Da Redação
@superfcoficial
15/09/19
07h00

Opção

Ceni explica Thiago Neves no banco: 'dói no coração, mas foi escolha'

Treinador salientou que o time com o meia, Robinho e Egídio não tem a mesma rotação

Da Redação | @superfcoficial
15/09/19 - 07h00

Ao divulgar a escalação do Cruzeiro para o duelo contra o Palmeiras, o técnico Rogério Ceni deixou de fora da equipe titular alguns jogadores experientes, que no jargão do futebol são conhecidos como medalhões.

Thiago Neves, Robinho e Egídio foram para o banco de reservas e em seus lugares apareceram jovens como Rafael Santos e Ederson, por exemplo.

Mas Rogério Ceni fez questão de evitar polêmica com a decisão e explicou o motivo das alterações na escalação.

"Me dói no coração, porque são jogadores que possuem uma grande história. Mas não consigo ter todos os atletas no time e ter uma grande rotação na equipe. É uma escolha profissional. Única e exclusivamente", disse.

Ceni também falou sobre a saída de Fabrício Bruno da equipe e a entrada de Cacá na zaga.

"Ele (Fabrício Druno) fez bons jogos quando o Léo se machucou. O Cacá já tinha jogado bem. Hoje eu optei pelo Léo. Quem sabe o Fabrício Bruno possa voltar?! Não é demérito ficar no banco. Foi uma escolha", finalizou.

 

 

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000