Isabelly Morais
@otempo
03/09/20
22h01

De volta ao caminho das vitórias

Alan Franco marca duas vezes, e Galo vence o São Paulo no Brasileiro

Atlético bateu o Tricolor no Gigante da Pampulha e voltou a vencer na Série A após duas derrotas; meia teve grande atuação

Alan Franco foi o nome da vitória do Galo sobre o São Paulo no Mineirão — Foto: Divulgação/Mineirão
Isabelly Morais | @otempo
03/09/20 - 22h01

Confiança. Esta talvez tenha sido a palavra mais citada pelos jogadores do Atlético no último fim de semana, após o título do Mineiro. A equipe vinha de duas derrotas no Brasileirão até as finais com o Tombense, em que a expectativa era de que a conquista devolvesse a confiança para a sequência da Série A. E deu certo. Nesta quinta (3), o Galo bateu o São Paulo por 3 a 0 e voltou a vencer pela competição nacional.

No Mineirão, pela sétima rodada do Brasileiro, o Atlético fez o senhor Pedro Franco feliz, esteja onde estiver. O pai de Alan Franco faleceu em maio em decorrência da Covid-19 e recebeu homenagens do filho após o título estadual, no último domingo. Em grande atuação, Franco marcou duas vezes e Jair completou o marcador na noite desta quinta.

Com a vitória, o Galo interrompeu a sequência de duas derrotas no Brasileiro e chegou à terceira posição, com 12 pontos. A equipe tem um jogo a menos que Internacional e São Paulo, respectivos líder e vice-líder da competição. Por outro lado, o Tricolor teve a sequência de três vitórias interrompida e segue com 13 pontos.

Polêmica no VAR e Franco inspirado

De ressaca após o título do Campeonato Mineiro, o Atlético demorou a se encontrar na partida contra o São Paulo. Sampaoli tem organizado a equipe com uma postura bastante ofensiva, mas se deparou com o mesmo comportamento do Tricolor de Fernando Diniz do outro lado. O time paulista desconheceu o mando atleticano e foi quem abriu o jogo com uma clara superioridade.

Com menos de 15 minutos, duas bolas do São Paulo já tinham encontrado a trave de Rafael, que tentava orientar uma defesa ainda perdida. Pouco depois, o gol de Luciano poderia ter coroado as tentativas do Tricolor, mas foi anulado pelo árbitro de vídeo. A arbitragem viu o atacante em posição de impedimento, em lance que não ficou claro e gerou muita polêmica.

O Atlético demorou a desligar a chave do Mineiro para ligar a do Brasileiro. No entanto, quando conseguiu, foi para fazer com que Volpi tivesse que buscar a bola no fundo das redes. Depois de fazer seu melhor jogo com a camisa do Galo, contra o Tombense, na visão de Sampaoli, Alan Franco desencantou. O meia marcou aos 34 e aos 44 minutos para contrariar as estatísticas da superioridade paulista.

Placar ampliado

Melhor na reta final do primeiro tempo, o Galo voltou leve para a etapa final. A ressaca pelo título do Mineiro deu lugar a um time efetivo no último terço do campo. Essa, inclusive, foi uma das grandes críticas sobre o desempenho da equipes na derrotas para Botafogo e Internacional, em que o Galo teve mais posse e criou mais, mas pecou na definição.

Importante na vitória do Atlético sobre o Tombense, Alan Franco virou o protagonista da noite contra o São Paulo. Autor do gol da vitória na decisão do Mineiro, Jair voltou a aparecer. Novamente de cabeça e na pequena área, o volante ampliou a vantagem atleticana. Os meio-campistas carimbaram a lista de destaques do jogo.

A sequência do Atlético, agora, tem Coritiba e Santos fora de casa. O Galo deu uma pausa no Brasileiro para as finais do Estadual e voltou bastante maduro para enfrentar o São Paulo que vinha em uma crescente na competição.

Atlético 3x0 São Paulo

Motivo: 7ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 3 de setembro
Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte
Arbitragem: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

Atlético: Rafael; Mariano, Igor Rabello, Júnior Alonso e Guilherme Arana (Fábio Santos); Jair (Savarino), Allan, Alan Franco e Hyoran (Guga); Keno (Marquinhos) e Eduardo Sasha (Marrony).
Técnico: Jorge Sampaoli

São Paulo: Fernando Diniz, começa com Thiago Volpi; Igor Vinicius, Diego Costa, Léo e Liziero; Tchê Tchê, Gabriel Sara (Vitor Bueno) e Hernanes (Igor Gomes); Luciano, Pablo (Toró) e Paulinho (Brenner).
Técnico: Fernando Diniz

Gols: Alan Franco (34' 1T e 44' 1T) e Jair (13' 2T).

Cartões amarelos: Fernando Diniz (SAO).

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000