Alcântara afirma que não pensa em retornar à TV, pelo menos não neste momento. A artista conta que está terminando de produzir um novo álbum, que deverá ser lançado no início de 2021. Até lá, ela promete lançar singles nas plataformas digitais. Apesar de cantar músicas com teor gospel, ela se considera uma artista pop.

"Ficar tanto tempo na TV foi uma experiência boa, mas meu sonho sempre foi a música. E nada mais justo do que aproveitar o momento e me dedicar só a ela. Voltaria um dia à TV se fosse um projeto legal e em um momento propício", conclui a artista.

Música, diversão e reflexões

Com direção de Glen Keane, animador de obras como "A Bela e a Fera" e "Tarzan", "A Caminho da Lua" é um filme cheio de referências atuais. Protagonista da animação musical, a jovem Fei Fei resolve construir uma nave espacial e partir rumo ao espaço à procura da deusa da Lua. Essa busca pelo desconhecido aflora em Fei Fei um poder de luta e de conquista.

O empoderamento feminino de ir onde quiser e de ser o que quiser aparece bastante na personalidade da menina. As reflexões a respeito dos sonhos e de nossas ambições também marcam presença de forma constante. A animação diverte, mas também faz pensar.

Na trama, a mãe de Fei Fei morre, e o pai dela aparece com uma nova namorada. Isso transforma por completo a vida e os pensamentos da garota que não sabe mais o que fazer e como agir na atual situação. Com a ajuda de um novo amigo e de seu coelhinho de estimação, ela sai em busca de uma viagem para uma nova dimensão de modo a entender mais sobre si e sobre os outros. Até chegar ao destino muita coisa acontece.

A animação tem muitos momentos musicais e de muitas risadas, como as tentativas de criação de um foguete para chegar à lua de Fei Fei. Trata-se de uma personagem grandiosa e que canta muito bem. Ela pede que a jovem e seus amigos busquem um presente misterioso. E é essa corrida para achar o tal presente que movimenta o meio para o fim da história, gera conflitos e reviravoltas.

"Achei incrível como eu consegui me relacionar com a Fei Fei. E tenho certeza de que assim como eu mais gente se sentirá representada. A personagem e o filme promovem temas e um lugar para o público se relacionar com a vida real deles", diz Alcântara, que no longa canta a música-tema, "Vou Voar". "O filme é muito reflexivo e toca em temas reais e pertinentes", acrescenta.

Nego do Borel acumula dívidas, e Duda Reis tem arcado com as contas da casa

Nego do Borel acumula dívidas, e Duda Reis tem arcado com as contas da casa

A nova polêmica envolvendo Nego do Borel e o pai de sua noiva, Duda Reis, teve  mais um capítulo amargo nesta quinta-feira (22) pelas redes sociais. Inconformado com as fotos ousadas que o cantor tirou com Anitta (veja postagem ao final deste texto), o médico Luiz Fernando Barreiros tomou as dores da filha e acusou o artista de ser sustentado por ela. E, de acordo com o jornal “Extra”, as acusações têm um fundo de verdade.

Segundo o jornal carioca, realmente, a situação de Nego não é nada boa. O funkeiro, que já vinha de uma crise financeira anterior, teve sua situação agravada por conta da pandemia. O resultado tem sido um acúmulo de dívidas como pagamento de funcionários e até do condomínio onde mora, no Recreio.

A noiva, Duda Reis, é quem tem segurado as pontas. Segundo o jornal carioca, a atriz tem pagado  as contas de luz, telefone, internet e supermercado. A despeito disso, na semana passada, Nego usou as redes sociais para dizer que tinha comprado um barco, causando a indignação do sogro novamente. Mas, na verdade a embarcação seria de um amigo do cantor.

Band é processada e pode perder a marca MasterChef

Band é processada e pode perder a marca MasterChef

A Band foi processada por uso irregular da marca MasterChef e pode ser proibida de usar o nome de um de seus programas mais rentáveis. Uma escola de culinária argentina, a Mausi Sebess, entrou na Justiça com um pedido de liminar solicitando a proibição da exibição da atual temporada afirmando que tem o nome registrado no Inpi (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) até 2027. As informações são do site Notícias da TV.

