Josias Pereira
@otempo
01/10/20
13h55

Fim da linha

Ricardo Drubscky não é mais diretor de futebol do Cruzeiro

Confirmação foi feita por Ney Franco, em entrevista à rede Bandeirantes; clube se posicionou posteriormente anunciando decisão

Ricardo Drubscky deixou o departamento de futebol da Raposa — Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Josias Pereira | @otempo
01/10/20 - 13h55

Promovido ao cargo de diretor de futebol do Cruzeiro após a demissão de Ocimar Bolicenho, Ricardo Drubscky não é mais diretor de futebol do clube celeste. O técnico Ney Franco, em entrevista ao programa 'Os donos da Bola', da Rede Bandeirantes, confirmou a saída do profissional. 

"Totalmente diretiva, eu não tenho influência nenhuma nessa decisão, até porque o Ricardo (Drubscky) é meu amigo, um profissional que eu respeito muito, e eu não tenho nenhuma opinião nessa decisão do clube", declarou o treinador, em entrevista à Band. 

A informação, divulgada inicialmente pela rádio 98, foi confirmada pelo Cruzeiro por meio de comunicado oficial. A decisão foi tomada após encontro do presidente Sérgio Santos Rodrigues com Drubscky na manhã desta quinta-feira. 

"Ficou acertado em comum acordo que o profissional não seguirá no cargo de diretor de futebol do Cruzeiro e está liberado para cuidar de outros projetos pessoais.O clube agradece Drubscky pelo seu alto nível de profissionalismo, comprometimento e pelo legado de conhecimento que ele deixa à instituição neste momento tão importante da história quase centenária do Cruzeiro", aponta o comunicado da Raposa. 

Ainda nesta quinta-feira, o novo organograma de cargos no futebol celeste será apresentado por Sérgio Santos Rodrigues nos canais oficiais do clube. A Raposa ainda está trazendo mais um profissional para a área de gestão do clube, que é José Carlos Brunoro, profissional que se destacou no Palmeiras da era Parmalat, e mais recentemente estava como consultor no Fortaleza. 

Ricardo Drubscky primeiramente assumiu o cargo de diretor das categorias de base do clube, mas com o desempenho fraco de Ocimar Bolicenho, o então conselho gestor optou por fazer uma sacudida no futebol do clube. 

A demissão de Ocimar foi anunciada logo após a derrota para o Coimbra por 1 a 0, ainda pela fase qualificatória do Mineiro. Posteriormente, o clube decidiu pelo trabalho de Drubscky como homem forte do futebol celeste. 

Ele iniciou o trabalho juntamente com Enderson Moreira, reeditando uma parceria que levou o América ao acesso e título em 2017. Quando da eleição de Sérgio Santos Rodrigues, o novo mandatário celeste optou pela contratação do ex-jogador Deivid para um cargo no futebol do clube, assumindo a diretoria técnica. 

Drubscky e Deivid passaram a atuar de forma conjunta em algumas situações de reforços e outras tratativas dentro do clube até a saída do profissional. 

(última atualização às 14h38) 
 

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000