Daniel Ottoni
@dottoni
21/01/21
11h52

De volta aos pincéis

Coluna Esportivamente: Escambo faz wakeboarder reencontrar paixão com a pintura

Teca Lobato não pôde recusar oferta de amigo produtor de pranchas, que propôs troca com as especialidades de cada um

teca lobato quadro pintura
Teca e Anderson investiram tempo em suas obras nos últimos meses — Foto: Divulgação
teca lobato pintura quadro
Prancha foi trocada por quadro, com os dois produtos tendo utilidade para os novos donos — Foto: Divulgação
Daniel Ottoni | @dottoni
21/01/21 - 11h52

A pandemia trouxe, para a wakeboarder mineira Teca Lobato, o reencontro com uma prática que lhe dava grande prazer mas havia ficado perdida no tempo: a pintura. Foi o contato com o amigo Anderson Oliveira, de Lagoa Santa, que a fez reencontrar a arte, que agora foi retomada com frequência. 

Anderson conhecia as obras de Teca de anos atrás e encomendou um quadro como ela fazia antigamente, inspirado nos índios norte-americanos e canadenses. A proposta era dar à atleta um item da sua produção de pranchas de stand up e canoas canadenses, que acontece no seu atelier, conhecido como Makai.

Com os dois não conseguindo mais fazer os passeios e treinos nas águas, o escambo foi uma alternativa encontrada para reforçar a relação de amizade. "Eu engravidei e não consigo mais treinar o wake. A prancha de stand up pode ser útil em algumas atividades complementares e tem a facilidade de poder ser levada para diferentes lugares. Sempre amei pintar mas sei que é uma atividade que demanda um tempo exclusivo e muita dedicação. Com a pandemia, minha prática esportiva e aulas diminuíram drasticamente e até determinaram novos rumos profissionais para minha vida. O convite do Anderson veio em um ótimo momento já que 'impôs' um agradável retorno aos pincéis, algo que não estava previsto nos últimos anos”, revela Teca, que agora retomou com frequência ao antigo prazer. Uma nova encomenda já apareceu para a atleta, que tem um bom passa-tempo de volta. 

"Eu já curtia o trabalho da Teca tanto como atleta como suas pinturas. A oportunidade do isolamento veio para vislumbrar novas formas de produção artísticas e profissionais e foi um estímulo a mais para propor a troca. Ela topou e cada um trabalhou no seu atelier durante meses. O resultado foi extremamente satisfatório”, conta Anderson. 
 

---

Em tempos de desinformação e pandemia, o jornal O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Continue nos apoiando. Assine O TEMPO.

Esportivamente

Esportivamente

Daniel Ottoni é repórter de esportes especializados do jornal O Tempo, do portal Super.FC e da rádio Super. Com experiência de cobertura em Copa do Mundo, Olimpíada e Mundiais de vôlei, tem uma predileção por bastidores e lado B. Por aqui, espaço para os esportes que têm uma religião chamada futebol como concorrente em muitos momentos.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000