Josias Pereira
@supernoticiafm
18/09/19
07h00

Mecenas celeste

Acordo com Supermercados BH gera promessa de retribuição do Cruzeiro

Negócio envolve até período de carência para que a Raposa consiga adequar planejamento do próximo ano ao pagamento das parcelas

Josias Pereira | @supernoticiafm
18/09/19 - 07h00

Duas situações jurídicas que vinham dando dor de cabeça para a diretoria do Cruzeiro no aspecto financeiro foram solucionadas no início da semana. Pedro Lourenço, proprietário do Supermercados BH, celebrou acordos com a Raposa tendo em vista a dívida que cobrava das vendas do lateral-direito Mayke ao Palmeiras, e também do uruguaio Arrascaeta ao Flamengo. Ele receberá um total de R$ 10 milhões do clube celeste, que ainda pagará mais R$ 1,5 milhão de honorários advocatícios.

Os valores, divididos em 24 parcelas (R$ 1 milhão de Mayke e R$ 9 milhões de Arrascaeta), começarão a ser quitados a partir de fevereiro de 2020. Os honorários advocatícios serão pagos em 10 e 15 parcelas, respectivamente, também a partir de fevereiro do ano que vem. Tão logo foi anunciada a resolução das pendências, a torcida do Cruzeiro celebrou o comprometimento de Pedro Lourenço. Algo que também trouxe alívio nos bastidores do clube. 

A reportagem de O TEMPO conversou com Flávio Pena, diretor financeiro do Cruzeiro. O dirigente destacou elementos positivos do acordo pensando no planejamento do clube para 2020. 

“O acordo que foi feito com o Pedro Lourenço, na nossa avaliação, foi considerável. Parcelamos essa dívida em 24 vezes com um período de carência, para que pudéssemos ter esse prazo também para adequar o acordo dentro das nossas finanças”, disse Pena. 

O valor total das parcelas que serão pagas aproxima-se de pouco mais de  R$ 520 mil por mês. Um acordo que também solidifica a figura de Pedro Lourenço como um mecenas celeste. “O Pedro Lourenço é muito parceiro nosso, compreendeu a nossa situação. E tudo que a gente puder fazer para mostrar para o nosso torcedor a importância do Supermercados BH para o Cruzeiro, que o Pedro é um grande parceiro nosso, nós vamos fazer. Ele fez um acordo muito bom, sem cobrança de juros, isenção de taxas, algo realmente de pai para filho”, ressalta Flávio Pena. 

"Além de ser cruzeirense, ele é um grande empresário e que vem nos dando todo apoio. Sempre que o Cruzeiro precisou, ele se prontificou", completou o diretor financeiro do Cruzeiro. 

Escreva um comentário
Comentar

Ver todos
Fechar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000