Daniel Ottoni
@dottoni
21/07/21
12h40

Do outro lado do mundo

Técnico do levantamento de peso prega cuidado com fuso horário 'destruidor'

Dragos Stanica, que estará ao lado da carioca, Jaqueline Ferreira, alerta para necessidade de se adaptar às diferenças o mais rápido possível

Jaqueline admitiu ansiedade e dificuldade pra dormir antes do embarque — Foto: Nelson Ayres - CBLP
Daniel Ottoni | @dottoni
21/07/21 - 12h40

Competir do outro lado do mundo, em um evento tão esperado e importante como as Olimpíadas, aumenta a tensão e os cuidados para minimizar imprevistos.
Estar presente nos Jogos pela terceira vez na carreira não tirou a ansiedade da carioca Jaqueline Ferreira (87kg), do levantamento de peso. 

“Sonhei muito, essa noite eu nem dormi de tanta ansiedade. Dormi pouco, pensando. Sem querer esquecer nada mas estou muito feliz!”, disse Jaqueline, na chegada ao Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. A dupla seguiu para São Paulo e ainda terá uma parada em Istambul antes de chegar ao Japão, já na véspera da abertura dos Jogos Olímpicos.

Mesmo chegando na cidade-sede às vésperas da cerimônia de abertura, ela terá tempo de sobra para se ambientar com todas as diferenças, já que sua estreia está marcada somente para o dia 2 de agosto. 

Atravessar o planeta é um desafio para todos mas, especialmente, para ela que necessita da parte física para descansar antes de render bem.

“É destruidor, muito pesado. Mas estamos tranquilos, temos de nos adaptar. Vamos aproveitar o momento dos nossos atletas e sentir a grandeza dos Jogos Olímpicos”, indica o técnico Dragos Stanica, que lembrou da importância de se acostumar, o quanto antes, ao fuso horário, evitando as sonecas durante o dia japonês e buscando dormir o máximo possível durante a noite.

A pandemia redobra os cuidados da atleta, que sabe que os Jogos serão diferentes pela ausência de torcida e pelo risco de contaminação que pode colocar um fim no sonho de qualquer participante. 

“Cada um é diferente, mas igualmente feliz, emocionante. Agora são Jogos de muita esperança e é diferente pelo momento que a gente está vivendo, com essa pandemia. Tem que ter muito mais cuidado, cautela, mas não deixa de ser muito feliz”, completa. 
 

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000