O processo foi aberto em maio deste ano. A Mausi Sebess alega ser a dona dos nomes Master Chef e MasterChef. Mas em duas diferentes instâncias, com decisões que saíram em maio e em junho, o pedido de urgência do instituto foi negado pela Justiça, e o programa tem sido exibido normalmente. Porém, a disputa pelos direitos da marca segue na Justiça.

O instituto de gastronomia argentino registrou a marca Master Chef (assim mesmo, separado) no Inpi em 2013. O programa “MasterChef” estreou em setembro de 2014 no Brasil e, no início daquele ano, a  Endemol (dona do formato do programa no mundo todo) solicitou no Inpi ser a dona do nome no Brasil. Mas teve o pedido negado em dezembro.

"A marca reproduz ou imita registros de terceiros, sendo, portanto, irregistrável. Não são registráveis como marca, no todo ou em parte, ainda que com acréscimo, de marca alheia registrada, para distinguir ou certificar produto ou serviço idêntico, semelhante ou afim, suscetível de causar confusão ou associação com marca alheia", justificou o órgão na ocasião.

Em 2017, o Inpi decidiu que a marca era da Mausi Sebess e deu o direito de a escola de gastronomia explorar o nome até 2027 no Brasil. A empresa argentina, porém, entrou com um processo contra a Band e a Endemol Shine apenas em 2020.

Procurada, a Band não se manifestou sobre a ação. A Endemol afirmou em  comunicado ao Noticias da TV: "O MasterChef é um dos formatos de TV mais aclamados do mundo, originalmente lançado em 1990, presente em mais de 60 territórios globalmente. Aqui no Brasil é uma das principais séries de culinária do país, sendo uma marca lifestyle conhecida e de sucesso. Contestamos a ação no mérito e não comentamos ações judiciais em curso."

Degusta Cultura chega a quarta edição e oferece cardápio de música e poesia

Degusta Cultura chega a quarta edição e oferece cardápio de música e poesia

A quarta edição do Degusta Cultura será 100% online. Misturando três ingredientes básicos do cardápio de quem ama arte — culinária, poesia e música —, o evento será nesta sexta-feira (23), a partir das 20h. As transmissões vão acontecer no canal do Grupo Confesso na plataforma de vídeos YouTube.

Efigênia Maria, que integra a programação do Degusta, defende que o evento tem como foco potencializar a visibilidade do que Minas Gerais tem de melhor: a arte e a gastronomia. “O evento foi criado com o intuito de levar arte para os espaços gastronômicos. Então, a ideia principal é conscientizar os belo-horizontinos e os visitantes de que a cidade, além de ser conhecida como a capital dos barzinhos, é também um grande espaço artístico. A gente enxerga a arte e a gastronomia no mesmo espaço”, disse a atriz em um bate-papo com a equipe do programa Manhã Super, da rádio Super 91,7 FM.

Completando 16 anos de carreira neste 2020, ano marcado pelo isolamento social e pelo triste cenário provocado pela pandemia do novo coronavírus, Efigênia conta que tem muito mais motivos para sorrir. Na programação do Degusta, por exemplo, ela vai recitar poemas de uma grande referência. “Esse novo normal não impediu a valorização da arte nem da gastronomia mineira. E, nesse palco virtual, eu vou levar os poemas e a obra de Adélia Prado, o que causa emoção e satisfação a qualquer atriz”, garante ela. “É um prazer receber esse presente, o de recitar os poemas da contista brasileira, que está ligada ao modernismo e que retrata o cotidiano com muita perplexibilidade, encanto e uma ludicidade gigantesca”, completa a artista, animada para a apresentação.

A abertura do Degusta Cultura ficará por conta da atriz Bruna Agliardi, que apresentará “Carmem Miranda”. Na sequência, uma visita guiada online pelo Mercado Central e pelo Conjunto Arquitetônico da Pampulha, com Betto Fernandes, e o recital de Efigênia Maria com a obra de Adélia Prado. Depois, uma apresentação musical da banda Sem Receita e, por fim, Cozinha Show com o chef Ricardo Queiroz, que receberá o chef Rafael Fonseca, fazendo uma conexão entre Minas e o Rio de Janeiro.

Para acompanhar o Degusta Cultura, acesse o canal do Grupo Confesso no YouTube. Basta clicar aqui!

