Duda Gonçalves
@eduardacg_
20/09/21
05h00

Processo

Em busca de equilíbrio, Mancini completa três meses no América

Treinador foi contratado em junho, com o objetivo de manter a equipe na primeira divisão; o aproveitamento atual é de 47%

Coelho almeja sair da zona de rebaixamento e beliscar uma vaga na Copa Sul-Americana — Foto: Mourão Panda / América
Duda Gonçalves | @eduardacg_
20/09/21 - 05h00

Contratado em junho, Vagner Mancini completou neste domingo (19), diante do Corinthians, três meses no comando do América. O trabalho começa a se consolidar dentro de campo, os resultados apareceram, mas ainda não foi o suficiente para tirar a equipe da zona de rebaixamento. Em quinze jogos, o aproveitamento é de 47%, sendo cinco vitórias, seis empates e cinco derrotas.

Mancini conseguiu tirar o América da zona da degola por duas rodadas, quando o time emplacou a sequência de quatro jogos de invencibilidade, sendo dois empates (Juventude e Internacional) e duas vitórias (Bahia e Santos); saiu da 19ª colocação para a 15ª. Porém, na sequência, ficou cinco jogos sem vencer, e voltou ao Z-4. Desde então, nove rodadas no grupo dos quatro últimos. Chegou a depender só de si para sair, mas tropeçou.

Se em pontos o trabalho ainda não é dos melhores, em campo é possível dizer que Mancini conseguiu implementar sua filosofia de trabalho, principalmente, após a chegada de peças, como Mauro Zárate. O treinador hoje comanda um time de transição rápida, veloz, que é agressivo com a bola ou sem e que busca ter superioridade ofensiva e defensiva. O desempenho também melhorou após algumas mudanças feitas, além de surpresas, como a improvisação do zagueiro Lucas Kal no meio-campo.

É correto dizer que o time está em uma crescente se considerarmos as atuações nesta sequência contra Ceará, Athletico-PR e Corinthians - times que brigam no meio da tabela de classificação -, que renderam duas vitórias e um empate. Contra o time paulista, por exemplo, o Coelho teve sua melhor performance no campeonato - mesmo com os desfalques de Felipe Azevedo e Fabrício Daniel, duas peças do time titular e responsáveis pelos gols nos dois últimos jogos.

O América foi um time agressivo, que ditou o ritmo de jogo, frente a um adversário qualificado. Sem a posse de bola, conseguiu criar chances claras de gol e poderia ter saído com um placar favorável se tivesse aproveitado as oportunidades. “Poderíamos ter ganho o jogo, sim, mas infelizmente pecamos em algumas finalizações e no último passe”, disse o treinador após o jogo contra o Corinthians. 

É justamente neste aspecto que Mancini, desde que chegou, concentra seu trabalho e espera por uma melhora significativa: gols. Apenas uma vez o time saiu de campo com mais de dois tentos na conta, contra o Bahia, na vitória por 4 a 3, no terceiro jogo do treinador no comando. Naquela partida, o time foi bem ofensivamente, mas defensivamente deixou a desejar. Agora, a defesa é sólida (não foi vazada em dois jogos), mas os gols são motivo de queixa. Por isso, a busca é por equilíbrio.

Ainda que a responsabilidade de balançar as redes não seja de Vagner Mancini, o resultado - em pontos, principalmente - só virá a partir da evolução neste quesito. Nos últimos cinco jogos foram dois gols de Fabrício Daniel, um de Felipe Azevedo e um de Lucas Kal; nota-se o baixo rendimento dos atacantes do Coelho como Ribamar, Chrigor, Rodolfo, Marcelo Toscano e Ademir, que estiveram em campo neste período.

Com o quinto pior ataque da competição, com 18 gols (empatado com o Juventude), se quiser seguir sonhando com a permanência na primeira divisão e uma vaga na Copa Sul-Americana, Mancini  terá duas opções, contar com a recuperação dos atacantes ou testar novas opções que possam lhe dar o retorno esperado.

Neste momento o América é o 18° colocado, com 22 pontos conquistados - um ponto de diferença para o primeiro time fora da zona de rebaixamento, o Juventude. O Coelho tem um jogo a menos, válido pela 19ª rodada, que será realizado na quarta-feira (23), diante do São Paulo, no Morumbi, às 20h30.

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000