HENRIQUE FREDERICO
Siga em: twitter.com/super_fc
24/02/11
14h02

MORAL

Wallyson e Pablo recebem elogios dos jogadores mais experientes do Cruzeiro

O lateral ganhou espaço no time com a venda de Jonathan para o Santos. Já o atacante Wallyson colocou Thiago Ribeiro no banco de reservas

O lateral ganhou espaço no time com a venda de Jonathan para o Santos. Já o atacante Wallyson colocou Thiago Ribeiro no banco de reservas — Foto: CHARLES SILVA DUARTE
HENRIQUE FREDERICO | Siga em: twitter.com/super_fc
24/02/11 - 14h02

Um dos grandes reforços do Cruzeiro para a temporada 2011 foi a manutenção da base do time que terminou o último Campeonato Brasileiro na segunda colocação. Contudo, dois jogadores que terminaram o ano passado no banco de reservas ganharam a confiança do técnico Cuca e têm conquistado a china azul com bom futebol.

O lateral Pablo ganhou espaço no time com a venda de Jonathan para o Santos no início da temporada. Já o atacante Wallyson mostrou grande evolução desde a sua chegada à Toca da Raposa e colocou Thiago Ribeiro no banco de reservas.

Questionado sobre o bom desempenho dos dois jovens, o goleiro Fábio afirmou que não é surpresas para aqueles que acompanham o dia a dia dos treinamentos na Toca da Raposa II.

“Desde o ano passado tinha em mente a possibilidade de o Pablo jogar na direita. Ele tem bom domínio e um bom passe. Com saída do Jonathan ele vem se firmando e jogando muito bem. O Wallyson, graças a Deus, vem se destacando na equipe. Ele tem aproveitado as chances que o Cuca tem dado”, destacou o camisa 1.

Por sua vez, o volante Henrique, titular absoluto do Cruzeiro nos dois últimos anos, comentou o grande momento pelo qual vive Wallyson, que é artilheiro da Copa Libertadores com quatro gols em apenas dois jogos.

“A gente vê o crescimento do Wallyson no dia a dia. É um jogador que sempre trabalhou para está nessa condição. Ele esperou o momento certo. O trabalho que ele tem feito nos treinamentos está se refletindo nos jogos”, afirmou o meio-campista.

Henrique, que em seus primeiros meses no Cruzeiro foi muito criticado, ressaltou que a torcida do Cruzeiro tem que ter paciência para que os jogadores recém-chegados ao clube  possam mostrar seu melhor futebol.

“É claro que quando chega um jogador, e ele é pouco conhecido, sempre tem um pé atrás, uma desconfiança. Para mostrar algo diferente temos que ser sempre o melhor no Cruzeiro, que é um time de alto nível. Às vezes, demora um pouco para o cara se adaptar, mostrar qualidades. Com a cobrança da torcida, o jogador perde um pouco a confiança e só com ritmo de jogo ele vai adquirindo seu melhor. Mas, se tratando do Cruzeiro, o atleta tem que estar sempre 100%”, concluiu.

Neste sábado, às 16h, o Cruzeiro visita o América-TO, no estádio Nassri Mattar, em Teófilo Otoni, pela quinta rodada do Campeonato Mineiro.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000