DANIEL OTTONI
Repórter viajou a convite da organização
07/07/17
18h25

Nem tão fácil

Nível do Neymar Jrs Five faz profissionais ‘penarem’ na Praia Grande

Estilo de jogo da competição traz dificuldade extra para quem vive da bola

Campeão do torneio sera conhecido neste sábado
DANIEL OTTONI | Repórter viajou a convite da organização
07/07/17 - 18h25

Em um campeonato amador, quase de brincadeira, ter profissionais no elenco pode ser uma injusta vantagem contra times formado por estudantes, bancários e vendedores que jogam futebol vez ou outra. No entanto, no Neymar Jr´s Five, times que possuem esse privilégio não foram tão beneficiados como se poderia esperar. A competição que leva o nome do craque brasileiro reúne times de 53 países no litoral paulista até este sábado. no último dia de disputa, 32 times se enfrentam no formato mata-mata.

Quem (quase) vive da bola faz parte de equipes de países sem muita tradição como Eslovênia, Catar, Malásia e Líbano. Mesmo ganhando um troco para jogar futebol, eles garantem que o bom nível visto já no primeiro dia de jogos, nesta sexta, dificultou as ações. “Além disso, o tipo de bola é outro, o piso também, não é tão simples como se pode pensar em um primeiro momento”, comenta o esloveno Tilen Stendler.

Ele é um dos integrantes da seleção nacional de futsal, situação similar a de outros jogadores como Malek Rabah, da Jordânia. “Estamos acostumados a jogar em um nível profissional, diferente do que temos aqui. Isso pode contar a nosso favor. Já fomos amadores e sabemos as dificuldades de se enfrentar profissionais”, relata. Todos os integrantes fazem parte do Hamda Club e dois deles jogam na seleção nacional.

Da Malásia veio boa parte do time que joga pelo Felda United e representa o país em competições internacionais de futsal. “Aqui a técnica conta mais. No futsal, é um pouco diferente, necessita-se de uma combinação de fatores, como o físico também. De qualquer forma, sabemos que jogar aqui vai nos dar um aprendizado importante para o futuro”, destaca Azri Rahman.

Insuficiente. A alegria de falar que vive da bola é quase completa para o time do Líbano. A maioria dos jogadores da equipe atua em um time de futebol de campo e de futsal ao mesmo tempo. Como se não bastasse, eles ainda precisam arrumar tempo par um terceiro emprego para completar a renda. “A realidade do nosso futebol é bem diferente do que gostaríamos. A cultura pesa contra em muitos momentos. Precisamos fazer um grande esforço pessoal para ter o futebol na nossa rotina. Espero que a presença de jogadores que jogam frequentemente possa nos ajudar”, comenta Mehdi Koubeissi.

O Neymar Jrs Five continua neste sábado, dia da grande decisão, com 32 times que se classificaram. O campeão ganha viagem de uma semana para Barcelona, além do direito de ver jogo ao vivo do Barça no Camp Nou e um rolê com Neymar.

No torneio, cada time entra com cinco jogadores e perde um deles a cada gol sofrido. O jogo termina após 10 minutos ou cinco gols de uma das equipes. A transmissão das partidas acontece ao vivo pelo neymarjrsfive.com.

 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000