Thiago Nogueira
08/02/19
07h00

Atlético

Ricardo Oliveira, um artilheiro feito vinho

Aos 38 anos, atacante soma sete gols em quatro jogos no ano, principal goleador do Brasil em 2019

Campeão da Liga dos Campeões da Europa, pelo Milan, Ricardo Oliveira ainda persegue o título da Libertadores — Foto: Daniel Teobaldo/Estadão Conteúdo
Thiago Nogueira
08/02/19 - 07h00

Quatro jogos, sete gols e o status de principal atacante brasileiro neste início de temporada. Com 319 minutos jogados, Ricardo Oliveira conseguiu fazer um gol a cada 45 minutos em campo. São cinco bolas na rede no Campeonato Mineiro e duas, na Copa Libertadores.

Segundo números divulgados pelo clube, o aproveitamento do “Pastor” chega a 80% nas finalizações, com 12 dos 15 chutes na direção certa. Aos 38 anos, o centroavante busca tirar proveito do bom momento.

“Estou desfrutando muito da minha profissão. É uma paixão por aquilo que faço. É muita disciplina, muita dedicação e, também, claro, a generosidade dos companheiros que tenho do lado, que me proporcionam poder finalizar e concluir em gol as jogadas”, ponderou o jogador após o empate em 2 a 2 diante do Danubio, em Montevidéu, na última terça-feira.

O poderio ofensivo, aliás, chamou a atenção da imprensa local, que o questionou sobre a vitalidade mesmo em reta final de carreira. Desde que voltou ao futebol brasileiro, em 2015, Ricardo Oliveira já acumula 102 gols, 29 deles com a camisa alvinegra – os outros gols foram marcados pelo Santos (71) e seleção brasileira (dois).

Ele foi contratado no começo de 2018 por dois anos de vínculo mas, ainda com o contrato em curso, a diretoria anunciou a renovação até o fim de 2020, quando ele já estará com 40 anos.

Obsessão

Campeão da Liga dos Campeões, pelo Milan-ITA, na temporada 2006/2007, Ricardo Oliveira sonha com o título da Libertadores, taça que não faz parte de seu currículo.

“Tenho muito a evoluir este ano e, coletivamente, temos a consciência, que o time vai crescer muito nesta temporada. Não podemos exigir o time pronto em um mês de competição. Vamos chegar a um nível muito alto”, ressaltou Ricardo Oliveira, que será poupado no duelo deste sábado (9), contra a Caldense, pelo Campeonato Mineiro.

As atenções seguem voltadas para a competição continental. Na terça-feira, o Atlético recebe o Danubio, no jogo de volta da segunda fase prévia da Copa Libertadores. Balanço divulgado pelo clube nesta quinta-feira (7) mostra 19.371 ingressos vendidos antecipadamente para o duelo.

 

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000