DANILO LAVIERI - Folhapress
@otempo
30/11/21
09h51

Bicampeão da Libertadores

Entrave para permanência de Abel não é dinheiro e preocupa Palmeiras

O que mais irrita o técnico é a organização do futebol brasileiro; Na coletiva, ele disse não é saudável a forma como a modalidade é tratada no país

DANILO LAVIERI - Folhapress | @otempo
30/11/21 - 09h51

Abel Ferreira tem contrato com o Palmeiras até 2022, mas já deixou claro interna e externamente que vai pensar sobre a sua continuidade no clube. O grande problema para o português nem é uma valorização financeira após o bicampeonato consecutivo da Libertadores. O que irrita o técnico é a organização do futebol brasileiro.

Logo após o título, o técnico conversou com dirigentes e conselheiros do clube e reclamou bastante do fato de o Brasil não se preocupar com a melhora do seu futebol. Mesmo após o título, o tom de Abel nas palavras deixou quem está no comando do time bastante preocupado, uma vez que a mudança estrutural não depende unicamente da equipe de Palestra Itália.

"Vocês não são pentacampeões. Vocês foram pentacampeões. E se não mudarem nunca mais vão ganhar nada", repetiu o técnico para mais de uma pessoa ainda no Uruguai após a vitória em cima do Flamengo. Na coletiva, ele disse que o futebol brasileiro não é saudável.

Além do calendário, que ficou ainda pior por conta da pandemia, o técnico e sua comissão se assustam com as dificuldades de disputar um Campeonato Brasileiro com longas viagens por conta do tamanho do país, o que dificulta bastante o descanso dos atletas -três dias depois da final em Montevidéu, o time alviverde já visita o Cuiabá na Arena Pantanal, na capital mato-grossense, às 22h desta terça-feira (30).


Ainda há duras críticas a outros fatores, como o gramado de estádios como o Maracanã e o Castelão e, claro, a arbitragem.

Leila Pereira vai suceder Maurício Galiotte e já manifestou o interesse em continuar com o português.

Ela sabe dos pedidos dele para reforçar a equipe e deve ter mais condições de ir ao mercado em relação a seu antecessor, especialmente pelo time ter sido campeão da Libertadores sem ter gastado muito de 2020 para 2021.

A atual diretoria também considera bastante viável aumentar o salário de Abel como forma de recompensar o excelente trabalho uma vez que ele está longe de ser o que mais ganha na comparação com os últimos técnicos que estiveram no Palmeiras. Propostas de mercado periférico também não animam o comandante.

O português irá ganhar folga contra o Cuiabá, assim como a maior parte dos atletas que participaram da conquista da Libertadores. Sua comissão técnica irá comandar no duelo uma equipe alternativa.

Na terceira colocação, o Palmeiras soma 59 pontos e já não pode alcançar o líder Atlético-MG, que tem 19 a mais -o próprio português assumiu em sua entrevista coletiva após a conquista da Libertadores que o clube mineiro deverá ser campeão.

O clube de Mato Grosso, por sua vez, ainda tem 43 pontos e briga para garantir permanência na elite do Brasileiro.

Estádio: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
Horário: 22h (de Brasília) desta terça-feira (30)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
VAR: Rodolpho Toski Marques (FIFA-PR)
Transmissão: Premiere

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000