Josias Pereira
@josiaspereira
17/10/20
15h06

Avaliação

Cacá vê evolução no Cruzeiro e valoriza segundo jogo do time sem sofrer gols

Equipe não vence há quatro partidas, mas segundo tempo e atuação defensiva trouxeram alento e expectativa de recuperação com Felipão

Fábio foi um dos responsáveis por igualdade no placar ao defender cobrança de Renato Cajá — Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Josias Pereira | @josiaspereira
17/10/20 - 15h06

O zagueiro Cacá voltou ao time titular do Cruzeiro na última sexta-feira, no empate sem gols da equipe com a Juventude, non Mineirão, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. A Raposa completou o quarto jogo seguido sem vencer no torneio, mas Cacá apontou evolução do time, que cresceu de produção principalmente na etapa final, quando criou 12 das 19 finalizações que o time teve durante todo o confronto. 

Mais uma vez, faltou capricho ao elenco estrelado na hora da conclusão das jogadas e os três pontos, tão importantes em meio à situação complicada que o time atravessa, não vieram. 

"A equipe fez um bom jogo. Foi firme na marcação, criamos oportunidades, mas infelizmente não tivemos o capricho final para colocar a bola na rede. Mas já deu pra ver uma evolução, um equilíbrio a mais na equipe. Todo mundo correu junto, um perto do outro, facilitou na marcação e na criação das oportunidades quando recuperávamos a bola. Estamos de parabéns pelo jogo de ontem, mas a gente sabe que ainda não está bom. Nós não queremos empate, queremos a vitória. É trabalhar mais e mais esse resto de semana antes do próximo jogo para poder chegar, fazer um bom jogo e conquistar a vitória", disse o jovem defensor, que atuou ao lado de Manoel. 

Foi também o segundo jogo da Raposa sem tomar gols, como destacado por Cacá. Essa marca quase não era concretizada, pois logo no início do jogo, o time cometeu um pênalti, mas Fábio estava lá para garantir o placar zerado. Para o zagueiro, a sintonia entre os jogadores da linha defensiva está começando a fluir, algo importante, pois Luiz Felipe Scolari é conhecido também por ser um treinador que valoriza o aspecto defensivo forte de seus times. 

"São dois jogos sem tomar gols. E para nós é uma melhora muito grande. Ontem, apesar de ter o pênalti, infelizmente aconteceu, mas sabemos que temos um grande goleiro. Estávamos preparados para o rebote, porque confiamos muito nele e sabíamos que ele ia defender. Essa união da defesa está começando a fluir bem, está começando a acontecer melhor", avaliou o jogador, que também espera ver o setor ajudando os companheiros de ataque na hora da conclusão das jogadas.

"É focar, trabalhar mais e mais nessa semana para que no próximo a gente defenda bem, não venhamos tomar gols, e caprichar, ajudar os meninos da frente para fazer os gols, botar a bola na rede, que vem sendo a parte final que está faltando para nós", salientou o defensor. 

O Cruzeiro, já com Felipão no comando, volta a campo na próxima terça-feira, às 21h30, em Ponta Grossa, no Paraná, para pegar o Operário. A Raposa é a vice-lanterna da Série B, com apenas 13 pontos conquistados. 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000