Da redação
@otempo
24/02/21
14h23

Declaração

Dirigente do Goiás diz que clube precisa trabalhar para 'não virar um Cruzeiro'

Raposa vem sendo apontada como exemplo negativo dentro da gestão futebolística; goianos foram rebaixados pela sexta vez nos últimos 11 anos

Goiás foi rebaixado após empate com o Bragantino — Foto: Goiás Esporte Clube / Divulgação
Da redação | @otempo
24/02/21 - 14h23

Hailé Pinheiro, presidente do conselho deliberativo do Goiás, deu uma declaração que denota o exemplo negativo que o Cruzeiro se tornou dentro do mundo da bola. De acordo com o dirigente do clube esmeraldino, em entrevista ao jornal goiano 'O Popular', o clube precisa trabalhar para não se transformar em um Cruzeiro após a queda à segunda divisão nacional. 

“O rebaixamento é ruim demais, mas o Goiás não vai acabar. O que precisamos é trabalhar para não deixar o Goiás virar um Cruzeiro. Se acontecer, vai acabar com tudo”, disse Hailé à publicação. 

A equipe goiana foi rebaixada pela sexta vez nos últimos 11 anos, e também convive com problemas nos bastidores. Hailé Pinheiro foi o único dirigente do clube a comentar sobre a queda à segunda divisão nacional, o que trouxe ainda mais frisson em relação à declaração. 

O Cruzeiro vem buscando uma reestruturação, mas enfrenta graves problemas de fluxo de caixa, ainda 'driblando' salários atrasados e uma dívida já na casa de R$ 1 bilhão. Pela segunda temporada seguida, a Raposa vai disputar a Série B. 

---

Em tempos de desinformação e pandemia, o jornal O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Continue nos apoiando. Assine O TEMPO.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000