Thiago Nogueira
25/01/21
15h36

Competição continental

Libertadores 2021: sorteio antes do fim do Brasileirão cria incertezas; entenda

Como o sorteio da competição continental será realizado dia 5 de fevereiro, antes do fim do torneio nacional, representantes brasileiros serão identificados como Brasil 1, Brasil 2, etc

Sorteio da Copa Libertadores é realizado na sede da Conmebol, em Luque, no Paraguai — Foto: Flickr/Conmebol
Thiago Nogueira
25/01/21 - 15h36

Se você costuma acompanhar os sorteios da Copa Libertadores anualmente, já deve ter reparado que, em certas ocasiões, o time escolhido é um "Bolívia 4" ou um "Equador 3". Isso acontece porque, quando o sorteio é realizado, ainda não está definido qual equipe será a dona de certa vaga nacional.

E é isso que provavelmente vai acontecer com os representantes brasileiros na competição de 2021. A Conmebol vai realizar o sorteio no próximo dia 5 de fevereiro, em Luque, no Paraguai, ou seja, antes do fim do Campeonato Brasileiro, que termina no dia 24 (ou 25) de fevereiro (restarão quatro rodadas).

As finais da Copa do Brasil, entre Palmeiras e Grêmio, também vão acontecer depois do sorteio, nos dia 11 e 17 de fevereiro (se o Palmeiras vencer a Libertadores 2020 no próximo sábado, 30, as finais da Copa do Brasil serão dias 28 de fevereiro e 7 de março).

Como os títulos das duas competições nacionais estão indefinidos, bem como a classificação do segundo ao sexto colocado no Brasileirão (e provavelmente também do sétimo e oitavo colocado, que devem herdar as vagas no principal torneio do continente), não será possível saber quem será "Brasil 1", "Brasil 2", "Brasil 3", etc, antes do sorteio da Libertadores.

A situação, na prática, pode fazer com que um time brasileiro "escolha" quais adversários pretende enfrentar. Exemplos: se na última rodada, o time X vencer, ele termina o Brasileirão em terceiro lugar e cai no grupo do Boca Junior; se ele perder, fica em quarto e entra na chave do River Plate.

Há, no entanto, alguns milhões em jogo na classificação final do Campeonato Brasileiro. Quanto melhor a posição na tabela, melhor a premiação. O campeão vai levar R$ 33 milhões, o segundo, R$ 31,35 milhões, o terceiro, R$ 29,7 milhões e, assim por diante, até o 16º colocado.

A Libertadores de 2021 já conhece 32 dos 47 participantes. O sorteio é realizado com os times divididos por potes, de acordo com o ranking de clubes sul-americanos. Essa é outra situação que a Conmebol não informou como vai proceder, já que o ranking dá ponto aos campeões nacionais (e no Brasil, não saberemos quais serão antes do sorteio).

O calendário do torneio também vai ficar bem apertado. O Brasileirão termina no dia 24 (ou 25) de fevereiro e a 2ª fase prévia da Libertadores (quando entram os dois brasileiros) já tem jogo no dia 3 de março. A fase de grupos começa no dia 21 de abril. A final será realizada no dia 20 de novembro.

---

Em tempos de desinformação e pandemia, o jornal O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Continue nos apoiando. Assine O TEMPO.

Chuteiras e Gravatas

Chuteiras e Gravatas

Thiago Nogueira é repórter do Super FC e escreve sobre política, finanças, direito, marketing, patrocínios, televisão, games e tudo o que movimenta os bastidores do futebol.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000