'A Fazenda 12': Luiza Ambiel é eliminada em votação recorde

'A Fazenda 12': Luiza Ambiel é eliminada em votação recorde

A peoa Luiza Ambiel foi a eliminada da noite desta quinta-feira (22) da roça de "A Fazenda 12" (RecordTV), com apenas 11,01% da preferência do público para que ela permanecesse no reality. Ela disputou contra Mateus Carrieri e MC Mirella.

Foram mais de 95 mil votos por segundo, segundo o apresentador Marcos Mion e quase 800 milhões de votos. Recorde de votação de todas as edições do programa.

No momento da eliminação, Luiza chorou bastante e parecia bastante nervosa. Em sua despedida, ela disse que foi julgada errado pelas pessoas e que usaram a sua filha para lhe prejudicar.

Após a eliminação, em entrevista ao "Cabine de Descompressão", programa da RecordTV na web, a atriz esclareceu não ter recebido nenhuma música especial do cantor Luiz Carlos, do Raça Negra, e afirmou que não queria nenhum tipo de confusão com o artista, com quem se relacionou.

A música "Tarde Demais" foi mote de discussões na casa quando Jake afirmou que não poderia cantá-la porque Luiza se sentiria mal. Mas a atriz não se fez de rogada e, na formação da roça desta semana, acusou Jake de má intenção e chegou a puxar o coro da canção, em cena que virou assunto do momento do Twitter. Reveja:

Rodrigo Bocardi se despede de Glória Vanique após ela deixar Globo

Rodrigo Bocardi se despede de Glória Vanique após ela deixar Globo

O jornalista Rodrigo Bocardi usou suas redes sociais para se despedir de Glória Vanique, sua companheira na apresentação no "Bom Dia São Paulo" por anos, que teve sua saída da emissora confirmada nesta quinta-feira (22). Ela vai para a CNN Brasil.

"Misturo choro e sorriso agora porque sinto a partida, mas celebro sua conquista por novos desafios", disse ele. "Foram 8 anos de madrugada, falando bom dia juntos. Dividimos muitos sorrisos, algumas lágrimas. Nos provocamos, nos sensibilizamos. Ficamos indignados, cobramos, ousamos, erramos, corrigimos os erros. E informamos! Sempre focando na qualidade e na credibilidade. Construímos uma ligação quase que familiar com vocês que estão lendo essas palavras. Que privilégio acordar assim. Que parceria!".

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

As fotos até podem ser repetidas nesse feed, mas são o mais nítido retrato da nossa convivência. . Foram 8 anos de madrugada, falando bom dia juntos. Dividimos muitos sorrisos, algumas lágrimas. Nos provocamos, nos sensibilizamos. Ficamos indignados, cobramos, ousamos, erramos, corrigimos os erros. E informamos! Sempre focando na qualidade e na credibilidade. Construímos uma ligação quase que familiar com vocês que estão lendo essas palavras. Que privilégio acordar assim. Que parceria! . A roupa nas fotos escondem, mas os ombros de ambos estão calejados por servir de apoio nos momentos mais difíceis da vida de cada um de nós. . Foram mais de 2.000 edições de #BDSP juntos. Mais de 4 horas juntos por dia. Isso só no ar, só no estúdio. Que história! Que orgulho! Espero que pra você - @gloriavanique - a honra e a satisfação sejam semelhantes às minhas. Obrigado por tudo! . Misturo choro e sorriso agora porque sinto a partida, mas celebro a sua conquista por novos desafios. . Antes de encerrar, faço o último pedido: durma muito até acordar e exiba a sua felicidade porque mesmo de longe vou conseguir enxergar esse sorriso tão largo e contagiante. . Beijo carinhoso.

Uma publicação compartilhada por Rodrigo Bocardi (@rodrigobocardi) em

A saída de Glória da Globo foi confirmada nesta quinta-feira (22) com anúncio da CNN Brasil de que ela é a nova contratação da emissora. "Fazer parte do time da CNN será um enorme aprendizado e eu estou sempre disposta a desafios. Estou muito feliz com o convite e com todos os projetos que poderemos desenvolver", disse ela.

Glória Vanique é a segunda jornalista a deixar a Globo para ir para a CNN Brasil nesta semana. A outra contratação foi a de Márcio Gomes, 49, que foi anunciado pela emissora como "o principal nome da expansão das operações do canal no país", projeto que será anunciado nas próximas semanas.

