Estadão Conteúdo
@otempo
18/04/21
15h55

Tênis

Tsitsipas derrota Rublev em Montecarlo e conquista seu 1º título de Masters 1000

Neste domingo (18), o tenista grego faturou o sexto título no circuito ATP, o segundo no saibro

O jovem Stefanos Tsitsipas é o número 5 do ranking mundial — Foto: Valery Hache/AFP
Estadão Conteúdo | @otempo
18/04/21 - 15h55

Stefanos Tsitsipas conquistou o primeiro título de Masters 1000 de sua carreira neste domingo. Número 5 do ranking mundial, o talentoso grego derrotou o russo Andrey Rublev, oitavo do mundo, por 2 sets a 0 (parciais de 6/3 e 6/3), na final e foi campeão do tradicional torneio disputado em Montecarlo, em Mônaco.

Tsitsipas faturou o sexto título no circuito ATP, o segundo no saibro. O grego, que venceu o ATP Finals em 2019, foi mais consistente que o rival e terminou a partida sem ter seu saque quebrado. Em contrapartida, quebrou o serviço do adversário logo no início dos dois sets, e não deu brecha para o oponente russo reagir.

O número 5 do mundo desempatou o confronto direto entre os dois jovens tenistas, que derrubaram grande rivais para chegar à final em Montecarlo. Agora, são sete jogos oficiais no total, sendo quatro vitórias para o tenista da Grécia e três para o russo. Até pelo retrospecto, havia a expectativa de que o duelo fosse mais equilibrado, mas Tsitsipas foi superior na decisão.

"Tive uma semana incrível em Montecarlo. Não consigo descrever meus sentimentos agora. Estou inundado por muitas emoções e nostalgia diferentes. É incrível que eu seja capaz de estar na posição que estou. Ambos merecíamos estar na final. Nós fizemos uma luta incrível e um show incrível. Eu consideraria essa a semana da minha vida até agora", celebrou o campeão, emocionado.

Em sua trajetória vitoriosa no torneio, Tsitsipas deixou pelo caminho o russo Aslan Karatsev, o chileno Cristian Garín, o espanhol Alejandro Davidovich Fokina por W.O. e o britânico Daniel Evans para ser ser campeão sem perder um set sequer. Na caminhada de Rublev, vale destacar o triunfo sobre o supercampeão do saibro e número 3 do mundo Rafael Nadal.

Mesmo com os mil pontos decorrentes do título em Mônaco, Tsitsipas não vai sair da quinta colocação do ranking da ATP. O grego também recebeu um prêmio de 251 mil euros pelo troféu. Já Rublev soma 600 pontos e vai assumir o sétimo lugar, ultrapassando Roger Federer, que cai para oitavo. A premiação em dinheiro para o vice-campeão é de 150 mil euros.

---

Em tempos de desinformação e pandemia, o jornal O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Continue nos apoiando. Assine O TEMPO.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000