Josias Pereira
@josiaspereira
23/08/20
21h38

Opinião

'Empatar aqui não é demérito', avalia Enderson após Confiança e Cruzeiro

Técnico celeste ressaltou qualidades do time, que conquistou o Estadual e vem fazendo boas campanhas na Copa do Nordeste

Técnico do Cruzeiro ressaltou dificuldades que o time vem tendo por dívidas antigas — Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
Josias Pereira | @josiaspereira
23/08/20 - 21h38

O Cruzeiro não conseguiu deixar a cidade de Aracaju com mais uma vitóiria na Série B. O time comandado por Enderson Moreira teve dificuldades, principalmente na etapa final, e ficou no empate com o Confiança. A equipe sergipana veio de uma maratona física, pois havia entrado em campo na última sexta-feira, quando se segrou campeão estadual. Mesmo assim, conseguiu superar as adversidades, até mesmo de qualidade técnica, para conseguir segurar o resultado e também impor dificuldades ao Cruzeiro. 

Após a partida, o técnico Enderson Moreira apontou as qualidades do adversário, ressaltando que empatar com o Confiança não seria nenhum demérito. Para o comandante, o resultado que ele não esperava foi a derrota para a Chapecoense, no Mineirão. 

"Se tem uma coisa que saiu um pouco do nosso controle foi o resultado contra a Chapecoense. Empatar aqui não é nenhum demérito para nenhuma equipe. É um time que nos últimos anos tem conquistado acessos, tem feito campanhas muito boas na Copa do Nordeste, talvez quem é do sudeste não tem acompanhado a evolução dessa equipe, bem montada, acabou de ser campeão estadual. Então não tem nenhuma decepção em termos de um empate aqui, em termos de resultado. Acho que o segundo tempo poderíamos ter jogado melhor", disse Enderson Moreira, ao avaliar o desempenho da Raposa em campo. 

De acordo com o técnico estrelado, o time vem também pagando por dívidas que não fazem parte de sua gestão no comando, lembrando dos problemas de montagem de elenco e também dos resultados adversos, como os menos seis pontos na Série B, a díficil situação no Campeonato Mineiro e a necessidade de se inverter um placar na Copa do Brasil. 

"Nosso primeiro tempo foi muito bom, poderiamos ter saído com uma vantagem até de dois gols, criamos situações para isso, a gente controlou o jogo completamente assim, quase sem nenhuma chance do adversário. O segundo tempo, o adversário baixou as linhas, fechou muito o espaço, era um campo mais lento em termos de bola, para que pudéssemos executar a troca de passes. Nós estamos em um trabalho de construção do novo Cruzeiro e estamos pagando dívidas que muitas vezes não foram criadas por nós agora", disse Enderson. 

"São seis pontos a menos, e se você for analisar bem, nós fizemos 10 pontos em 15, é uma pontuação boa em termos de classificação, sabendo que é uma competição de longa duração, é uma competição de resistência. Não adianta sair na frente agora, isso não vai nos gaantir a nossa classificação ou o título, a conquista dessa competição. Nós tentamos pagar no Mineiro e agora nós estamos tentando pagar uma dívida de Copa do Brasil. Estamos preparados, tentando fazer o melhor. Acho que nosso primeiro tempo, sinceramente, foi muito bom", reforçou o comandante estrelado.

As dificuldades da Série B também foram outro ponto citado por Enderson Moreira após o empate em Aracaju. 

"Só quem joga essa competição, talvez já participou, tem uma noção boa do quanto é difícil. Estamos nos ambientando, alguns atletas são a primeira experiência, é um grupo formatado. Se você for avaliar do time do ano passado que ficou para esse anos, quantos titulares ficaram? Estamos montando um novo time, uma nova equipe, utilizando jogadores jovens, jogadores mais experientes com uma perspectiva boa, fazendo as variações que a gente precisa fazer, porque os atletas precisam ter um tempo de recuperação de um tempo para outro. Estamos fazendo aquilo que eu acho possível", complementou Enderson Moreira. 

O Cruzeiro volta a campo na próxima quarta-feira, quando encara o CRB, no estádio Rei Pelé, pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Por ter perdido na ida por 2 a 0, dentro do Mineirão, o time celeste precisa de um resultado por três gols de diferença para seguir no torneio. Um novo 2 a 0, só que a favor do Cruzeiro, levará o jogo para os pênaltis. 

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000