21/06/21
06h00

Dilema insolúvel

Um detalhe persegue torcedores brasileiros: suas peças olímpicas perderão o mata-mata da mais nobre competição do nosso continente – a Libertadores. Não negligenciemos esse ponto

Benfica estaria interessado em Guilherme Arana, que tem boas atuações — Foto: Pedro Souza/Atlético - 16.5.2021
21/06/21 - 06h00

Desconsiderar o anseio do profissional peremptoriamente, sem qualquer centelha de sensibilidade, me parece uma forma inábil de fazer a decantada gestão de pessoas. Por outro lado, simplesmente sucumbir ao argumento de que se trata do “desejo do jogador”, sem abrir o leque para um bem-vindo contraditório, escorrega para um paternalismo incompatível com o nível de profissionalismo que se cobra hoje no esporte bretão. Numa análise de prós e contras, um detalhe persegue torcedores brasileiros: suas peças olímpicas perderão o mata-mata da mais nobre competição do nosso continente – a Libertadores. Não negligenciemos esse ponto. Se fosse Estadual...

O Galo deve liberar Arana?

Chega a ser estranho como a imprensa nacional debate incessantemente as convocações de Daniel Alves e de Pedro para as Olimpíadas, e sequer costuma mencionar a perda que o Galo terá sem Arana por tanto tempo. Nosso calendário, repleto de bizarrices, nos impõe uma série de dilemas para os quais não se tem resposta fácil. Os jogos de Tóquio não entram no rol das datas reservadas pela Fifa, em que os clubes são obrigados a liberar seus atletas. Levando-se em conta que, no cômputo geral, porém, as agremiações brasileiras acabam sistematicamente mutiladas pelo surreal fato de não pararmos o futebol doméstico durante os jogos de seleções, reina um todo traumático para as equipes que possuem nomes reiteradamente lembrados para defender seus países. O Flamengo já disse que não liberará seu centroavante para o esquadrão de Jardine. Não está errado.

 

Trauma irreversível

Ninguém quer funcionário insatisfeito. Sabemos como estrelas da bola podem se provar mimadas, volúveis – desacostumados a ouvir “não”. Permitir de braços cruzados uma perda tão palpável, com potencial tão decisivo de mudar a história, em compromissos que marcam o ponto alto do planejamento – que são o motivo central do investimento em mão de obra tão qualificada –, corre-se o risco de arrependemos tardios. 

 

Problema subestimado

Talvez pelo momento do time, por Arana ser um lateral – e não um camisa 10, ou goleador –, sinto o peso da sua provável ausência diante do Boca um tanto subestimado – pela crônica mineira, pela torcida... Estamos falando de um cara cuja influência em campo transcende àquela que associamos normalmente mesmo aos bons laterais; Arana é um craque, um armador, um definidor, um sujeito que decide, faz a diferença no ataque. Sem ele, o poder de fogo do Atlético diminui.

Detalhes decisivos

Em meio a esta polêmica arenga que envolve diferentes camisas do Brasileirão, existem especificidades nada desprezíveis. O São Paulo perde poder de barganha perante Daniel Alves pela dívida astronômica que acumula com ele? O competente Victor Martins, em seu blog, nos brindou com apuração preciosa: a liberação de Arana teria sido combinada entre a diretoria alvinegra e seu subordinado como uma forma de atraí-lo para a instituição. Dá para reverter este acordo?

Europeus

Mbappé tem estofo para prender e soltar no PSG. Dizem que vê a Olimpíada como um sonho. Não será liberado para persegui-lo.

 

Veredito

A não ser que exista um compromisso apalavrado inquebrantável, não cederia Arana para o grupo da CBF que viajará a Tóquio.

 

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000