Josias Pereira
@josiaspereira
09/05/21
17h56

Deu coelhão

Rodolfo brilha, marca duas vezes, América vence o Cruzeiro e vai à final

Depois de cinco anos, equipe alviverde terá a chance de lutar pelo título mineiro e terá como rival o Atlético

Rodolfo foi o destaque do América em partida que eliminou a Raposa — Foto: Mourão Panda / América
Josias Pereira | @josiaspereira
09/05/21 - 17h56

O palco está armado. E a final do Mineiro terá de um lado o Atlético e do outro o América. O Coelho assegurou a classificação, desta vez vencendo por 3 a 1 dentro de casa, no Independência. Foram dois gols de pênalt e um gol no finalzinho, marcado por Ramon, para dar a vitória.

O atacante Rodolfo, com dois marcados, é agora artilheiro do Campeonato Mineiro, com sete gols. Ele nunca havia marcado nos clássicos estaduais pelo Coelho. Mas o dia 9 de maio acabou com essa sina. E foi em dose dupla. Matheus Barbosa descontou para o time estrelado. 

Depois de cinco anos, o América está de volta à final do Estadual. E em 2016, a última vez, o roteiro foi parecido. Eliminou o Cruzeiro na semifinal e encontrou o Atlético na disputa da taça. O final daquela história, o torcedor do Coelho conhece bem. O time foi o grande campeão mineiro. 

Necessitado de uma vitória por ao menos dois gols de diferença, o Cruzeiro tentou propor o jogo. Mas encarou uma forte marcação americana, que pressionava a saída de bola do time comandado por Felipe Conceição, especialmente dificultando as opções no meio-campo. Adriano, que inicia essa transição entra defesa e ataque, encontrou resistência, já que a linha de frente do América, com Alê, Rodolfo, Juninho e Nazário estava em cima, anulando a estratégia esboçada por Felipe Conceição. 

Aos poucos, as chances foram aparecendo. Juninho mandou a bola na trave em ótima subida de cabeça, A Raposa apareceu com Cáceres em uma finalização que ele isolou. Mas, ainda no final da etapa inicial, aos 45 minutos, Eduardo Bauermann acabou deslocado por Bruno José na tentativa de cabeceio. Pênalti marcado e confirmado pelo VAR. Na cobrança, Rodolfo iniciou sua grande tarde. Cobrou firme, deslocando Fábio.

A vida do Cruzeiro ficou ainda mais complicada. Precisaria então de um 3 a 1 no mínimo para avançar. Teve uma esperança aos 17 minutos do segundo tempo, quando Matheus Barbosa, após cruzamento do xará Matheus Pereira, balançou as redes. O terceiro gol do volante na temporada, mesmo fazendo um jogo novamente bem aquém. 

Só que aos 24 minutos, Ramon acabou desviando com o braço uma finalização de Ribamar. Após revisão do VAR, mais um pênalti marcado para o Coelho e na bola, Rodolfo não perdoou, batendo Fábio mais uma vez. O América, de Lisca e cia., ainda terminaria de afundar a adaga no coração da Raposa, indo às redes com o volante aos 50 da etapa final. Depois do passe de Ademir, ele só teve o trabalho de deslocar Fábio. O toque final na classificação americana. Em três clássicos contra o Cruzeiro no ano, o América venceu os três. 

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000