Ex-Malhação se casa com filho de Regina Duarte de surpresa e sem familiares

Ex-Malhação se casa com filho de Regina Duarte de surpresa e sem familiares

Grávida de seu primeiro filho, a atriz Talita Younan, conhecida por sua atuação passagem em novelas como "Malhação: Viva a Diferença" e "O Tempo Não Para", se casou nesta quinta-feira (22) com João Gomez, filho da atriz Regina Duarte. 

O casal, que está junto há um ano, resolveu selar o compromisso de surpresa. Segundo entrevista à revista “Quem”, nem a família ficou sabendo. "Foi meio de surpresa. Não contamos para os amigos ou a família. A gente só foi ao cartório e assinou os papéis para celebrar esse momento que estamos vivendo", disse a atriz.

Mas após a oficialização do relacionamento, os pombinhos compartilharam a novidade nas redes sociais. "Quem beijou, beijou, não beija mais. Eu amo nossa história e tudo que estamos construindo juntos! Peço a benção de Deus todos os dias para proteger nossa sinceridade, nosso cuidado um com o outro, respeito, miudezas do dia a dia e nossa família. Eu amo você e tenho amor de sobra para vida inteira, aguente", escreveu ela.

MC Marcinho deixa o CTI após 11 dias por complicações pela Covid-19

MC Marcinho deixa o CTI após 11 dias por complicações pela Covid-19

O cantor de funk MC Marcinho, 42, recebeu alta do CTI nesta quinta-feira (22) após complicações no pulmão em decorrência da Covid-19. Nas redes sociais, mandou uma mensagem aos fãs. Ele passou 11 dias internado.

"Queria agradecer as orações daqueles que têm orado por mim. Saí do CTI e vim para o leito. Foram 11 dias difíceis, não foi brincadeira. Essa doença é agressiva e mata. Cuidem-se. Que essa vacina possa chegar o mais rápido possível", disse.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

o cantor vem se recuperando da covid 19. 🙏🙏

Uma publicação compartilhada por Mc Marcinho (@mcmarcinho) em

Marcinho chegou com 80% do pulmão comprometido. Ele não precisou ser intubado.

Essa não é a primeira vez que o artista dá um susto no público. O funkeiro, em fevereiro de 2019, teve de cancelar show após um princípio de infarto. Em vídeo divulgado em suas redes sociais, o cantor afirmava que havia sido medicado e fez uma bateria de exames. Ele acrescentava que cumpriria a sua agenda de apresentações.

Na ocasião, MC Marcinho sentiu dores no peito e mal-estar. Ele foi levado para o Hospital São Lourenço, em Bangu, no Rio, onde foi medicado e recomendado repouso.

Ratinho tem diagnóstico de Covid-19 e ficará afastado da TV

Ratinho tem diagnóstico de Covid-19 e ficará afastado da TV

O apresentador Ratinho, 64, está com coronavírus. A revelação foi feita por ele mesmo nas redes sociais. Segundo o artista, não há sintomas e está bem em sua casa.

"Eu tenho feito exames de Covid e essa semana constatou que eu estou com a Covid-19. Passando aqui para dizer que estou muito bem, estou no meu apartamento em São Paulo sem sintoma nenhum. Vou dar uma afastada um tempo até tudo voltar à normalidade", contou.

O apresentador também agradeceu às mensagens que tem recebido. "Amigos não se preocupem e os inimigos não façam festa, pois estou bem. Obrigado a todos pelas preocupações."

A partir de semana que vem, o Programa do Ratinho apresentará reprises. Até o fim desta semana ainda há inéditos já gravados. Todos que tiveram contato com ele farão testes no laboratório dentro da emissora.

A revelação de que o apresentador está com coronavírus aparece três dias depois de o seu programa no SBT voltar a ter plateia. De acordo com a emissora, serão sempre 30 pessoas acompanhando a atração ao vivo.

A emissora alerta que todas elas serão testadas para Covid-19 para que o ambiente fique totalmente dentro das normas e dos protocolos pedidos pelos órgãos de saúde competentes.

A última vez que o Programa do Ratinho teve plateia foi em meados de maio. Desde então houve grandes mudanças na programação e no jeito de levar o programa ao ar com reprises.

