Rodrigo Rodrigues
@otempo
15/06/21
07h00

Arrancada

Cruzeiro: depois de início ruim na Série B, Raposa parte em busca da reação fora

O time estrelado enfrenta a Ponte Preta nesta quarta-feira (15), no Moisés Lucarelli, e pega o Operário, sábado (19), em Ponta Grossa

O Cruzeiro ainda não venceu na Série B — Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
Rodrigo Rodrigues | @otempo
15/06/21 - 07h00

Os bastidores do Cruzeiro seguem agitados, com a insatisfação crescente da torcida e de parte do Conselho Deliberativo com o presidente Sérgio Santos Rodrigues. Dentro de campo, Mozart Santos comandará o time pela segunda vez e precisa reagir na Série B do Brasileiro. Em três rodadas, soma apenas um ponto e, nesta terça-feira (15), segue para Campinas no início da tarde, onde enfrentará a Ponte Preta, quarta-feira (16), às 21h30, no estádio Moisés Lucarelli. A Raposa está em 19º lugar. No sábado, o time terá outro compromisso fora de casa, contra o Operário-PR, às 19h, no Paraná.

Para o duelo contra a Macaca, Mozart ainda não poderá contar com o lateral-direito Cáceres e o meia Marco Antônio, ambos com Covid-19. O volante Jadson também está fora, por ter sido expulso no banco de reservas na partida do fim de semana. A tendência é o comandante estrelado manter Joseph na direita. O jogador protagonizou um lance inusitado no empate com o Goiás, por 1 a 1, ao marcar um gol contra de peito, ao tentar recuar para Fábio.

Quem pode aparecer entre os titulares é o meia Marcinho. De dispensado, tornou-se opção e ganhou força ao marcar o gol diante da equipe esmeraldina, evitando a terceira derrota da Raposa na segunda divisão.

“Claro que fomos em busca dos três pontos, mas esse ponto foi importante para dar sequência no nosso objetivo. Temos dois jogos difíceis fora de casa e precisamos encarar como duas finais, duas batalhas e somar o maior números de pontos possíveis”, alerta o jogador.

Com a experiência de quem comandou o Sampaio Corrêa na Série B do ano passado, o agora camisa 11, herdada de William Pottker, de saída para o Al Wasl, dos Emirados Árabes, destaca o que espera o Cruzeiro nas duas partidas longe de Belo Horizonte e em toda a competição.

“Todo adversário vai ser difícil, não vai ter jogo fácil. Temos de dar o melhor em todos os jogos e vamos em busca dos nossos objetivos. Teremos dois jogos difíceis, mas temos de ir em busca dos nossos objetivos, pontuar e sair lá de baixo o mais rápido possível”, ressalta.

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000