Fernando Martins y Miguel
@martinsymiguel
22/01/21
07h30

Análise

América: mudança de postura e afastar relaxamento até depois do fim da Série B

Foco para a retomar o sonho do título e se planejar para a Série A é o desafio do Coelho, que precisa começar neste sábado (23) contra o Confiança

Lisca pediu desculpas à torcida após último jogo — Foto: João Zebral / América
Fernando Martins y Miguel | @martinsymiguel
22/01/21 - 07h30

O relaxamento por conta do acesso à Série A conquistado com cinco rodadas de antecedência foi considerado natural. Seja dentro do elenco, seja por torcedores e imprensa. Fato é que o América não jogou nas últimas três rodadas o futebol que vinha sendo destaque do time na temporada.

Alguns desfalques podem ser colocados como causa, mas as ausências servem mais para desculpas pelo futebol jogado nos empates diante do Náutico, Botafogo-SP e Brasil-RS. O desempenho em campo foi preocupante por conta do nível de futebol que vinha apresentando ao longo da competição. 

Fato que até tirou o técnico Lisca do sério nas entrevistas pós-jogos, chegando a dizer que não sabia mais o que fazer para tirar algo mais de seus jogadores. Pedidos de desculpas do treinador à torcida, além de uma dura revelação de que, caso perca o título da Série B para a Chape, será um sinal de que o time precisa ainda de muita coisa para disputar a Série A.

A certeza é de que tudo faz parte de um conjunto que o relaxamento natural provocou um desalinhamento como um efeito dominó. É preciso que o América retome o foco. Seja para a conquista do título, seja para voltar a vencer. Porque o planejamento para a Série A já começou.

E no vestibular de Lisca, a partida contra o Confiança, neste sábado (23) contará muito para a permanência. Algumas peças que caíram de desempenho nos últimos jogos precisam retomar a efetividade.

Os retornos de Anderson, na zaga, Daniel Borges, na lateral e Rodolfo no ataque trazem alento à essa retomada de foco. O titular Matheus Cavichioli deve continuar em tratamento de lesão. Mas peças como Juninho, Ademir, Alê e Felipe Azevedo precisam voltar a atuar bem.

Com a Chapecoense na briga pelo título, o América precisa vencer os dois jogos que restam para manter a chama de conquista acesa. Na última rodada, o Coelho pega o Avai, no Independência, dia 30.

Planejamento

A diretoria do América já iniciou o planejamento para a disputa da Série A, em 2021. E os próximos dois jogos servirão para definir com quem o técnico Lisca deverá contar, já que o próprio treinador adiantou que principalmente o ataque vem deixando a desejar.

"Precisamos evoluir muito, muito e muito para jogar uma série A condizente. Porque se jogarmos assim, dessa maneira e com esse poder ofensivo, nós não fazemos 30 pontos na série A.  A série A é uma outra competição, outro nível de exigência".

 

 

---

Em tempos de desinformação e pandemia, o jornal O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Continue nos apoiando. Assine O TEMPO.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000