'Desalma' marca o reencontro em cena de Cláudia Abreu e Cássia Kis após 30 anos

'Desalma' marca o reencontro em cena de Cláudia Abreu e Cássia Kis após 30 anos

Cláudia Abreu celebrou a participação em “Desalma”, drama sobrenatural do Globoplay que estreia nesta quinta-feira (22). Segundo ela, a série proporcionou a oportunidade de voltar a trabalhar com Cássia Kis.  "O que me animou neste projeto, de cara, foram as pessoas com quem trabalhei. Após 30 anos de ‘Barriga de Aluguel’ e quatro filhos depois – cada uma – tive esse novo encontro com a Cássia”, vibrou ela a intérprete de Ignes, referindo-se ao clássico de Gloria Perez, exibido em 1990.

“Reencontrar a Cacau (Cláudia Abreu) foi muito importante. Eu lembro da força dela desde jovem. Em ‘Barriga de Aluguel’, ela era muito mais protagonista que eu”, afirmou Cássia. “Nenhuma de nós era mãe naquela época. Hoje, cada uma, tem quatro filhos. Nos reencontrar em uma história tão singular é especial”, completou a intérprete da bruxa Haia.

Relembre

Cássia Kis e Cláudia Abreu protagonizaram "Barriga de Aluguel". Na trama, Cássia interpretava Ana que, mesmo realizando vários tratamentos, não conseguia realizar o seu grande sonho: ser mãe. 

Ela e o marido, então, contraram a jovem Clara (Cláudia Abreu) para ser mãe de aluguel. Após o nascimento da criança, Ana e Clara passam a disputar a maternidade, e o caso é levado aos tribunais.

‘Desalma’: equipe da série relata situações sobrenaturais durante as gravações

‘Desalma’: equipe da série relata situações sobrenaturais durante as gravações

Escrita por Ana Paula Maia, a série “Desalma” estreou nesta quinta-feira (22) no Globoplay. O drama sobrenatural - que traz Cássia Kis, Cláudia Abreu e Maria Ribeiro no elenco - tem como pano de fundo bruxas e as tradições eslavas, pouco conhecidas no Brasil, e é cercado de segredos e mistérios. Mas não é só na série que eventos sobrenaturais aconteceram. Segundo a equipe, situações intrigantes também aconteceram nos bastidores.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Assista ao trailer e corra para desvendar os mistérios que Brígida esconde 🗝️ Link na bio 👈

Uma publicação compartilhada por Desalma (@desalma) em

A autora contou que, durante as gravações no Rio Grande do Sul, em julho de 2019, nevou no local da locação, algo que, segundo ela, não acontecia na região há algum tempo. Ana Paula acredita que o que motivou o fenômeno foi uma cena em que a bruxa Haia, vivida por Cássia Kis, invoca o deus Veles - que na mitologia eslava representa a abundância, a terra e a água. 

Ana Paula explicou que a presença de Veles faz a temperatura cair bruscamente - e ela garante que sentiu que o deus estava na locação naquele dia. Resultado: a temperatura da cidade de São Francisco de Paula, região serrana do Rio Grande do Sul, chegou a -7 ºC naquela noite e houve nevasca.  “Eu senti que ele estava lá e tive uma certeza interna de que teve algo sobrenatural sim”, afirmou a autora. Ela ainda citou que, naquela noite, Cássia Kis gravou a cena do ritual, mas ficou incompleta, sem a oração ao deus. 

Outro fato que chamou a atenção foi um incêndio em uma cabana, usada como locação, e que deixou uma pessoa ferida. As causas do incidente, que aconteceu poucos dias após a nevasca, ainda não foram esclarecidas. Diretor artístico de “Desalma”, Carlos Manga Jr. relatou que somente a cabana pegou fogo e que as chamas não se alastraram pelas folhas secas que estavam ao redor do local. 

“Para mim, (Veles) sempre foi a causa disso. Nós tínhamos gravado uma cena de invocação dele anteriormente e, sete dias depois, três da manhã, ocorreu o incêndio. Quando acordei na manhã seguinte, eu cismei por causa disso. Ele foi cobrar da gente”, disse Ana Paula Maia. “Fiquei com essa sensação, porque a continuidade daquela parte teria sido feita no dia do fogo”, afirmou ela, revelando que Cássia Kis havia gravado, em estúdio, a narração ao deus eslavo para completar a cena em a bruxa Haia o invoca.

