Josias Pereira
@supernoticiafm
09/02/20
16h41

Flecheiro Azul

Cruzeiro e Marcelo Moreno avançam em conversas por retorno

Em duas passagens, de 2007 a 2008 e em 2014, Moreno acumulou 93 jogos e 45 tentos pela Raposa, ele é o segundo estrangeiro com mais gols pelo clube

O "Flecheiro Azul", como é chamado pela torcida, sempre flertou com retornos a Belo Horizonte — Foto: Alex de Jesus/O Tempo
Josias Pereira | @supernoticiafm
09/02/20 - 16h41

Atualmente vinculado ao Shijiazhuang Ever Bright, da China, o atacante Marcelo Moreno negocia a possibilidade de retornar ao futebol brasileiro para defender novamente a camisa do Cruzeiro. Fontes ligadas ao conselho gestor da Raposa confirmaram à reportagem as tratativas em andamento com o atleta. Para 'repatriar' Moreno, o clube conta com o auxílio de Pedro Lourenço, proprietário do Supermercados BH, patrocinadora máster do Cruzeiro. A informação foi inicialmente divulgada pelo portal "Superesportes" e confirmada pelo Super.FC. 

Pedro Lourenço esteve mais uma vez no Mineirão acompanhando a delegação cruzeirense, dessa vez desembarcando juntamente com a delegação para a partida contra o América, pela quinta rodada do Estadual. Apesar de ter deixado o conselho gestor, o empresário vem participando nos bastidores e auxiliando o departamento de futebol. No caso de Moreno, o empecilho no momento é a liberação por parte do clube chinês. O boliviano possui mais dois anos de contrato com o Shijiazhuang, equipe recém-promovida à Superliga Chinesa. A epidemia do coronavírus influencia também no desejo de Moreno de voltar ao país. O campeonato local está paralisado por conta da doença e o time de Moreno vem realizando uma espécie de intertemporada em Dubai. 

Para atrair Moreno, o Cruzeiro aposta em um vínculo mais longo e bônus a partir da próxima temporada, principalmente tendo em vista a possibilidade do retorno à Série A para readequar o salário do atleta. Neste ano, ele estaria sujeito a política salarial estabelecida pelo conselho gestor, com vencimentos mensais na casa do R$ 150 mil. Com a medida, a folha salarial do clube diminuiu de R$ 15 milhões para R$ 3 milhões.  

Atual técnico celeste, Adilson Batista foi o treinador que decidiu apostar em Marcelo Moreno. Em 2008, o boliviano foi o artilheiro da Libertadores ao lado de Cabañas, do América-MEX< ambos com oito gols cada. O "Flecheiro Azul", como é chamado pela torcida, sempre flertou com retornos a Belo Horizonte e constantemente atesta sua identificação com o clube nas redes sociais. Em duas passagens, de 2007 a 2008 e em 2014, Moreno acumulou 93 jogos e 45 tentos pela Raposa, ele é o segundo estrangeiro com mais gols pelo clube, atrás apenas de Arrascaeta, com 50.

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000