Daniel Ottoni
@superfcoficial
20/08/19
11h32

Faz a diferença

Água do mar e trauma de arroz: segredos da ultramaratonista Fernanda Maciel

Atleta mineira conta como funciona sua preparação na véspera de desafio de 30 horas por entre montanhas do Velho Continente

Fernanda leva para a próxima prova experiência de ter conseguido pódio neste mesmo desafio — Foto: Marcelo Maragni - Red Bull
Daniel Ottoni | @superfcoficial
20/08/19 - 11h32

Faltando poucos dias para seu mais novo desafio, a ultramaratonista mineira Fernanda Maciel já está em fase final de preparação para a Ultra Trail du Mont Blanc, que acontece no dia 30 de agosto. A competição exige que os participantes percorrem os trechos durante menos de 30h, em 170km pelas montanhas da Itália, Suíça e França.

Mesmo já acostumada com provas com este nível de dificuldade, Fernanda foca na melhor condição física e mental, ciente de que qualquer detalhe pode fazer uma grande diferença, contra ou a favor. 

Entre as façanhas realizadas pela mineira, estão dois pódios na Marathon des Sables (prova de 250 km no deserto do Saara), o 3º lugar na Transgrancanaria (128km em terreno técnico e pedregoso de 7.500 m de desnível), quatro pódios nesta mesma Ultra Trail du Mont Blanc, além de recordes ao subir e descer montanhas como Aconcágua e Kilimanjaro. 

Confira alguns dos segredos de Fernanda para chegar longe na prova

1. "Há sete anos, eu comecei a tomar água de mar. São dois dedos de água de mar, para quatro dedos de água normal. Isso ajuda a recuperar alguns sais minerais e nutrientes que perco durante as horas excessivas do meu esporte". 

ps: esta água de mar, coletada em baixas profundidades, é vendida engarrafada em território europeu

2. "Eu tenho trauma de arroz! (risos) Como sou ultramaratonista, preciso tomar muito cuidado com o que eu como. Antes das minhas provas, eu passo dois dias só comendo arroz. Ele é um carboidrato de rápida absorção, não tem glúten e a gente consegue consumir 100% dos nutrientes que tem nele. Então, é muito bom, principalmente nesse pré-prova"

3. "Há uma semana da prova, eu foco mesmo na minha paz interior, na minha meditação. Isso me recarrega. Eu já consegui tanta coisa. Conseguir algo novo, me desafiar, não é em direção a ego, um novo título ou troféu. É me desafiar a conhecer mais da minha pessoa, mais do que passa na minha cabeça, e dar um passo a mais no meu esporte."

Confira vídeos com a ultramaratonista

 

Escreva um comentário
Comentar

Leia também:

Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000