Thiago Nogueira
@superfcoficial
14/11/19
06h30

Números redondos

Contra o Flu, Cazares e Fábio Santos completam 'centenas' pelo Galo

Sem títulos de expressão, lateral e meia farão a partida de número 200

Cazares e Fábio Santos foram contratados na temporada 2016 — Foto: Fotos: Angelo Pettinati e Bruno Cantini/Divulgação
Thiago Nogueira | @superfcoficial
14/11/19 - 06h30

Referências do plantel atleticano dos últimos anos, Fábio Santos e Cazares completam coincidentemente, no próximo sábado (16), contra o Fluminense, no Maracanã, números redondos vestindo a camisa do Galo. O lateral e o meia equatoriano atingirão 200 partidas. 

A marca fica ainda mais expressiva se contarmos que no clássico do último domingo, contra o Cruzeiro, Luan chegou aos 300 jogos com o manto alvinegro. O atacante, por sinal, destoa dos outros dois. Ele chegou no início de 2013 e fez parte da maior glória do clube: a Copa Libertadores daquele ano. Fábio Santos e Cazares vieram depois, na temporada 2016, e pegaram um período de seca de títulos – só conquistaram o Campeonato Mineiro, de 2017.

“Passou rápido até. Eu brinco: jogar três anos e meio em time que ganha é fácil. Agora, jogar em time que não foi campeão em três anos e meio é difícil permanecer titular. As cobranças são naturais para quem permanece tanto tempo num clube. As posições rodaram e eu continuei ali", destacou Fábio Santos, pouco ameaçado na condição de lateral-esquerdo titular.

Cobrador de pênalti oficial do time, o jogador de 34 anos tem 17 gols pelo Galo, equipe pela qual mais balançou as redes na carreira. Além disso, Fábio Santos está a 16 partidas de ter o Atlético como o time que mais defendeu (no Corinthians, fez 214 jogos). E isso deve ser batido, já que restam seis compromissos em 2019 e todo um 2020 (ele tem contrato até dezembro do próximo ano).

"Completar essa marca de 200 jogos é muito significativo para mim. Me sinto bem na cidade, no clube. Falta um título grande e isso me incomoda demais. Tenho procurado buscar isso", ponderou o lateral.

Embora também não tenha conquistado um grande título pelo Galo, Cazares está próximo de se consolidar as principais marcas de um estrangeiro no clube. Ele já é o atleta não nascido no Brasil a jogar mais vezes pelo alvinegro. O equatoriano ultrapassou o uruguaio Cincunegui, que fez 194 partidas, ao entrar em campo contra o Grêmio, no mês passado. Cazares tem contrato com o Galo até o fim de 2020.

 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000