“Foi esquisitíssimo”, disse a atriz Cláudia Abreu, na história interpreta a personagem Ignes. sobre o incêndio. "Mas também pode ser que não tenha nada a ver, que tenha tido um curto-circuito”, ressaltou.

"Acredito realmente no sobrenatural, escrevo porque acredito nessas manifestações da natureza", afirmou a autora de “Desalma”. Ela acrescentou: “A gente mexe com coisas que são muito delicadas”.

Luan Santana diz que estará mais presente na web após reclamação de fã-clubes

Luan Santana diz que estará mais presente na web após reclamação de fã-clubes

Após um grupo de fã-clubes de Luan Santana, 29, anunciar a paralisação de suas atividades reclamando do distanciamento do músico, o cantor disse que vai tentar mostrar mais da sua vida nas redes sociais.

Desde a noite de domingo (18), Luan está no México compondo e produzindo em espanhol com foco em sua carreira internacional. Nesta quarta (21), ele publicou vídeos no Stories do seu Instagram dizendo que passou dois dias trabalhando direto, e que iria aproveitar o momento de descanso para conhecer pontos turísticos no país e ir a restaurantes para experimentar pratos típicos. O cantor dividiu algumas desses experiências na rede social. O músico tem quase 30 milhões de seguidores no Instagram.

Luan também respondeu a comentários na sua última foto publicada na rede social. Em um deles, disse que está produzindo muito. "Vem coisa boa por aí", completou. Em outro, uma fã pediu para ele fazer mais Stories. "Vou tentar mostrar mais para vocês", respondeu.

Nesta quarta-feira (21), em comunicado conjunto, um grupo de fã-clubes disse que precisava de um "tempo para respirar e refletir" sobre continuar ou não as suas atividades.

"Não queremos que ele explane a vida como influenciadores fazem, mas, como pessoas que sempre estiveram aqui desde o início, acreditamos que merecemos participar um pouco dela fora de estúdio, fora de holofotes. Não queremos roteiro nem ninguém dizendo o que ele deve fazer ou não, queremos espontaneidade, e isso vem faltando há muito tempo."

O comunicado é assinado pelos fã-clubes Luan Daily, News Luan Santana, Planeta Santana, Projeto Luan Santana, Modéstia Santana, Vips Capixabas, Spies Santana e Tags Luan, e aponta também que a insatisfação vem de algum tempo. "Não foi uma ação específica, foi um conjunto de fatores que influenciaram nossa decisão." Um dos fã-clubes acumula 102 mil seguidores no Twitter.

A decisão dos fãs de paralisarem suas atividades acontece apenas dois dias depois de Luan confirmar o término de seu relacionamento de 12 anos com a noiva, Jade Magalhães, 27. "Choramos tanto que parecia que iria acabar o estoque de lágrimas dos olhos. Mas no fim, deixamos o destino fazer o trabalho dele", afirmou o sertanejo.

Marista reassume administração do KM de Vantagens Hall em BH

Marista reassume administração do KM de Vantagens Hall em BH

O KM de Vantagens Hall, uma das principais casas de espetáculos de Belo Horizonte, não é mais administrada pela empresa de eventos Time For Fun (T4F). A informação foi confirmada pela rede de educação católica Marista Centro-Norte, dona do imóvel localizado na avenida Nossa Senhora do Carmo, na região Centro-Sul da capital mineira, e que reassume a gestão do espaço.
 
A T4F administrava o KM de Vantagens Hall desde 2012. Nesse período, a produtora trouxe para a casa de espetáculos turnês de Marisa Monte, Maria Rita, Zeca Pagodinho e Paula Toller - o show da cantora, em março deste ano, foi um dos últimos realizados no espaço antes da suspensão das atividades por causa da pandemia.
 
Em nota, a rede de educação católica informou que a finalização do contrato, após oito anos, “se deu de forma amigável”. “Assim, a casa de espetáculos, ora denominada KM de Vantagens Hall, e anexa ao complexo de prédios do qual faz parte o Colégio Marista Dom Silvério, volta a ser administrada pelo Marista Centro-Norte”, afirmou o texto.
 
A saída da T4F da administração não representa o encerramento das atividades da casa de espetáculo - pelo menos não neste momento. No comunicado, o Marista Centro-Norte destacou que segue em busca de “reposicionamento operacional e novos parceiros comerciais” e que, enquanto isso, o imóvel ficará sob responsabilidade da instituição.  
 
