Da redação
@otempo
26/09/20
09h17

Vida duríssima

Nova derrota faz realidade matemática do Cruzeiro ser de luta contra o Z-4 da B

Probabilidade de queda do time chegou a 44%, acima apenas de Botafogo-SP e do Oeste, atual lanterna da competição

Ariel Cabral pediu desculpas à torcida do Cruzeiro depois de mais uma derrota na Série B — Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
Da redação | @otempo
26/09/20 - 09h17

Mais uma rodada, mais um tropeço e o objetivo do acesso vai ficando distante do Cruzeiro. Com oito pontos na tabela, a situação celeste coloca o time hoje na inglória luta contra o rebaixamento à Série C nacional. A derrota para o Avaí por 1 a 0, no Mineirão, reabilitando um time que não vencia há quatro jogos na competição, movimentou também os cálculos.

O departamento de matemática da UFMG coloca o Cruzeiro hoje com 2,8% de chances de subir à primeira divisão, tendo uma probabilidade melhor apenas que Botafogo-SP e Oeste. Isso se deve muito ao fato de que CSA e Sampaio Corrêa possuem jogos a menos que a Raposa. O Cruzeiro está a 10 pontos da luta pelo G-4. 

Os alagoanos estão um jogo atrás do Cruzeiro, enquanto os maranheses estão a três, incluindo o da 11ª rodada, contra o Náutico, que acabou adiado para a disputa da final do Campeonato Maranhense. Esses dois times têm sete pontos, um a menos que a Raposa. 

Nesse cenário, um sonho de título para a Raposa na B é completamente remoto, com uma probabilidade de 0,3%. O que está mais próximo do time de Ney Franco é realmente o perigo de um novo descenso. Os números hoje, sem a conclusão da rodada e contando a derrota celeste, é de 44%, acima novamente apenas de Botafogo-SP e Oeste. 

Apesar dos números desfavoráveis, e que apontam para uma necessidade de uma arrancada histórica na Série B para evitar que o Cruzeiro permaneça na competição por mais um ano ou então evite o descenso à Série C, o técnico Ney Franco mantém a confiança de que o cenário celeste possui solução. 

"Lógico que tem solução. Nós vamos para campo, vamos continuar trabalhando, é um time que tem as suas qualidades. A gente tem que passar por mais um momento de frustração, mas não pode ter desistência no trabalho. Existe uma possibilidade na próxima semana de inscrição de alguns jogadores que estão chegando e é em cima disso que a gente tem que aumentar nosso leque de opções e, mais uma vez, ganhar um poderio ofensivo que está sendo o desafio a partir desse momento", declarou Ney Franco. 

O Cruzeiro completou a quinta derrota na Série B, com 11 gols em 11 partidas. O time ainda sofreu o 13ª tento, tendo a quarta pior defesa do torneio nacional. 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000