Josias Pereira
@superfcoficial
17/08/19
08h00

Retrospecto

Cruzeiro x Santos: histórico de Ceni inclui quebra de tabu e gol em final

Ex-goleiro reencontra o Peixe em sua estreia pelo Cruzeiro, neste domingo, no Mineirão

Rogério Ceni traz histórico de disputas quentes com o Santos como jogador e um confronto como técnico — Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
Josias Pereira | @superfcoficial
17/08/19 - 08h00

A estreia de Rogério Ceni no comando do Cruzeiro será amanhã contra um adversário que ele conhece bem: o Santos. No ano 2000, Ceni deixou sua marca contra o Peixe em uma final de Campeonato Paulista. E não foi qualquer tento. Foi uma belíssima cobrança de falta, sem qualquer chance de defesa para Carlos Germano. Depois de ter vencido o primeiro jogo fora de casa por 1 a 0, o São Paulo, com a ajuda do camisa 1, empatou o segundo confronto em 2 a 2 e levantou a taça. Esse foi o primeiro e único gol de goleiro em uma decisão do Campeonato Paulista em toda a história. 

O  São  Paulo entrou em campo naquele dia com Rogério Ceni, Belletti, Edmilson, Rogério Pinheiro e Fábio Aurélio; Maldonado, Vágner, Marcelinho Paraíba e Raí; Edu e Evair. O técnico era Levir Culpi.

O histórico de Ceni nos gramados contra o alvinegro paulista, porém, aponta uma vantagem do adversário. Foram 64 jogos, com 21 vitórias, 17 empates e 26 derrotas, 96 gols sofridos e cinco marcados, entre eles o de número 128 na carreira, feito em um triunfo por 3 a 2, no Morumbi, pelo Brasileirão 2015. 

No banco

Apesar disso, ao assumir a função de técnico, quando teve o Santos pela frente não titubeou. Esse encontro aconteceu em 2017. Jogando fora de casa, na Vila Belmiro, o Tricolor Paulista venceu por 3 a 1, pelo Paulistão. Um resultado que significou e muito para o São Paulo. Afinal de contas, o Tricolor não ganhava do Peixe na Vila desde 2009. 

Pelo próprio Paulistão, o tabu era ainda maior. O triunfo não vinha desde 2003. Um jogo que ainda encerrou a invencibilidade de seis anos e 45 jogos do Santos dentro da Vila Belmiro diante de qualquer adversário no Estadual. 

É com esse espírito que Rogério Ceni tenta agora, pelo Cruzeiro, quebrar a sequência de 11 jogos sem vitórias da Raposa no Campeonato Brasileiro, e também na temporada, uma vez que nos últimos 19 jogos, o time venceu apenas, o 3 a 0 sobre o Atlético logo após o retorno da Copa América. 

Último jogo 

Foi também contra o Santos que Rogério Ceni fez seu último jogo como atleta. Uma despedida melancólica, justamente na semifinal do torneio que agora busca pela Raposa, a Copa do Brasil. No segundo clássico do San-São que valia vaga na decisão, o Tricolor foi derrotado na Vila Belmiro por 3 a 1. Dentre os gols sofridos por Ceni, que saiu no intervalo daquele jogo lesionado, esteve um de Marquinhos Gabriel, hoje jogador do Cruzeiro. 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000