DANIEL OTTONI
@superfc
21/11/16
16h29

Regularidade premiada

Copa Levorin conhece seus campeões após etapa de Congonhas

Título do feminino ficou com ciclista mineira Erika Gramiscelli, enquanto o masculino foi para as mãos de representante do Brasil na Olimpíada Henrique Avancini

Erika e Avancini foram premiados pela maior regularidade nas três etapas pelo interior de Minas Gerais — Foto: THIAGO LEMOS
DANIEL OTTONI | @superfc
21/11/16 - 16h29

 

Depois de três etapas, a Copa Levorin de mountain bike chegou ao final da temporada 2016 neste domingo, em Congonhas. Anteriormente, a disputa aconteceu em Araxá e São João del Rei. O formato da última prova (maratona) foi diferente das duas primeiras (cross-country), atendendo a preferências diferentes e exigindo características distintas dos ciclistas.

Com maior regularidade nos desafios, levaram para casa o troféu de campeão o fluminense Henrique Avancini e a mineira Erika Gramiscelli. Os dois começaram o ano entre os favoritos e confirmaram as pretensões iniciais no lugar mais alto da classificação geral.

Mesmo sem vencer em Congonhas, Avancini levou o título, beneficiado pelas conquistas nas duas primeiras provas e pelo vice na cidade histórica. "Esse retorno tem um significado simbólico muito forte. O resultado da etapa foi bem melhor que eu esperava e consegui atingir o objetivo que era sacramentar a vitória geral. Começo de temporada, longo período afastado, dois meses sem treinar, eu tinha uma boa colocação no campeonato e consegui brigar pela vitória. Não poderia ser melhor", comemorou o representante brasileiro na Olimpíada do Rio de Janeiro. A corrida em Congonhas marcou seu retorno às pistas depois de lesão na coluna.

"A prova foi doída, sofri do quilômetro um ao quilômetro 60. Foi difícil conseguir girar rápido as pernas. Mas, pra mim foi muito especial, esse retorno tem um significado simbólico muito forte. O resultado da etapa foi bem melhor que eu esperava e consegui atingir o objetivo que era sacramentar a vitória geral", afirma.

Erika, que ficou em terceiro lugar na última etapa, fez valer sua experiência. Ela é uma das atletas mais rodadas da competição, mas fez o sabor do título ser de uma novata. "Congonhas é uma expectativa muito boa, gosto muito de correr aqui. São 13 anos competindo na CIMTB Levorin e este ano teve uma mudança na largada e chegada, o que foi muito bom e facilitou com o novo formato. Estou muito feliz e muito grata por carregar esse título pela sétima vez. É muita dedicação e amor ao esporte", declara.

 


 

Escreva um comentário
Comentar
Log View
Vem ser Premium!
Seja Premium
Salve matérias
Você poderá salvar as matérias para ler quando e onde quiser.
Matérias Premium
Veja as matérias exclusiva para usuários premium.
Notificações
Receba notificações de novas matérias do seu time do coração.
Av. Babita Camargos, 1645 - Contagem Minas Gerais - CEP: 32210-180
+55 (31) 2101-3000