Da redação
@superfcoficial
08/09/19
19h03

Indignação

Santana lamenta derrota do Galo e cita o VAR: 'aquele papo de boteco lá'

Treinador destacou que lance do pênalti com a expulsão de Igor Rabello determinou no quarto revés seguido do time no Brasileiro

Da redação | @superfcoficial
08/09/19 - 19h03

O técnico Rodrigo Santana lamentou a quarta derrota seguida no Brasileiro, dessa vez, para o Botafogo. Mas o treinador fez questão de salientar que a arbitragem teve grande parcela de culpa no revés atleticano por 2 a 1 no Rio de Janeiro.

Rodrigo Santana, ao comentar a decisão do árbitro Braulio da Silva Machado em revisar o lance pelo VAR e optar pela penalidade, citou a análise como 'papo de boteco'.

"A gente estava melhor no jogo. Vamos mandar o ofício (à CBF). Mas não vai adiantar. Porque ele (árbitro) não pega a responsabilidade para ele?! Porque ele não marcou?! Não. Ele manda para aquele papo de boteco lá em cima. 'Você achou? Eu não. Você achou. Eu achei. Então vamos marcar'. Isso não dá. Interpretação tem que ser para todos. Ou ele chama a responsabilidade para ele ou então as marcações serão sempre diferentes a cada jogo", declarou.

Sobre a partida, Rodrigo novamente citou o lance que, para ele, definiu o jogo, já que teve um jogador expulso e sofreu o gol.

"Sobre o jogo, marcamos forte dentro da nossa zona e tínhamos a posse de bola. Mas taticamente eu posso falar só até aos 35 minutos. Sentimos muito a saída do Jair. E na saída do Jair culminou com essa lambança toda. E com um jogador a menos ficou mais difícil a gente criar em cima do Botafogo. Acabamos sofrendo um gol de contra-ataque. Fizemos um no final, mas não tivemos mais tempo para empatar', explicou.

 

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000