A reportagem de O Tempo entrou em contato com a T4F, que não havia retornado nossa solicitação até a publicação desta reportagem.
 
Localizada na Savassi, a casa de espetáculos foi inaugurada em 2003 com o nome de Marista Hall. Pouco tempo depois, passou a ser chamada de Chevrolet Hall, por conta do patrocínio com a montadora, que durou até 2015. Em seguida, o espaço passou a ser chamado de BH Hall até que, em 2017, por causa de um contrato de patrocínio com a rede de postos Ipiranga, recebeu o nome de KM de Vantagens Hall.

Luedji Luna foi buscar na África sons de novo disco que celebra a mulher negra

Luedji Luna foi buscar na África sons de novo disco que celebra a mulher negra

Ter um filho, gravar um disco, rodar um filme. Tudo isso na pandemia. Mas a baiana Luedji Luna dá a impressão de que "Bom Mesmo É Estar Debaixo D'Água" - a ideia é também o nome de seu segundo álbum, que ficou pronto num turbilhão de atividades.

"Parece que o universo se organizou para eu ser mãe", diz a cantora e compositora de 33 anos. "Porque agora o disco já está pronto, fico em casa com meu filho, não dá para sair, para aglomerar. Só faço uma live ou outra, sem sair de perto do menino."

Recém-lançado, o álbum que também terá um formato físico em CD sucede a bem-recebida estreia em "Um Corpo no Mundo", de 2017. Começou a ser concebido em três shows feitos em São Paulo no ano passado, que ela classifica de "experimentais".

Dessa forma, Luna já vinha maturando a ideia desse trabalho. Quando foi para o estúdio, a surpresa. "Quando eu me descobri grávida, meu desejo era lançar logo o álbum. Sabia que a data provável do parto seria em julho, então queria lançar no primeiro semestre."

Ela viajou para gravar no Quênia, depois foi para a Bahia rodar clipes para um filme. Lançamento independente em formato de vídeo-álbum, "Bom Mesmo É Estar Debaixo D'Água" inclui um filme, dirigido por Joyce Prado, com narrativa visual de cinco das 12 faixas do disco.

Nesse ritmo de trabalho intenso para lançar o disco no primeiro semestre, veio a pandemia e mudou tudo. "Quando decidimos que não seria estratégico lançar no início da pandemia, quando só se falava disso, resolvemos esperar eu ter o meu filho e lançar o disco mais para o final do ano." Segundo ela, "é aquela coisa de males que vêm para o bem".

Feito então com mais rigor e calma, seu segundo trabalho tem uma diferença evidente em relação ao álbum de estreia. Este é menos percussivo. O clima é de um disco de jazz, com tramas sonoras intrincadas."O produtor que eu convidei para trabalhar comigo, o queniano Kato Change, é um guitarrista de jazz. E a banda é a que toca com ele. Então é a linguagem própria dos músicos que escolhi", afirma a cantora.

"Um Corpo no Mundo" foi um disco fundado na percussão. O produtor era Sebastian Notini, percussionista sueco radicado no Brasil.

"No novo álbum, apenas duas ou três faixas têm percussão acentuada, outras têm alguns elementos percussivos sutis, coisa discreta. Tem a ideia da improvisação dos instrumentos, do trompete, do teclado", ela conta.
Mesmo que algumas músicas tenham um potencial de hit, como a divertida "Chororô", "Origami" e a poderosa faixa-título, o álbum pode soar sofisticado demais para o grande público?

"Com 'Um Corpo no Mundo' eu tinha essa impressão, achava que era um disco estranho, que eu iria fazer shows intimistas em teatros. Fui pega de surpresa com a receptividade, me peguei fazendo grandes festivais, cantando no Carnaval. Eu não vejo como o novo álbum possa não ser popular em certa medida, mas sinto que é sofisticado, nessa pegada jazz."

Luedji Luna busca som na África, mas na nova geração, não em batuques já codificados e consagrados pelo público fora do continente. "Eu já tinha diálogo com o que é feito na música africana hoje. Eu me sinto inserida numa cena de cantoras da minha geração", diz, lembrando Sara Tavares, de Cabo Verde, e Aline Frazão, de Angola. "Pesquiso muito afrobeat da Nigéria, o afrohouse feito na África do Sul. O último disco da Beyoncé é 100% referenciado nessa música feita hoje nos países africanos."

