Léo Campos
@leocamposbh
17/10/20
17h50

Concorrência forte

Lisca cita ‘hierarquia e critérios’ para definir escalação de laterais

Os laterais João Paulo, Sávio, Daniel Borges e Diego Ferreira se revezam entre os titulares e estão ‘dando conta do recado’, segundo o treinador

O mais novato entre os laterais, Daniel Borges esteve em campo em sete oportunidades — Foto: João Zebral / América
Léo Campos | @leocamposbh
17/10/20 - 17h50

Um elenco com grandes objetivos não se pode ter apenas 11 titulares, mas um grupo de jogadores com boas opções para suprir os eventuais desfalques. Esta máxima tem sido utilizada pelo América e, em especial, nas duas laterais. João Paulo ou Sávio? Diego Ferreira ou Daniel Borges? Os quatro atletas já atuaram por muitos jogos como titulares e, quando se tem todos à disposição, o técnico Lisca precisa seguir alguns critérios para definir a escalação.

Para o treinador, a boa briga nas laterais contribuí para aumentar a competitividade interna do grupo e seguir alguns critérios é fundamental para administra bem a situação. “É importante a força do grupo. Os jogadores que estão entrando, estão dando conta do recado, e isso vai fomentando a nossa competitividade interna, vai melhorando a nossa performance e trocando o ‘eu’ pelo ‘nós’. Com muito respeito, com trabalho, com as determinações e com a hierarquia que existe, além dos critérios, principalmente”, explicou Lisca.

Na vitória sobre o Botafogo-SP de 2 a 1, na última sexta-feira (16), mesmo com João Paulo recuperado da Covid-19, Lisca optou por manter o Sávio na esquerda, já que ele vinha de boas atuações. Na direita, Daniel Borges, que foi titular quando chegou, se recuperou de dores no joelho, mas não voltou de imediato. Pelo mesmo motivo, Diego Ferreira foi mantido.

“O João voltou, mas eu mantive o Sávio. Na outra vez, quando o João estava jogando e o Sávio voltou, eu mantive o João. O Diego e o Daniel revezam na lateral-direita, mas o Diego tem feito grandes jogos. É importante para gente contar com vários jogadores, porque tem muitas lesões em um ano totalmente atípico, com jogos em cima de jogos e agora vai adentrar também a Copa do Brasil”, concluiu.

Entre os laterais, o que mais vezes já atuou com a camisa do América é o João Paulo. No Coelho desde 2019, o atleta de 34 anos participou de 67 jogos até agora e marcou quatro gols. Sávio também chegou ao Lanna Drumond na temporada passada, no entanto, soma 38 jogos e não marcou gols. Quanto aos atletas que disputam vaga na direita, Diego Ferreira atuou em 48 jogos e o Daniel Borges, que chegou recentemente, esteve em campo em sete oportunidades.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000