Gabriel Moraes
@gabrieumoraes
03/08/21
13h23

Vitorioso

Vanderlei Luxemburgo no Cruzeiro: relembre os títulos do técnico na Toca

Esta é a terceira passagem do "pofexô" pela Raposa

Em 2003, capitaneado pelo craque Alex, o Cruzeiro montou um grande elenco e conseguiu alcançar a Tríplice Coroa — Foto: Elcio Paraiso / O TEMPO
Gabriel Moraes | @gabrieumoraes
03/08/21 - 13h23

Vanderlei Luxemburgo foi anunciado nesta terça-feira (3) como o novo técnico do Cruzeiro. Um dos treinadores mais vitoriosos do Brasil, ele fez história na Toca da Raposa, mas apenas em sua primeira passagem – esta é a terceira. Relembre os feitos:

Após passagem rápida e conturbada pelo Palmeiras em 2002 – sendo, inclusive, apontado como o responsável pelo rebaixamento do time à Série B –, Luxa chegou ao Cruzeiro ainda naquele ano. Porém, foi em 2003 que a história aconteceu.

Aquele ano começou com uma pré-temporada em Araxá, no Alto Paranaíba, em Minas Gerais, para ter mais tranquilidade. O primeiro título foi o Campeonato Mineiro, que foi vencido de maneira invicta: em 12 partidas, foram dez vitórias e dois empates.

Naquela temporada, o torneio era disputado em formato de pontos corridos. Capitaneado pelo craque e camisa 10 Alex, foram 35 gols marcados, uma média de 2,9 por jogo.

Depois, veio a Copa do Brasil, vencida também de maneira invicta. O Cruzeiro foi tirando time por time: Rio Branco-ES, Vila Nova, Goiás (oitavas), Vasco (semis) e o Flamengo, na final. Na primeira partida no Maracanã, 1 a 1, com um gol incrível de Alex de letra. Em BH, 3 a 1 para a Raposa, com gols de Deivid, Aristizábal e Luisão.

Na sequência, o tão sonhado título brasileiro. Em 2003, 24 equipes disputavam. Foram 31 vitórias, sete empates e oito derrotas, e o elenco terminou com 100 pontos conquistados, um recorde.

Com isso, a conquista da Tríplice Coroa. O time base era: Gomes; Maurinho, Cris, Edu Dracena e Leandro; Maldonado, Marinho, Augusto Recife, Wendell e Alex; Aristizábal e Márcio Nobre.

Em 2004, Luxemburgo foi para o Santos, onde foi campeão brasileiro novamente. Na carreira são cinco Campeonato Brasileiro Série A (1993, 1994, 1998, 2003, 2004), um da Série B (1989), um da Copa do Brasil (2003), além de vários estaduais. Também conquistou a Copa América de 1999 e o Torneio Pré-Olímpico Sub-23 de 2000 pela Seleção Brasileira.

Doze anos depois de deixar o Cruzeiro, ele retornou, em 2015, ano que o clube sofria com a "ressaca" do bicampeonato brasileiro de 2013 e 2014 e não ia bem na Série A. Foram apenas 19 jogos, sendo dez derrotas.

Ao todo, contando as duas passagens anteriores, são 126 jogos à frente do time mineiro, com 74 vitórias, 25 empates e 27 reveses.

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000