Daniel Ottoni
@dottoni
27/08/20
08h00

Cenário desfavorável

Coronavírus: Mineiros da Liga Futsal podem demorar a jogar dentro de casa

Minas e Praia dependem de autorização das prefeituras para atuarem em seus ginásios; torneio não exige testes contra a Covid

Peri Fuentes, técnico do Minas, aprova protocolo estabelecido pela organização — Foto: Orlando Bento
Daniel Ottoni | @dottoni
27/08/20 - 08h00

Apesar de já estar em andamento (partida de abertura aconteceu no último sábado), a edição de 2020 da Liga Nacional de Futsal (LNF) vai depender do avanço da situação do coronavírus em algumas cidades para que os times possam conhecer o tabela completa da competição. No cenário atual, Praia Clube e Minas Tênis Clube, os dois representantes mineiros, poderão atuar em um primeiro momento, mas fora de casa, uma vez que as prefeituras de Uberlândia e Belo Horizonte, respectivamente, ainda não autorizaram a realização de partidas da modalidade em seus municípios.

Sem tempo a perder, a alternativa encontrada foi que os dois mineiros realizem suas partidas longe dos seus domínios. O formato do torneio foi alterado. Todos os times, até então, se enfrentaram em turno e returno, com os 16 melhores se classificando. Agora, são três chaves de sete equipes, com as cinco melhores (além do sexto melhor colocado nos três grupos) avançando. 

O Praia estreou na última terça-feira, com empate contra o Brasília, no Distrito Federal e vai jogar em São Paulo nas duas próximas rodadas. A estreia do Minas também será na capital federal nesta sexta-feira. "Hoje temos cenários, em algumas cidades, que não são favoráveis. Dentro disso, trabalhamos com várias alternativas, pensando em casos extremos, como inversão do mando de campo, sediamento compartilhado e, até mesmo, levar os jogos para uma pequena 'bolha', se necessário, para poder dar sequência à competição", comenta Luiz Henrique Taveira, vice-presidente técnico e administrativo da competição.

Testes não exigidos

Apesar da pandemia de coronavírus ainda estar com dificuldade de ser controlada em todo o território, a Liga não exige que os elencos realizem os testes contra a Covid-19. A testagem será necessária somente se o município da partida exigir. O protocolo sugere que toda a delegação responda a um questionário e que ele sirva de base para o controle dos sintomas e ações de prevenção. 

"O questionário epidemiológico se mostrou, nos estudos realizados até o momento, como o parâmetro mais eficiente e precoce de controle e detecção de pessoas com possibilidade de infecção. Não existem estudos mostrando que possa haver transmissão de doença nas condições e cuidados estipulados pelos protocolos da Liga", garante Bernardo Caixeta, coordenador técnico da LNF. 

Peri Fuentes, técnico do Minas, aprova as medidas que foram adotadas pela competição. "Os protocolos estão sendo bem rigorosos e com os cuidados para proteger o principal: a vida. Todos nós já estamos nos adaptando com as normas de segurança e higiene. Os jogos terão protocolos com cuidados antecipados. As situações dos jogos ainda serão inéditas, pois nunca jogamos com ginásio fechado e sem público, é algo a se adaptar, até mesmo pela ausência de barulho, que não é comum. Porém, precisamos nos adaptar o mais rápido possível, pois isso não mudará tão cedo", projeta. 

A organização do torneio informa que "os testes para Covid devem ser solicitados somente após avaliação médica, por suspeita de doença, em pessoas sintomáticas. No caso do PCR, deve ser solicitado após o 3º dia de sintomas e, no caso da sorologia, após pelo menos oito dias de sintomas. Em pessoas assintomáticas, os testes disponíveis no momento não possuem confiabilidade adequada. Pessoas com teste positivo para Covid não necessariamente estão infectadas e testes negativos também não descartam a possibilidade de infecção". 

A Liga Nacional de Futsal orientou todos atletas e pessoas envolvidas na competição a respeito das medidas de higiene e cuidados para prevenção de infecção de doenças respiratórias. Dentre as medidas mais importantes, estão o distanciamento social durante a competição, higienização constante, sanitização de ambientes, utilização de máscaras, monitorização diária de temperatura, sinais e sintomas. 
 

Escreva um comentário
Comentar

Leia também:

Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000