Outra diferença acentuada entre seus dois álbuns é que neste as letras parecem mais assertivas, soam como firmes manifestos pessoais. "Sinto que no primeiro disco tem uma questão existencial, é muito metafórico. Agora, o amor está no campo do palpável, do material. Eu vivi essas coisas que eu escrevi, então é para desnudar mesmo."

"A lógica do racismo é destituir nossa humanidade, e não tem nada mais constitutivo da nossa humanidade do que amar e ser amado. Então falar do amor enquanto mulher negra é reconstituir essa humanidade e também construir uma narrativa e um imaginário que é sistematicamente apagado."

Segundo ela, cantar essas músicas é também disputar uma narrativa. "Colocar a mulher negra como musa, mas também colocar como primeira pessoa, como alguém que ama, que faz sexo e que tem decepções. Como todo mundo."

Wagner Moura é narrador de animação do Greenpeace que alerta sobre desmatamento

Wagner Moura é narrador de animação do Greenpeace que alerta sobre desmatamento

O ator Wagner Moura, 44, é o narrador de novo vídeo de animação do Greenpeace que denuncia o desmatamento nas florestas brasileiras. O filme "Tem um Monstro na Minha Cozinha", disponibilizado nesta quinta-feira (22) no Youtube, mostra um menino que encontra uma onça na cozinha de sua casa.

O animal diz para ele que existe um "monstro na floresta" que colocou fogo no lugar para dar espaço à plantações."Existem poucos lugares mais incríveis e preciosos na terra do que florestas como a Amazônia. No entanto, as pessoas muitas vezes não sabem que muitas das carnes e laticínios em nossas geladeiras estão ligadas aos incêndios e motosserras que estão devastando a Amazônia e outras florestas importantes. As grandes empresas de carnes continuam derrubando nossas florestas em um ritmo surpreendente. Precisamos agir antes que seja tarde demais", diz o ator Wagner Moura.

Moura disse esperar que o vídeo possa inspirar outras pessoas na "missão de proteger as florestas". Segundo o Greenpeace, a animação é apoiada pela Meat Free Monday, campanha lançada por Paul, Mary e Stella McCartney que visa aumentar a conscientização sobre o impacto ambiental prejudicial da pecuária.

Assista:

Biel e Tays discutem em 'A Fazenda 12': 'Me respeita. Ridículo'

Biel e Tays discutem em 'A Fazenda 12': 'Me respeita. Ridículo'

As confusões em "A Fazenda 12" seguiram pela madrugada desta quinta (22). Desta vez, a briga foi entre o casal Biel e Tays Reis, e começou quando a cantora pediu para conversar com o funkeiro. Ele se recusou, afirmando não estar em um bom momento.

"Tem muita coisa que não gosto em você, mas fico quieto. Você é cheia de cobranças", disse ele. Tays rebateu: "Me respeita. Ridículo." Ela foi desabafar sobre o ocorrido com Lidi Lisboa e Jakelyne Oliveira na despensa da casa, e disse que não não quer mais envolvimento com o funkeiro . "Sabe o que eu vou falar? Me esquece, a amizade continua."

O problema é que, do lado de fora, ao lado de Luiza Ambiel, Mirella e Victória Villarim, Biel escutava escondido a conversa. Ele então resolveu entrar na despensa para tirar satisfação: "Fala comigo, Tays. Conversa comigo. Fica falando de cantinho toda hora. Você está de cara virada para mim faz três dias. Não estou discutindo não, vamos conversar".

"Conversar? Te chamei para conversar, você viu a resposta que você me deu", respondeu ela. "Não vou entrar nessa, não, que desgaste", completou ela.

Sozinho na cozinha, Biel se questionava o que teria feito para merecer a situação, Na sequência, ele desabafou com Mirella: "Que decepção, que decepção". Tays ouviu e o questionou: "Fala para mim."

"Você falando isso? Que engraçado, Tays", rebateu o funkeiro. Mais tarde, Jake consolou a cantora, que chorou e disse estar chateada pelas coisas que Biel falou para ela e pela situação. "Eu não estou chorando por causa de relacionamento ou porque estou gostando, estou chorando pela situação."

Já ele, conversava sobre o assunto com Ambiel e Victoria, dizendo que gosta muito de Tays e tem "provado isso", mas que ela faz muitas cobranças.