Josias Pereira
@supernoticiafm
17/09/19
19h49

Brasileirão

Lanterna fora e 17ª contra 10 últimos: o turno para esquecer do Cruzeiro

Equipe celeste apresenta números extremamente negativos após o encerramento do primeiro turno, e busca campanha de recuperação para afastar Z-4

Em duelo com o Athletico-PR, o Cruzeiro, com um time alternativo, foi derrotado no primeiro turno do Brasileirão; jogo foi no Mineirão — Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
Josias Pereira | @supernoticiafm
17/09/19 - 19h49

Um primeiro turno para ser esquecido. Com o seu pior desempenho na história dos pontos corridos, o Cruzeiro acumulou números negativos nessa primeira fase do Brasileirão. Estatísticas apresentadas pelo Footstats comprovam a inconstância celeste, que abre a partir de sábado a disputa do returno com apenas 18 pontos conquistados e a 17ª posição na tabela de classificação. 

Para se ter ideia, dentro de casa, o Cruzeiro registra a 14ª  campanha do Brasileirão (foram nove jogos, quatro vitórias, dois empates e três derrotas, com 51,85% de rendimento). Agora, longe de BH, o time seria o lanterna, aparecendo com a 20ª campanha da competição. O time registrou apenas quatro pontos em 10 jogos. Foram seis derrotas e quatro empates. 

Os números seguem com peculiaridades. Contra os 10 primeiros do Brasileirão, a Raposa figura na 14ª posição. Mas quando o time enfrentou os 10 últimos, o time tem uma campanha de rebaixado, despencando para a 17ª posição. 

O ataque do Cruzeiro é apenas o 18º do Brasileirão, com 16 gols marcados, enquanto a defesa é a 17ª, com 28 gols sofridos e - 12 de saldo. 

Os números atestam um primeiro turno de horrores para o torcedor celeste, que ainda sofre com os problemas extracampo do time. A partir de sábado, o time inicia uma nova jornada no torneio nacional com a necessidade de praticamente zerar os erros e buscar 27 pontos em 57 possíveis para anular qualquer chance de rebaixamento, buscando o número mágico de 45 pontos, considerado pelos matemáticos como suficiente para se manter na Série A. 

O capitão Henrique tem total ciência da responsabilidade que o segundo turno impele aos jogadores celestes. É a hora do tudo ou nada.  

"É claro que você trabalhando com vitórias se enche de confiança. Quando você vai perdendo, você vai abaixando um pouco. Nosso pensamento, nesse instante, é jogar a moral para cima. Por mais que os resultados não são convincentes, nós temos que seguir. Temos que tirar forças de onde a gente acha que tem que ter. Alguns vão buscar na família, na esposa, nos amigos, no trabalho, isso é natural. Temos que saber da nossa realidade. Jogar contra o Flamengo vai nos colocar em uma dificuldade grande, eles são os líderes do campeonato, mas temos capacidade para jogar, buscar o resultado que é a vitória. Com o triunfo, a confiança volta, a torcida vem conosco, mas temos que saber que a nossa realidade é difícil; Nosso caminho é longo e temos que tirar forças para buscar todos os resultados", ressaltou o capitão celeste. 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000