Daniel Ottoni
@dottoni
27/10/21
14h51

Entre os marmanjos

Vôlei: Acesita terá comando de treinadora na Superliga C masculina

Situação é rara no vôlei nacional, com Rosane Fantoni sendo representante feminina em cenário ainda escasso de mulheres

Daniel Ottoni | @dottoni
27/10/21 - 14h51

Atualmente, uma situação insiste em seguir presente no cenário do vôlei brasileiro, vinda de anos. É rara a presença de uma treinadora à frente de uma equipe profissional, seja entre homens ou mulheres. Uma das exceções vai acontecer com o Acesita, de Timóteo, que vai disputar a Superliga C masculina, em Teófilo Otoni, entre 2 e 6 de novembro. 

Estarão em disputa o América de Teófilo Otoni, Usiminas Usipa, Funel Uberaba e UV Cedesbra no grupo A, além de Minas Náutico, Acesita Vôlei e Prefeitura de Pouso Alegre no B. O campeão de cada grupo se classifica para a segunda divisão. 

A responsável pelo comando do Acesita será Rosane Fantoni, de 43 anos, que fez parte do grupo na última edição como auxiliar. Conhecer o projeto e ter acompanhado de perto a função do técnico serviram para que ela ganhasse a confiança da diretoria e aceitasse, prontamente, o convite recebido. 

"Tomara que o número de mulheres no comando do voleibol aumente. Temos capacidade e muito a acrescentar nesse esporte tão importante do cenário mundial. Acho que essa experiência vai alavancar ainda mais minha carreira. Gosto de competição e de desafios. Vamos com tudo em busca dessa vaga na Superliga B", garante a treinadora, que fez os cursos Nível I, II e III da CBV.

Rô garante que tem total respeito dos atletas e sabe do seu potencial para levar o time a uma classificação que seria histórica. "Foi importante ser assistente para presenciar como era uma Superliga C. Hoje, me sinto preparada pra assumir esse papel de técnica. Eu fiquei muito feliz pelo convite e admito que esperava por isso porque me preparei", indica. 

Como jogadora, Rô atuou nos principais clubes de Belo Horizonte, em times da Itália e segue batendo sua bola como jogadora máster do Minas Tênis Clube. Rô começou a dar aula com 18 anos e, desde então, atua como treinadora das equipes de voleibol do Colégio Santa Dorotéia de Belo Horizonte. 

Ela também atuou como treinadora da base e do master do Olympico Clube e das equipes da Escola Americana de Belo Horizonte. Atualmente, ela  tem uma escola de vôlei com seu nome, dando aula para atletas na quadra e na areia. 
 

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Esportivamente

Esportivamente

Daniel Ottoni é repórter de esportes especializados do jornal O Tempo, do portal Super.FC e da rádio Super. Com experiência de cobertura em Copa do Mundo, Olimpíada e Mundiais de vôlei, tem uma predileção por bastidores e lado B. Por aqui, espaço para os esportes que têm uma religião chamada futebol como concorrente em muitos momentos.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000